Capa da Publicação

Produtora de The Witcher conta sua ideia original para a série

Por Guilherme Souza

Antes que uma série receba o sinal verde do estúdio para ser produzida, os executivos precisam assistir a um episódio piloto para descobrir se a série tem potencial de ser um sucesso ou não. Em muitos casos, são necessários que alguns ajustes narrativos e até mesmo de elenco sejam feitos, mudando a ideia original dos showrunners e em The Witcher isso também aconteceu.

Em uma recente participação em um fórum do Reddit, a produtora executiva e showrunner Lauren Hissrich falou um pouco sobre a ideia original da série que ela apresentou para a Netflix e destacou uma das mudanças que eles tiveram de fazer.

“Há mais de dois anos, eu me sentei em uma sala de conferência da Netflix e compartilhei uma ideia inicial que se tornaria o piloto de The Witcher. Eu fiquei matutando por alguns meses como contar as histórias de Geralt, Yen e Ciri da melhor maneira e então eu tive uma ideia (controversa): contar elas em três linhas do tempo separadas ao longo da primeira temporada.

 

Algumas coisas mudaram. A princípio, depois de buscar no mundo todo uma garota de 12 anos de idade para interpretar a Ciri – e de ter entendido que muitas cenas seriam gravadas à noite, o que restringe bastante as gravações para menores – nós envelhecemos a personagem. A Yennefer também, originalmente estaria no piloto – até que eu entendi que estava escrevendo um filme e não um episódio de uma hora de duração. A maior mudança foi que, originalmente, eu pretendia manter o segredo de que Ciri era a criança a quem Geralt estava destinado a se encontrar, por ao menos alguns episódios – nós até mesmo fizemos o piloto assim! Mas na edição, entendemos que as linhas do tempo já eram mistério o bastante, não queríamos ficar adicionando mais caminhos. Eu lutei contra essa mudança por um tempo, mas ao pensar bem, foi uma boa decisão. 

 

Mas muito não mudou. Mais importante de tudo, o coração da série. É tão interessante olhar para trás e ver que estávamos apaixonados pela conexão entre Geralt, Yennefer e Ciri desde o começo e que conseguimos manter isso vivo.”

Como podemos ver, a ideia controversa da produtora acabou sendo a solução para conectar as histórias dos três personagens de forma que eles também ganhassem uma origem, mostrando que eles não se encontraram ao acaso e seguiram em uma jornada.

Veja também:

Netflix explica linha do tempo com os eventos de The Witcher

Voz original de Geralt nos jogos elogia The Witcher

The Witcher não terá elemento controverso na segunda temporada

Fique com imagens da primeira temporada de The Witcher em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'