Capa da Publicação

James Gunn diz como Kevin Feige, chefe da Marvel Studios, reagiu à sua ida para a DC

Por Raphael Martins

Todo mundo lembra da enorme polêmica envolvendo James Gunn há alguns anos, quando antigos tweets bem repreensivos do diretor foram “desencavados” por trolls da internet e isso lhe custou seu trabalho em Guardiões da Galáxia Vol. 3. E certamente também lembram de como a Warner comprou seu passe pouco tempo depois para comandar O Esquadrão Suicida.

Veja também:

O Esquadrão Suicida: James Gunn fala sobre possível classificação +18 do filme

O Esquadrão Suicida: Teaser pode ter revelado grande vilão do filme

O Esquadrão Suicida: James Gunn compartilha novo pôster do filme

Agora, trabalhando na Marvel e na DC, Gunn vive o melhor momento de sua carreira. No momento, ele trabalha na pós-produção de O Esquadrão Suicida, para logo após voltar ao mundo dos Guardiões. Mas como será que Kevin Feige, o todo-poderoso do Marvel Studios, reagiu à sua ida para a concorrente?

Na sessão de comentários de uma postagem em seu Instagram, James Gunn respondeu a essa pergunta:

“Eu contei ao Kevin Feige antes de aceitar o trabalho e ele foi muito legal e me apoiou, como sempre fez. Ele só queria que eu fizesse um bom filme. Ele e Lou D’Esposito até foram visitar o set e nos viram gravar. Não houve uma inimizade por trás das câmeras como existe na comunidade de fãs.”

O Esquadrão Suicida tem previsão de estreia para 6 de agosto de 2021, enquanto Guardiões da Galáxia Vol. 3 segue sem data definida por enquanto.

Conheça todos os personagens do novo filme aqui embaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Raphael Martins

Redator, apresentador e roteirista. Gosto de longas caminhadas na praia, Star Wars, tokusatsu, anime e filé com batata frita. Deixo as pessoas constrangidas. Você pode trocar uma ideia comigo no Twitter: @aqueleraphael