Capa da Publicação

Os Novos Mutantes: Diretor responde críticas sobre ator do Mancha Solar

Por Matheus Takahashi

Quando Os Novos Mutantes havia anunciado oficialmente a escalação de seu elenco, muitos fãs da Marvel criticaram a escolha do ator Henry Zaga para viver o Mancha Solar, que é negro nos quadrinhos. E em uma recente entrevista, o diretor Josh Boone comentou que não se importa com as críticas feitas sobre a escolha.

Veja mais sobre Os Novos Mutantes:

Os Novos Mutantes: Críticos americanos se recusam a avaliar o filme

Os Novos Mutantes: Disney considera adiar filme no Brasil

Novos Mutantes: Novo teaser mostra Lockheed em ação

Boone contou sobre isso em uma entrevista ao site Gizmodo, ao falar sobre a escalação de Zaga para ser Roberto da Costa no filme. Questionado sobre se ele entendia de onde vinham as críticas, ele respondeu:

“Você não terá nenhum argumento vindo de mim. Meu objetivo era escalar um ator realmente brasileiro e eu vi 300 [atores] negros, latinos, de tons claros, de todos os tons de pele. Foi o mesmo caso com Blu Hunt [a Miragem]. Vimos outras 300 atrizes nativo-americanas e pessoas com muitas ligações com a comunidade nativo-americana. Eu queria encontrar o melhor ator que, por conta do pouco trabalho feito, fosse pelo menos próximo do tipo que eu estava pensando para o personagem. Não havia ninguém que se comparasse ao Henry. Talvez se o Henry não existisse, eu teria encontrado alguém de pele mais escura que o representasse como eu queria. Mas nunca foi sobre a cor da pele para mim.”

Boone veio a ser questionado em seguida se a questão da cor da pele do herói não fazia parte do conceito que o diretor tinha para o Mancha Solar no filme, e ele respondeu:

“Eu não me importo muito sobre o que ouvi de racismo no Brasil, sobre pele clara contra pele escura. Para mim, eu queria representar o Brasil de uma forma positiva e eu quis encontrar alguém que se parecesse como quem nasceu em um berço de ouro, que tem um pai realmente rico, e [Henry] representa todas essas coisas.

 

(…) Ele é um ser humano incrível e eu desafio qualquer pessoa a dizer que Henry não é um bom Roberto simplesmente porque ele tem a pele mais clara”.

Desta forma, o diretor explica que escolheu representar o personagem mais pelo lado social do que pela cor da pele, de uma forma que ele acreditasse que não fosse nociva para o público, inclusive fazendo uma comparação com outra atriz do elenco, Blu Hunt, que vive Danielle Moonstar no filme.

A escolha de Zaga para ser o Mancha Solar, entretanto, não foi a única escolha questionada pelo público após a divulgação do elenco. Outra escalação que gerou discussões foi a da brasileira Alice Braga para viver a Dra. Cecília Reyes, que nas HQs é uma personagem negra e nascida em Porto Rico.

Confira a seguir:

Imagem de perfil
sobre o autor Matheus Takahashi

Geógrafo. Amante da cultura geek/nerd, mas ama mesmo super-heróis, jogos de luta e futebol. Conversa fácil sobre (quase) qualquer coisa

IG: t1takahashi TT: takamatheus