Capa da Publicação

Cenas íntimas e de romance podem sofrer grande mudança nos cinemas

Por Gus Fiaux

A pandemia do Coronavírus veio para mudar nossas vidas para sempre. No entretenimento, a doença está causando várias mudanças bem grandes no cinema – e isso vai desde alterações no calendário de lançamento dos estúdios à grandes mudanças na forma como os filmes são produzidos. Pelo visto, várias produções terão que se adaptar à realidade pós-COVID-19.

Abaixo, veja mais notícias envolvendo o Coronavírus:

Clark Gregg, de Agents of S.H.I.E.L.D., doará para combate ao coronavírus

Andrew Jack, de Star Wars, morre em decorrência do coronavírus

Como o Coronavírus pode afetar o futuro do entretenimento?

De acordo com o The Sun, um novo documento de 22 páginas foi divulgado como parte de um periódico da associação de editores de cinema. Neste documento, há instruções e normas a respeito de cenas que envolvem contato próximo, como beijos, abraços e até mesmo cenas de sexo devem ser “reescritas, abandonadas ou feitas com CGI”.

Tudo isso se dá devido à preocupação de atender às normas de distanciamento social. E até que haja uma solução comprovada para a crise do Coronavírus – ou seja, uma vacina eficaz -, é possível que Hollywood tenha que mudar de vez sua forma de produzir filmes. A ideia de usar efeitos visuais pode parecer um pouco absurda, mas é necessária nessa época de pandemia.

E vale lembrar que não são apenas as cenas de contato íntimo que precisam ser repensadas. Recentemente, o CW (a emissora responsável por séries como The Flash, Batwoman Supernatural) revelou como as cenas de luta e ação terão que ser reduzidas e modificadas, para evitar o contato prolongado entre membros do elenco.

Abaixo, veja os 10 piores efeitos visuais em filmes recentes:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux