Capa da Publicação

Afinal, como funciona a votação do Oscar?

Por Gus Fiaux

Todo ano, nos preparamos atentamente para a maior premiação de cinema do mundo. O Academy Awards – mais conhecido no Brasil como Oscar – é uma cerimônia sediada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas desde 1929, para premiar os melhores filmes em diversos departamentos audiovisuais, por seu mérito e reconhecimento.

No entanto, muitas pessoas ainda têm um vago entendimento de como funciona a cerimônia e a votação para cada categoria – o que é totalmente compreensível, uma vez que se tratam de vinte e quatro categorias (atualmente), todas votadas por comitês diferentes e nem sempre da mesma forma. Por conta disso, resolvemos elencar aqui como funciona a votação dos filmes do Oscar. 

Neste ano, iremos ver a nonagésima segunda edição do prêmio, que por sua vez vai celebrar todos os “melhores filmes lançados em 2019”. Trata-se de um ano bem peculiar, com Coringa – um filme baseado em quadrinhos – indicado em onze categorias (portanto, quase metade dos prêmios), um feito estupendo para os filmes de super-heróis que costumam ser esnobados da premiação.

Para entender bem como funciona o Oscar, é necessário primeiro falar sobre o que é a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Fundada em 1927, apenas dois anos antes da primeira cerimônia da premiação, pelo lendário produtor Louis B. Mayer – um dos fundadores do estúdio MGM. Desde então, a Academia se tornou composta por diversos membros votantes.

Com base nos dados de 2017 – os últimos divulgados -, a Academia conta com 6.687 membros votantes. Para se tornar membro da Academia, é necessário ser indicado por um membro votante ou já ter sido indicado ao Oscar anteriormente. No entanto, um membro também pode ser expulso pelo Conselho, especialmente em casos polêmicos – como por exemplo Harvey Weinstein, o produtor que foi acusado de assédio por dezenas de mulheres e perdeu seu lugar entre os membros votantes em outubro de 2017.

No entanto, cada membro só pode votar na área de sua especialidade. Por exemplo, se você trabalha apenas com direção de arte, não pode dar opinião em outras categorias técnicas como mixagem de som efeitos visuais. E assim, começa-se a votação para definir quem serão os indicados em cada categoria, com especialistas de cada área (seja atuação, direção, roteiro ou categorias mais “técnicas”) decidindo cerca de cinco filmes para cada categoria.

No entanto, há duas exceções notáveis. A categoria de Melhor Filme é decidida por todos os votantes, que escolhem seus cinco filmes favoritos do ano. A partir daí, uma empresa particular terceirizada define de cinco a dez filmes os que foram mais populares entre os votantes – motivo pelo qual a categoria é a que sempre traz mais filmes indicados.

A outra exceção é Melhor Filme Estrangeiro – nesse caso, cada país do mundo pode “escolher” um filme que pode ou não concorrer na premiação. A partir daí, os votantes decidem quais serão os cinco filmes que vão concorrer na categoria final. Para esse caso, os filmes não podem ser americanos e precisam ter mais de 50% de seus diálogos em uma língua que não seja o inglês.

A partir daí, é estabelecido quem serão todos os indicados – e então, todos os membros da academia podem votar em seus favoritos para cada categoria. Assim sendo, um diretor de arte pode votar nas categorias de melhor diretor, melhor ator e até mesmo melhor mixagem de som.

Assim sendo, temos as seguintes categorias atualmente:

– Melhor Filme: que por sua vez, premia todos os filmes lançados do dia 1° de janeiro a 31 de dezembro do ano anterior à cerimônia. Os filmes precisam ter mais de 40 minutos de duração. Atualmente, podem ser votados até 10 filmes na categoria – inclusive filmes que não foram produzidos nos Estados Unidos, como é o caso de Parasita, nesta edição. O prêmio é destinado aos produtores de cada filme.

Melhor Ator: prêmio destinado ao protagonista masculino de um filme.

Melhor Atriz: prêmio destinado à protagonista feminina de um filme.

Melhor Ator Coadjuvante: prêmio destinado ao coadjuvante masculino de um filme.

Melhor Atriz Coadjuvante: prêmio destinado à coadjuvante feminina de um filme. Em todas as quatro categorias de atuação, é possível ver mais de um ator ou atriz do mesmo filme indicado em uma mesma categoria. Neste ano, por exemplo, tanto Joe Pesci quanto Al Pacino estão indicados a Melhor Ator Coadjuvante por O Irlandês.

Melhor Diretor: Prêmio de direção, destinado ao diretor ou aos diretores de um filme.

Melhor Roteiro Original: Prêmio destinado aos roteiristas por roteiros que não são baseados em obras, personagens ou até mesmo outros filmes já existentes.

Melhor Roteiro Adaptado: Prêmio destinado aos roteiristas por roteiros de filmes baseados em outras obras, como quadrinhos, livros e jogos. Além disso, nessa categoria são indicados roteiros de continuações e adaptações de outros filmes, como remakes e releituras.

Melhor Animação em Longa-Metragem: Para filmes de mais de 40 minutos feitos com ao menos 75% de sua duração com animação.

Melhor Animação em Curta-Metragem: Para filmes com menos de 40 minutos feitos com ao menos 75% de sua duração com animação. Nas duas categorias, podem ser indicados filmes feitos com animação tradicional, digital ou stop-motion.

Melhor Documentário em Longa-Metragem: Para filmes de não-ficção com mais de 40 minutos de duração.

Melhor Documentário em Curta-Metragem: Para filmes de não-ficção com menos de 40 minutos de duração.

Melhor Filme Internacional: Anteriormente conhecida como “Melhor Filme Estrangeiro” ou “Melhor Filme de Língua Estrangeira”, a categoria recebe cinco indicados anualmente (um por país) que podem ser longas ou curtas-metragens.

Melhor Filme em Curta-Metragem: Para filmes de ficção com menos de 40 minutos de duração.

Melhor Trilha Sonora: Para compositores pela trilha incidental (ou orquestral) de um filme. Excluem-se aqui as canções originais e músicas cantadas que são incorporadas ao filme.

– Melhor Canção Original: Por uma canção original de um ou mais artistas. Os recipientes do prêmio são os compositores da canção que foi produzida exclusivamente para o filme em questão.

– Melhor Design de Produção: A categoria de “direção de arte”, que premia artistas que trabalham com cenografia e objetos de cena – o “visual” do filme.

– Melhor Figurino: Para artistas que trabalham com o figurino de cada filme.

– Melhor Cabelo e Maquiagem: Para artistas que trabalham com o visual dos atores – em especial, maquiagem e penteados.

– Melhor Cinematografia: Sabe a “fotografia bonita” de um filme? É aqui que ela é premiada, com o prêmio sendo dado ao diretor de fotografia (ou de cinematografia) de cada obra.

Melhor Edição de Som: Essa é uma categoria que causa muita confusão no público, devido à sua semelhança com a categoria de Mixagem de Som. A edição se refere aos sons que são coletados durante as filmagens – como diálogos, ruídos e sons ambientes.

Melhor Mixagem de Som: Já a mixagem é feita na pós-produção, por uma equipe que trabalha nos computadores. Eles tem o trabalho de “regular” o som captado, adicionar novos barulhos e também sincronizar diálogos e trilha sonora.

Melhor Montagem e Edição: A categoria que premia a edição de um filme, como um todo. A edição diz respeito ao material bruto que é “separado” para ser incluído, enquanto a montagem diz respeito ao “encaixe” desse material para criar a narrativa de um filme.

– Melhores Efeitos Visuais: A categoria que premia o uso de computação gráfica, efeitos digitais e outros artifícios usados na pós-produção de um filme, seja para criar explosões, cenários ou até mesmo envelhecer e rejuvenescer digitalmente algum ator.

E essas são as categorias do Oscar. Ao longo dos anos, várias foram adicionadas, excluídas ou até mesmo renomeadas. O processo é fascinante, mas vale lembrar que nem sempre a premiação é ditada pela qualidade de algum projeto – já que existem lobbys dos estúdios e até mesmo a moral dos votantes, que podem ser influenciados a votar em amigos e conhecidos.

Ainda assim, é sempre muito empolgante acompanhar a corrida do Oscar. E vale lembrar que a maior parte das premiações de sindicatos – como o SAG, o PGA ou o WGA – são feitas pelas mesmas equipes que votam no Academy Awards, motivo pelo qual essas premiações são sempre consideradas “termômetros” para o Oscar.

Com isso em mente, quais são seus filmes favoritos do ano passado? Quais vocês esperam ver ganhando na premiação de 2020? Quais vocês acharam que foram esnobados pela Academia? Deixem nos comentários!

Veja mais notícias de cinema e do Oscar:

Irmãos Russo celebram a indicação de Vingadores: Ultimato no Oscar

Coringa e 1917 recebem diversas indicações ao Oscar 2020

Os 10 filmes mais esnobados no Oscar de 2020

Na galeria abaixo, fique com imagens de Coringa, o filme mais indicado do ano:

A nonagésima segunda edição do Academy Awards vai ao ar no dia 9 de fevereiro.

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux