Capa da Publicação

Entenda a cronologia de Velozes e Furiosos

·
Por Dyllan Souza

Velozes e Furiosos já contém em sua franquia nove filmes, sendo um deles spin-off. Se contabiliza quase 20 anos de corridas de rua, assaltos e diversas outras atividades insanas que essa franquia trouxe para o cinema e tem sido protagonista de diversas formas. O destaque vai para a bilheteria: são mais de 5 bilhões de dólares, contabilizando todos os longas, sendo a franquia mais lucrativa da história do cinema. Enquanto Velozes e Furiosos 9 não chega por conta do adiamento devido coronavírus, esse é um bom momento para rever a saga e, quem não conhece, descobrir esse universo insano. 

Veja também: Velozes e Furiosos 9: Tudo o que você precisa saber sobre o novo filme da franquia

Porém há uma dúvida que permeia os filmes de Vin Diesel é a cronologia. Depois que os dois primeiros longas, tivemos um filme que não fazia parte da história. Aqui iremos deixar claro como esse filme se encaixa na franquia e como as pontas soltas se ligam.

Velozes e Furiosos (2001)

O primeiro filme, Velozes e Furiosos, foi lançado em 2001. A história é focado no policial disfarçado Brian O’Conner, vivido por Paul Walker, que se infiltra na famosa gangue de Dominic Toretto, personagem de Vin Diesel, para descobrir quem é a equipe que tem sido responsável pelo roubo de cargas em Los Angeles.

Brian acaba se envolvendo demais com a gangue e, ainda por cima, se apaixona por Mia, irmã de Toretto, vivida por Jordana Brewster. O longa termina com Brian ajudando Dom a se afastar da polícia, e então ele deixa a corporação e se muda para Miami.

+ Velozes + Furiosos (2003)

Depois de sua mudança para Miami, Brian agora participa de corridas para ganhar a vida, com a ajuda de Tej Parker, vivido por Lucadris. Acontece que o personagem faz um acordo com seu ex-chefe para voltar ao trabalho como agente secreto do FBI e derrubar o traficante Carter Verone, em troca ele ganharia um registro limpo. Para ajudar nessa missão, ele chama Roman Pearce, interpretado por Tyrese Gibson, e a agente Monica Fuentes, papel da atriz Eva Mendes. O filme se destaca pela ausência de Vin Diesel que, descontente com o rumo que seu personagem teria, deixou a franquia.

Velozes e Furiosos 4 (2009)

Ambientado na República Dominicana, o quarto filme traz Torreto de volta ao lado de sua namorada Letty, vivida por Michelle Rodriguez. Os dois ainda estão no mundo do crime, porém, quando eles se veem caçados novamente pelo FBI, Dom foge, para não comprometer sua equipe. E é ai que Letty acaba sendo assassinada

Brian aparece, sendo um detetive na busca de um grande traficante mexicano, que consegue prendê-lo graças a ajuda de Toretto. O filme termina com o personagem de Vin Diesel sendo sentenciado a 25 anos de prisão, mas assim que ele entra no ônibus para a penitenciária, O’Conner e Mia Toretto aparecem para resgatá-lo.

O longa também traz alguns do personagens que vão ser importantes para os próximos filmes como Tego Leo interpretado por Tego Calderón, Rico Santos vivido por Dom Omar, Gisele Hara, personagem de Gal Gadot e Han Lue, papel de Sung Kang.

Gal Gadot na franquia Velozes e Furiosos

Velozes e Furiosos 5: Operação Rio (2011)

O longa começa onde seu anterior terminou, no resgate de Dom por Brian e Mia. Os personagens agora precisam constantemente fugir das autoridades e acabam parando no Rio de Janeiro. Na cidade eles recrutam pessoas para seu time de corrida, porém, eles precisam fugir do agente federal Luke Hobbs, vivido por Dwayne ‘The Rock’ Johnson, e da policial Elena Neves, interpretada por Elsa Pataky. O grupo decide realizar um assalto contra um poderoso traficante brasileiro.

No longa, Dom descobre uma fotografia que mostra Letty em um ataque a um comboio militar na Alemanha, o que dá pistas de que a personagem está viva.

Velozes e Furiosos 6 (2013)

Depois do sucesso da missão do grupo do Rio de Janeiro, os personagens vivem no bem bom. Cada integrante seguiu seu caminho, Brian e Mia têm um filho chamado Jack, Dom e Elena estão juntos, Han e Gisele também estão juntos e Roman e Tej estão curtindo sua grana. Enquanto isso, o agente federal Luke Hobbs está na missão de perseguir um grupo de mercenários comandados por Shaw, personagem do ator Luke Evans e que estaria atuando em Londres. Hobbs pede ajuda a Toretto para capturar o grupo, e ele acaba descobrindo que Letty faz parte da equipe. Como recompensa dessa missão, os personagens poderiam voltar a viver tranquilamente nos Estados Unidos.

Dom e sua equipe completam a tarefa com sucesso. Porém, Gisele se sacrifica para salvar seu namorado Han. O filme mostra, em seguida, o personagem em Tóquio, onde ele e Gisele planejavam seguir após a captura de Shaw. Acontece que o carro de Han, de repente, é atacado por outro e explode. O motorista do carro é é Deckard Shaw, vivido por Jason Statham, que liga Dom dizendo “você não me conhece mas está prestes a conhecer”

Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio (2006)

Como vocês devem ter percebido, o terceiro filme lançado da franquia foi pulado nessa nossa cronologia. Exatamente porque é onde as coisas ficavam confusas na franquia. O filme de 2006 tem como protagonista o estudante Sean Boswell, papel de Lucas Black, que vai morar em Tóquio para fugir da prisão. Lá ele é apresentado às corridas de drift e, também, a Han, com quem acaba trabalhando e morando junto.

Han é responsável por treinar Sean nas corridas. Porém, depois de um assalto contra Takeshi, conhecido como o Rei do Drift, o grupo se separa em fuga e Han sofre um acidente de carro e acaba morrendo. Esse acidente é o que é retratado no final de Velozes e Furiosos 6. Dominic Toretto aparece no final do longa dizendo que era amigo de Han e desafiando Sean para um corrida.

Velozes e Furiosos 7 (2015)

Agora sim voltamos para a ordem “normal” dos filmes. Depois de voltar aos Estados Unidos, a equipe pensou que poderia viver em paz, mas agora precisa lidar com o assassino Deckard Shaw, e as coisas ficam bastante pessoais. O personagem busca vingança pelo seu irmão, Owen Shaw.

Com a ajuda de Hobbs a equipe tem êxito em levar Shaw a prisão. O final do longa é marcado pela despedida de Brian O’Connor, que deixa a equipe para cuidar de seu filho. O momento é especial para além das câmeras, visto que o ator Paul Walker, que interpreta o personagem, havia falecido em 2013 em um acidente de carro.

Velozes e Furiosos 8 (2017)

Enquanto o casal Dominic e Letty estão curtindo a lua de mel em Havana, uma personagem chamada Cipher, interpretada por Charlize Theron aparece ameaçando a vida do filho de Toretto com Elena, do qual ele não tinha conhecimento. A terrorista obriga Dom a trair seus amigos para conseguir ogivas nucleares. Enquanto isso, Hobbs acaba sendo preso e cai na mesma cela de Shaw e ambos são recrutados pelo Sr. Ninguém, vivido pelo Kurt Russel, para parar Toretto junto com sua equipe.

Velozes e Furiosos: Hobbs e Shaw (2019)

Esse longa se passa após os eventos de Velozes e Furiosos 8, visto que Hobbs e Shaw estão trabalhando juntos. Os dois agentes precisam, agora, se juntar para impedir que Brixton Lore, vivido por Idris Elba, espalhe o vírus mortal que ele criou. O longa não possui nenhum outro personagem da franquia.

Então qual é a ordem cronológica dos filmes?

Pra resumir, a ordem é a seguinte: 

 

  • Velozes e Furiosos (2001)
  • + Velozes e + Furiosos (2003)
  • Velozes e Furiosos 4 (2009)
  • Velozes e Furiosos 5: Operação Rio (2011)
  • Velozes e Furiosos 6 (2013)
  • Velozes e Furiosos: Desafio em Tóquio (2006)
  • Velozes e Furiosos 7 (2015)
  • Velozes e Furiosos 8 (2017)
  • Velozes e Furiosos: Hobbs e Shaw (2019)

A seguir:

Imagem de perfil
sobre o autor Dyllan Souza