Capa da Publicação

Joaquin Phoenix critica a falta de diversidade em Hollywood ao receber prêmio do BAFTA

Por Guilherme Souza

Ontem, aconteceu a cerimônia de entrega dos prêmios BAFTA, o “Oscar britânico” – e sem nenhuma surpresa, Coringa e 1917 foram os grandes destaques da premiação.

Indicado em diversas categorias, Coringa levou para casa três prêmios, dentre eles o de “Melhor Ator” para Joaquin Phoenix, aproximando o ator cada vez mais de vencer a mesma categoria no Oscar. Durante seu discurso de aceitação do prêmio, Phoenix se mostrou dividido, pois sente que muitos atores e atrizes não tiveram os mesmos privilégios que ele por conta da falta de diversidade na indústria.

Veja também:

Apresentadores do Oscar 2020 são anunciados

Afinal, como funciona a votação do Oscar?

Irmãos Russo celebram a indicação de Vingadores: Ultimato no Oscar

“Eu me sinto em conflito, porque muitos dos meus colegas atores que merecem esse prêmio não têm o mesmo privilégio. Eu acho que mandamos uma mensagem bem clara para as pessoas de outras etnias de que elas não são bem-vindas aqui,” disse o ator. “Eu não acho que as pessoas querem um tratamento preferencial, elas só querem ser reconhecidas, apreciadas e respeitadas por seu trabalho. Essa não é uma condenação hipócrita. Eu sou parte do problema.”

 

O ator continua, “Temos que fazer o trabalho pesado para realmente entender o racismo sistêmico. Eu acho que é obrigação das pessoas que criaram e perpetuaram um sistema de opressão, serem responsáveis por acabar com isso. Isso é nossa responsabilidade.”

O discurso certamente foi extremamente incentivado pelos presentes e ecoa tudo o tem se falado nos últimos anos sobre a falta de representatividade e diversidade em grandes premiações do cinema e da TV.

Confira abaixo a lista de vencedores do BAFTA 2020:

Melhor Filme

1917
O Irlandês
Coringa
Era Uma Vez em Hollywood
Parasita

Melhor Diretor

Sam Mendes (1917)
Martin Scorsese (O Irlandês)
Todd Phillips (Coringa)
Quentin Tarantino (Era Uma Vez em Hollywood)
Bong Joon-ho (Parasita)

Melhor Ator

Leonardo DiCaprio (Era Uma Vez em Hollywood)
Adam Driver (História de um Casamento)
Taron Egerton (Rocketman)
Joaquin Phoenix (Coringa)
Jonathan Pryce (Dois Papas)

Melhor Atriz

Jessie Buckley (As Loucuras de Rose)
Scarlett Johansson (História de um Casamento)
Saoirse Ronan (Adoráveis Mulheres)
Charlize Theron (O Escândalo)
Renée Zellweger (Judy)

Melhor Filme em Língua Estrangeira

The Farewell
For Sama
Dor e Glória
Parasita
Retrato de Uma Jovem em Chamas

Melhor Roteiro Adaptado

Coringa
O Irlandês
Jojo Rabbit
Adoráveis Mulheres
Dois Papas

Melhor Roteiro Original

Booksmart
Entre Facas e Segredos
História de um Casamento
Era Uma Vez em Hollywood
Parasita

Melhor Ator Coadjuvante

Tom Hanks (Um lindo dia na vizinhança)
Anthony Hopkins (Dois Papas)
Al Pacino (O Irlandês)
Joe Pesci (O Irlandês)
Brad Pitt (Era Uma Vez em Hollywood)

Melhor Atriz Coadjuvante

Laura Dern (História de um Casamento)
Scarlett Johansson (Jojo Rabbit)
Florence Pugh (Little Women)
Margot Robbie (O Escândalo)
Margot Robbie (Era Uma Vez em Hollywood)

Melhor Figurino

O Irlandês
Jojo Rabbit
Judy
Adoráveis Mulheres
Era Uma Vez em Hollywood

Melhor Som

1917
Coringa
Ford vs Ferrari
Rocketman
Star Wars: A Ascensão Skywalker

Fique com imagens de Coringa em nossa galeria:

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'