Capa da Publicação

Oscar terá novas regras para incentivar diversidade entre indicados

Por Lucas Rafael

A organização responsável pela entrega do Oscar estabeleceu novas normas para a premiação, visando aumentar a diversidade na indústria de Hollywood. Entre tais mudanças, a maior delas é a de que a categoria de Melhor Filme passará a abarcar dez indicados a partir de 2022. 

Abaixo, veja notícias relacionadas ao Oscar:

Equipe do Oscar 2020 se pronuncia sobre ter esquecido de Luke Perry no memorial

Vingadores: Ultimato é primeiro filme de maior bilheteria que não conquista um Oscar

Sociedade de Efeitos Visuais responde piada de Cats no Oscar de maneira ácida

As mudanças em prol da inclusão serão implementadas efetivamente na edição 2022 da premiação. Na de 2021, um número ainda não acertado de filmes será selecionado para concorrer ao prêmio de Melhor Filme, podendo até mesmo chegar aos dez nomeados.

Segundo a Academia, ela está “comprometida em construir uma organização antirracista, inclusiva que irá contextualizar e desafiar narrativas dominantes ao redor do cinema, construindo relacionamentos autênticos com diversas comunidades.

Além das novas normas para a premiação, a Academia está em conluio com a Producers Guild of America para estabelecer “novos parâmetros de representatividade e inclusão para a elegibilidade dos Oscars” até dia 31 de julho, incluindo painéis para discussão da arte do cinema, oportunidade, história, etnicidade e raça.

A Academia já foi severamente criticada por sua falta de inclusão na premiação, cenário que as novas medidas buscam reverter.

E aí, o que achou da proposta? Comente!

Abaixo, veja os 10 melhores momentos do Oscar 2020:

Via: CBR

Imagem de perfil
sobre o autor Lucas Rafael

Redator. Entusiasta de coisas demais