Capa da Publicação

AT&T responde demanda dos fãs pelo “Ayer Cut” de Esquadrão Suicida

Por Leo Gravena

Os fãs nunca se importaram tando com o “Ayer Cut” de Esquadrão Suicida, contudo, o diretor do filme, David Ayer, já havia falado em outras ocasiões sobre como, no papel, seu filme seria bem diferente, porém, ele acabou tendo que fazer um filme com várias restrições e diretrizes de executivos da Warner Bros.

Nos últimos meses, o diretor fez várias revelações sobre a trama, como o fato de que a Magia teria ligação com o Logo da Estepe e as Caixas-Mãe, que o Coringa iria se unir com a vilã do filme e que a Arlequina e o Pistoleiro teriam um romance. Agora, a empresa AT&T, dona da Warner Bros., parece estar dando um pouco de esperança aos fãs do filme sobre uma possível versão do diretor.

Veja também:

Arte de Esquadrão Suicida mostra ligação entre Magia e Apokolips

Diretor de Esquadrão Suicida volta a falar sobre a sexualização de Arlequina no filme

Diretor de Esquadrão Suicida confirma teoria de fã envolvendo o Coringa

Depois de toda a comoção do “Snyder Cut” e o anuncio da versão de Zack Snyder de Liga da Justiça, os fãs de Esquadrão Suicida e David Ayer tem começado a tentar criar um movimento que tenha o mesmo peso. Até o momento, a campanha não possui um grande número de agregados, porém, a AT&T parece ter notado alguns dos fãs e decidiu os responder no twitter.

Após um fã marcar a empresa junto da Warner Bros. e da HBO Max (as duas são propriedades da AT&T), pedindo o “Ayer Cut”, a empresa respondeu “Uma coisa de cada vez”, junto de um gif da Mulher-Maravilha de Lynda Carter fazendo uma expressão preocupada. Já para outro fã, que também estava pedindo a versão de Ayer de Esquadrão Suicida, eles responderam “Tudo é possível com um pouco de mágica”, junto de um gif da Magia.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor-Chefe | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."