O que realmente aconteceu com os pais do Homem-Aranha?

Capa da Publicação

O que realmente aconteceu com os pais do Homem-Aranha?

Por Raphael Martins

A história de origem do Homem-Aranha você já conhece: Peter Parker, garoto mirrado de intelecto genial, é picado por uma aranha radioativa, desenvolve poderes aracnídeos e passa a usá-los para o bem, se transformando no super-herói que todos conhecem. Mas a história de origem de Peter Parker, esta não é assim tão conhecida pelo grande público.

Veja também:

Tobey Mentiu? Entenda como Sony quase demitiu o ator do papel de Homem-Aranha

Homem-Hídrico ganha visual bem diferente em arte de Homem-Aranha: Longe de Casa

Revelado o real motivo pelo qual Andrew Garfield perdeu o papel do Homem-Aranha

Richard e Mary Parker, os pais de Peter, morreram quando ele ainda era um bebê, o entregando para seus tios Ben e May Parker antes de partirem para nunca mais voltarem. Mas quem eram eles? Como eles morreram? As coisas continuaram assim? Bem, essa resposta depende de que versão do herói estamos falando.

Nos quadrinhos clássicos

Na fase clássica das histórias do Aranha, foi revelado que Richard e Mary Parker eram agentes da CIA, sendo ele um veterano condecorado do exército e ela uma tradutora e analista de dados para a organização governamental. Algum tempo depois de se conhecerem em serviço, eles se casaram, se tornando parceiros nas missões mais difíceis e viajando o mundo lidando com ameaças à segurança nacional.

Em Untold tales of Spider-Man #1, de John Romita e Roger Stern, eles até mesmo salvaram o Wolverine da morte! Foi nessa mesma história, aliás, que Mary revelou estar grávida de Peter, o primeiro filho do casal. Sim, primeiro, porque tempos depois, Peter ganhou uma irmãzinha chamada Teresa Parker.

Após o nascimento de Teresa, os dois precisaram enfrentar o terceiro Caveira Vermelha, Albert Malik. Durante uma missão de infiltração, eles acabaram sendo descobertos e tiveram seu avião sabotado, aparentemente morrendo na queda do mesmo. Assim, Peter cresceu com seus tios e Teresa foi adotada, permanecendo um segredo para o jovem filho dos Parker.

Anos mais tarde, o vilão Camaleão criou versões robóticas dos pais de Peter para enganá-lo e se vingar do herói, um plano orquestrado por Harry Osborn, que na época era o Duende Verde. Contudo, eles eventualmente foram descobertos e derrotados antes que pudessem matar alguém.

No universo Ultimate

As coisas eram bem diferentes no universo Ultimate da Marvel. Nele, Richard Parker era um biólogo e parceiro do pai de Eddie Brock. Juntos, eles trabalharam em um traje biológico que, com sorte, poderia restaurar o corpo de qualquer um que o usasse. Mas no meio da pesquisa, o pai de Peter temeu que o traje poderia acabar sendo usado pelos motivos errados.

Sendo assim, ele deixou para Peter gravações em áudio que descreviam o desenvolvimento do traje e seu medo de que ele parasse em mãos erradas, antes de morrer em um “acidente” de avião junto com o pai de Brock na edição 33 de Ultimate Spider-Man. Isso afetou severamente a infância de Peter, assim como a de seu amigo Eddie Brock. Conforme eles cresciam, o trabalho de seus pais eventualmente acabou se tornando a versão Ultimate do Simbionte de Venom, que nesse universo também era um dos principais inimigos do Homem-Aranha.

Anos mais tarde, Richard Parker retornou milagrosamente dos mortos, acreditando ser o único sobrevivente da queda do avião, mas eventualmente foi descoberto que ele era apenas um clone com crescimento acelerado. Em seus últimos momentos, ele disse realmente amar Peter e sua família do fundo de seu coração, mostrando que, no fim das contas havia algo de verdadeiro nele.

Em O Espetacular Homem-Aranha

No cinema, os pais de Peter só apareceram nos filmes da série O Espetacular Homem-Aranha, sendo interpretados por Campbell Scott e Embeth Davidtz. Lá, Richard também era um biólogo, assim como em sua versão Ultimate, e também deixou mensagens para Peter encontrar sobre seu trabalho.

No segundo filme, Peter descobre que seu pai estava trabalhando em um projeto envolvendo aranhas geneticamente modificadas para a OsCorp, que acabaram dando origem a seus poderes. E assim como nos quadrinhos, temeu que seu trabalho pudesse ser usado para o mal, o que resultou em uma sabotagem que levou o avião onde ele e a esposa estavam a cair.

Em uma cena excluída de O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro, Richard Parker aparece vivo, batendo na porta de seu filho e deixando um enorme gancho para um terceiro filme que nunca aconteceu.

Fique com nossa lista de vilões para o terceiro filme do Homem-Aranha no Marvel Studios:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael