Capa da Publicação

Netflix responde criticas à ferramenta que altera velocidade de reprodução!

Por Guilherme Souza

Há alguns dias, foi anunciado que a Netflix está testando uma nova ferramenta que permite que os usuários alterem a velocidade de reprodução dos conteúdos, deixando-os mais lentos ou mais acelerados.

Embora essa seja uma ferramenta solicitada por muitos usuários, os criadores de conteúdo já se manifestaram contra isso, inclusive, Judd Apatow, ameaçou iniciar uma guerra contra a plataforma caso ela realmente implemente essa ferramenta.

Em resposta aos comentários negativos recebidos pelo teste da ferramenta, a Netflix liberou uma declaração onde tenta tranquilizar todos que se preocupam com o futuro da plataforma.

“Nós regularmente testamos novas ferramentas que podem ajudar a melhorar a Netflix. No último mês, começamos a testar diversos controles adicionais para os nossos players, incluindo a habilidade de: alterar o brilho de seu telefone sem ter que ir até as configurações, travar sua tela e encontrar sua linguagem e configurações de áudio mais facilmente; além de variar a velocidade em que você assiste no dispositivo mobile.”

A plataforma também ressalta que a escolha de alterar a velocidade de reprodução terá de ser feita pelo usuário e que mesmo assim, eles não têm planos de implementar essa ferramenta tão rapidamente.

“Nós temos sido complacentes com as preocupações dos criadores e não incluímos essa ferramenta em telas grandes, nos televisores em particular. Nós também automaticamente corrigimos o pitch no áudio em velocidades mais altas ou mais devagar. Além disso, os membros devem escolher variar a velocidade cada vez que eles assistem algo novo ou decidir que a Netflix mantenha as configurações baseada na última escolha que eles fizeram.”

 

“Nós não temos planos de implementar nenhum desses testes no curto prazo. E a implementação dessas ferramentas só depende do feedback que recebermos.”

Apesar da certa polêmica, muitos irão concordar que essa ferramenta pode ser bem útil, dado o sucesso dela em plataformas como o YouTube, além disso, os outros testes como a possibilidade de controlar o brilho da tela sem ter que sair do player também parecem bem promissores.

Fique com imagens de El Camino: A Breaking Bad Movie, novo filme original Netflix:

Imagem de perfil
sobre o autor Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'