Capa da Publicação

Liga da Justiça: Gal Gadot fala sobre sua experiência ruim com Joss Whedon

Por Evandro Lira

Gal Gadot contou, durante uma nova entrevista, que ela forneceu testemunho no processo de investigação sobre a má conduta no set de Liga da Justiça. A atriz falou ainda sobre suas experiências com o diretor Joss Whedon e declarou apoio ao colega de elenco, Ray Fisher.

Para a Variety, Gadot explica que a WarnerMedia fez uma investigação “muito completa” sobre o caso levantado por Fisher. O intérprete do Ciborgue sugeriu que Joss Whedon teve um comportamento abusivo durante a produção e tomou decisões com base em questões raciais.

Mesmo que tenha passado pouco tempo com Whedon no set, Gadot disse em entrevista ao L.A. Times que não teve boas experiências com o diretor, mas que ficou satisfeita com a resolução encontrada por seus superiores:

“Eu não estava lá com os caras quando eles filmaram com Joss Whedon – tive minha própria experiência com ele, que não foi das melhores, mas cuidei disso imediatamente quando aconteceu. Levei para os superiores e eles resolveram tudo. Mas estou feliz por Ray chegar e dizer sua verdade.”

Ray Fisher falou publicamente sobre sua experiência no set de ‘Liga da Justiça’

Na semana passada, foi revelado que as investigações da Warner se encerram e que “medidas corretivas foram tomadas”. Ao ser questionada sobre a declaração da empresa, a intérprete da Mulher-Maravilha explicou que sabe tanto quanto a gente sobre o resultado:

“Também não sei o que isso significa. Estou curiosa para saber qual será a resolução.”

Gal Gadot encontra-se atualmente em cartaz nos cinemas com o aguardado Mulher-Maravilha 1984.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira