Capa da Publicação

Margot Robbie explica a linha do tempo das aparições de Arlequina nos cinemas

Por Guilherme Souza

Já fazem quatro anos desde o lançamento de Esquadrão Suicida e da primeira aparição da Arlequina nos cinemas. Embora o Universo de filmes da DC não pareça ser totalmente conectado como o da Marvel, onde um filme afeta os eventos do outro, em Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa, veremos uma espécie de continuação do filme do Esquadrão e em uma recente entrevista, Margot Robbie revelou quanto tempo se passou entre um filme e outro.

Veja também:

Diretora de Aves de Rapina fala sobre a contribuição do diretor de “John Wick” no filme

Diretora de Aves de Rapina explica como Gotham está diferente no filme

Primeiras reações de Aves de Rapina são divulgadas

Segundo a atriz, cerca de dois anos se passaram entre as histórias dos filmes:

“Exatamente. Você verá outro lado da Arlequina,” explica Robbie. “É interessante. Você continua encontrando ela em diferentes momentos da vida dela, como se cerca de dois anos tivessem se passado. É claro, os filmes não estão conectados diretamente, mas como atriz, eu posso fazer um mapa cronológico. Então é divertido de ver, ‘Certo, como ela estava há dois anos quando estaca com o Sr. C?’ ‘Como ela está agora, depois que eles terminaram? E como ela vai estar daqui a dois anos?’ Eu amo ver ela nesses diferentes estágios da vida.” 

A declaração da atriz pode confirmar que o novo Esquadrão Suicida acontece dois anos após Aves de Rapina, mas até esse momento não existem informações concretas sobre o novo projeto que trará Arlequina para as telas.

Mesmo com os filmes não sendo conectados diretamente, o público precisa dessa ideia de linearidade para manter a consistência narrativa, o que é ótimo, afinal, isso cria novas possibilidades narrativas dentro de um universo inteiro da DC.

Fique com imagens de Aves de Rapina em nossa galeria:

Aves de Rapina chega aos cinemas no dia 6 de fevereiro.

Fonte: CB

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'