Capa da Publicação

Novo vilão da Marvel nos quadrinhos é um grande herói do MCU

Por Guilherme Souza

Nos últimos anos, Tony Stark passou por maus-bocados nos quadrinhos da Marvel, mas depois de que ele voltou de uma experiência de quase morte durante dos eventos de Guerra Civil 2, todos acreditavam que ele finalmente poderia seguir em paz, mas isso não durou muito tempo.

Essa semana, foi publicada a primeira edição de Homem de Ferro 2020, que acompanha a história de Arno Stark, irmão de Tony que ficou sumido por um tempo. Na revista, descobrimos que depois de ter se restaurado, Tony copiou sua consciência para um novo corpo, mas acabou chegando à conclusão de que a cópia se parecia mais com uma inteligência artificial do que com um humano de verdade.

Arno usa essa cópia para assumir o controle da empresa de Tony e fundi-la com a empresa rival Baintronics, além de ter assumido o controle do nome, tecnologia e identidade do Homem de Ferro. Desde que se tornou o Homem de Ferro, Arno passou seu tempo tentando desvendar a identidade do líder da rebelião, que de acordo com a revista, é o próprio Tony Stark!

A cópia de Tony acredita ser mais máquina do que homem, o que a fez incitar uma rebelião das máquinas usando uma das primeiras armaduras do Homem de Ferro original, levando a ideia do nome do personagem ao pé da letra.

Veja também:

Homem de Ferro teria fim brutal em Vingadores: Ultimato

Robert Downey Jr. diz o que precisa para retornar como o Homem de Ferro dos cinemas

Prévia da nova HQ do Homem de Ferro mostra Pepper Potts de armadura

Fique com uma imagem da revista em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'