Capa da Publicação

Netflix muda drasticamente seu método de visualizações

Por Guilherme Souza

No passado, a Netflix declarou que considera uma “visualização” quando os usuários assistem 70% de qualquer conteúdo ou 70% de parte de um conteúdo, como por exemplo um episódio de uma série, mas essa medida era imprecisa e não dava um feedback real do que estava fazendo sucesso e o que não estava.

Esta semana, a plataforma anunciou que fará uma mudança na análise de suas métricas, o que lhe dará uma visão mais ampla do que os usuários estão assistindo. Seguindo um sistema similar ao do YouTube, a Netflix agora irá considerar o consumo por mais de dois minutos como uma “visualização”, fazendo com que os números fiquem ainda maiores.

“Nossa nova metodologia é similar ao BBC iPlayer, com suas escalas sendo baseadas em solicitações’ para o título, artigos ‘mais populares’ do New York Times, que incluem aqueles que só abriram os artigos e contagem de ‘visualizações’ do YouTube”,  diz o comunicado financeiro da empresa. “Dessa forma, títulos curtos e longos serão tratados igualmente, nivelando o campo de exibição para todo o nosso conteúdo, incluindo conteúdo interativo, que não possui uma duração fixa. A nova métrica é cerca de 35% maior em média do que a métrica anterior. Por exemplo, 45 milhões de assinantes escolheram assistir Our Planet sob a nova métrica, contra 33 milhões que assistiram na métrica anterior.”

Com isso, produções que anteriormente eram canceladas por não terem feito sucesso o bastante, agora podem ter uma nova chance de serem renovadas para novas temporadas, para a alegria dos fãs.

Veja também:

The Witcher está prestes a se tornar a maior estréia na história da Netflix

Netflix planeja investir mais de US$ 17 bilhões em conteúdo em 2020

Netflix engaveta terceira temporada de Mindhunter por tempo indeterminado

Fique com imagens da terceira temporada de O Mundo Sombrio de Sabrina em nossa galeria:

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'