Capa da Publicação

Eiza Gonzalez diz estar de coração partido por não ser a Mulher-Gato

·
Por Dyllan Souza

O novo longa do Batman, que trará Robert Pattison como o herói, promete mostrar diversos outros personagens da mitologia do homem morcego para as telas, apresentando os vilões já estabelecidos em Gotham. A ladra Mulher-Gato também foi confirmada no filme, com Zoë Kravitz escalada para interpretar a anti-heroína. Porém, Eiza Gonzalez, também esteve perto de viver a personagem e disse estar de coração partido por não ter conquistado o papel.

Veja também:

Produção de The Batman é pausada devido o Coronavírus

Zoë Kravitz fala sobre sua preparação para a Mulher-Gato em The Batman

Fãs acreditam que fotos de The Batman mostram a Mulher-Gato

Eiza Gonzalez

A atriz que estrela o mais novo lançamento Bloodshot, ao lado de Vin Diesel, revelou em entrevista ao Heroic Hollywood que ainda está chateada por não ser Selina Kyle, no novo longa:

“É impossível não ficar assim, principalmente quando você já foi tão longe. É esse o motivo de você ter chego tão longe, porque você está vivendo e sonhando com o personagem. Para minhas preparações de todo papel, eu sou meio estranha, principalmente quando já estou em frente às câmeras ou realmente fundo nisso. Eu irei viver e respirar o personagem; eu sou bastante tradicional nesse sentido. Mas é algo que me deixa de coração partido, é sempre algo difícil.” 

Ela continuou, explicando sobre sua preparação:

“Você precisa se imaginar no papel para poder ver o papel. Você não pode ter um pé dentro e um pé fora. Quando eu comecei minha carreira, eu era muito mais desse jeito, eu não ia assim tão longe. Em certo sentido, acabava por não doer tanto [quando era rejeitada], mas eu não dava a melhor versão do que eu imaginava. Então agora eu faço isso, e eu apenas lido com a frustração depois. Eu sempre expliquei isso como se fosse o tipo de relacionamento. Você se apaixona, você passa por todos os estágios – e aí acaba não se solidificando. Esse processo nunca tem um fim perfeito; apenas fica para trás. Então isso é quase como um relacionamento que não resulta em nada. É sempre frustrante.”

A atriz explicou que não se sente tão devastada porque sempre acaba conhecendo pessoas maravilhosas nos testes, conquistando novas oportunidades assim. Pelo visto, apesar de estar com o coração partido por não conseguir o papel, Eiza já está acostumada a lidar com essa dor.

O que cham da declaração da atriz? Preferia ela como Selina Kyle no filme? Comente!

Fique com a nossa lista de 10 coisas que você precisa saber sobre a Mulher-Gato:

Imagem de perfil
sobre o autor Dyllan Souza