Super-Choque: História, poderes e curiosidades sobre o herói da DC

Capa da Publicação

Super-Choque: História, poderes e curiosidades sobre o herói da DC

Por Melissa de Viveiros

Grande parte do público conhece o Super-Choque por causa do desenho protagonizado pelo personagem, mas ele tem muita história antes e depois disso. Desde sua origem em 1993, o herói já passou por um universo próprio e pelo universo DC, lutando ao lado de grandes grupos da editora. Lidando com questões que vão desde as experiências adolescentes a problemas reais ou questões relacionadas à vida de super-herói, as histórias estreladas por ele conquistaram um grande público, que continua querendo mais do personagem até hoje.

Para você que quer conhecê-lo melhor, esta lista vai apresentar a história, poderes e muitas curiosidades sobre o Super-Choque, um dos metahumanos mais queridos da DC!

Imagem de capa do item

Como o Super-Choque foi criado?

Dwayne McDuffie, um dos criadores do personagem, afirma que sua origem foi um esforço de grupo. Enquanto trabalhava para a Marvel, McDuffie tentou desenvolver um herói parecido, inspirado principalmente pelo Homem-Aranha. Assim, a ideia inicial era que ele fosse parte desse mesmo universo, preenchendo o "vazio" deixado para um herói adolescente contemporâneo, uma vez que Peter já estava em uma fase diferente, sendo um personagem adulto que levava uma vida de casado.

A ideia nunca se desenvolveu propriamente na Marvel, no entanto, e foi deixada de lado até McDuffie se juntar à Milestone Media. Lá, ele revisitou seu antigo projeto ao lado de Denys Cowan, Michael Davis e Derek T. Dingle, e todos trabalharam juntos para recriar o personagem, até ele finalmente se tornar o Super-Choque**.

Imagem de capa do item

Qual é a história do Super-Choque?

Nos quadrinhos, Virgil Hawkins era um adolescente de apenas quinze anos quando ganhou poderes e se tornou o Super-Choque. Na versão animada, sua família é formada por Robert, seu pai viúvo que é um assistente social, e sua irmã mais velha, Sharon. Isso muda nas HQs, onde Robert trabalha em um hospital, e Jean, a mãe de Virgil, ainda está viva.

Em ambas as versões, o personagem vive na cidade de Dakota. Alguns de seus amigos dos quadrinhos, como Rick Stone e Daisy Watkins estão nos dois formatos da história. Além de sua vida normal como adolescente, Virgil atua como herói, mas nunca perde sua personalidade cheia de humor, mesmo quando enfrentando seus inimigos. Além de provocações e comentários espertos direcionados aos vilões, seus conhecimentos de ciência e cultura pop tendem a aparecer em seus diálogos, especialmente quando ele age como Super-Choque.

O evento que o levou a ganhar poderes durante um confronto entre gangues. Em meio ao conflito, as autoridades chegaram atirando o que acreditavam ser bombas de gás, que na verdade haviam sido modificadas para conter um mutagênico experimental. O evento ficou conhecido como Big Bang, levando ao surgimento de diversos metahumanos além do próprio Super-Choque.

Imagem de capa do item

Dakotaverso

A Milestone Comics, que foi onde o herói surgiu, era publicada pela DC, mas não fazia parte de sua continuidade originalmente. Assim, o personagem existia dentro do universo da própria Milestone, chamado de Dakotaverso. Por causa disso, as histórias do Super-Choque eram isoladas dos heróis da DC exceto por eventos especiais.

Mais tarde, isso foi modificado quando o Dakotaverso se tornou parte do universo principal da DC Comics, em 2008. Dentro da história, isso foi parte da Crise Final, após a morte de Darkseid, quando o contínuo do tempo-espaço foi destruído, ameaçando a existência de ambos os universos. Assim, o ser conhecido como Dharma acabou unindo os dois universos e criando uma nova continuidade.

Imagem de capa do item

Virgil Ovid Hawkins

O nome completo do herói é bastante importante, bem como cheio de homenagens. Virgil Hawkins é o nome de um homem estadunidense que tentou estudar Direito na Universidade da Flórida, mas foi recusado por ser negro. Depois disso, ele passou anos lutando para ser aceito, até aceitar um acordo e abandonar sua luta pessoal devido à determinação de que, ao fazê-lo, a Suprema Corte da Flórida faria com que a universidade deixasse de segregar suas escolas.

Além do Virgil Hawkins real, os nomes Virgil e Ovid se referem aos poetas romanos Virgílio e Ovídio.

Imagem de capa do item

Quais são os poderes do Super-Choque?

Os poderes do Super-Choque podem parecer apenas eletricidade, mas na realidade estão ligados a fenômenos eletromagnéticos. Assim, ele pode manipular energia elétrica bem como magnética, usando isso para magnetizar objetos, eletrocutar oponentes, levitar objetos, criar redes ou prisões eletromagnéticas, ou mesmo usar a luz para cegar seus adversários.

Além de manipular energia desse modo, ele é capaz de absorver eletricidade de outras fontes, como baterias, cabos elétricos, entre outros. Assim, ele pode repor sua própria energia por meio dessa habilidade. O herói também pode usar seus poderes para escutar estações de rádio ou linhas de telefone. Outra coisa que ele é capaz de fazer é usar seus poderes para imitar um maçarico, podendo cortar e soldar metal.

Os poderes de Super-Choque também dão a ele algumas vantagens quando se trata de cura ou resistência. No primeiro caso, isso é visto em como ele pode se curar rapidamente até de ferimentos que seriam fatais, desde que esteja absorvendo poder de uma fonte poderosa. No segundo, isso é mostrado por meio de sua resistência a controle mental, que acontece porque o cérebro humano depende de processos eletromagnéticos para funcionar.

Imagem de capa do item

Membro dos Jovens Titãs

Após o Dakotaverso se unir ao universo DC e a Crise Final ter fim, Super-Choque e outros jovens sobreviventes vão até a Torre dos Titãs para descansar. Lá, a Moça Maravilha, que é a atual líder dos Titãs, oferece a todos os jovens heróis um lugar na equipe.

A maioria deles recusa a oferta, mas Virgil a aceita. Parte disso se deve a ele ter sido raptado anteriormente, o que o leva a acreditar que sua família está perdida. Assim, ele acredita que não tem outro lugar para ir, e se une aos Titãs, passando a viver na Torre por algum tempo.

Imagem de capa do item

Milestone Forever

Em 2012, uma série limitada foi publicada para mostrar os destinos finais dos personagens do Dakotaverso antes de eles serem transportados para o universo DC. A série, chamada de Milestone Forever, mostrou Virgil no futuro, já adulto, em uma situação bem diferente do que vemos em suas histórias como adolescente.

Em sua história, é revelado que ele deixou a vida de herói e buscou uma carreira na medicina. A trama se passa durante a reunião de dez anos da turma da escola de Virgil. Em meio a isso, Raio de Fogo, que acabou de sair da prisão, ataca a reunião, dizendo que agora ele percebe que Super-Choque certamente era um de seus antigos colegas de escola.

Com isso, Virgil retoma o manto de Super-Choque novamente, enfrentando seu antigo inimigo uma última vez. Depois disso, a história avança mais dez anos, e mostra o protagonista trabalhando como médico e casado com sua antiga amiga, Frieda. Ele também teve dois filhos, Larry e Sadie, e ambos herdaram seus poderes.

A história termina com o casal refletindo sobre sua vida. Virgil pergunta de brincadeira a sua esposa se ela gostaria que ele voltasse a sua vida de herói, ao que ela responde que absolutamente não.

Imagem de capa do item

A série animada do Super-Choque

No ano 2000, foi lançada a série animada que leva o nome do personagem. A produção conta com algumas diferenças em relação ao material original em que se baseia, principalmente com o objetivo de tornar o personagem mais aceitável para um público mais jovem, mas ao mesmo tempo permitir que sua história destacasse temas contemporâneos relevantes.

Aqui, Virgil Hawkins é um garoto de quatorze anos, mas a origem de seus poderes é bem parecida com a original: uma explosão de gás mutagênico que passa a ser chamada de Big Bang. Por meio dela, diversos habitantes da cidade ganham superpoderes diversos, com muitos deles se tornando inimigos que Super-Choque enfrenta no desenho.

Na série animada, a mãe do protagonista morreu, sendo vítima de uma bala perdida. A morte dela levou Virgil a desenvolver um intenso ódio por armas, e alguns episódios chegam até a abordar temas relacionados ao uso de armas nos Estados Unidos.

Apesar de o herói não ser parte do universo DC a princípio, e foi preciso um evento para reunir Super-Choque e grandes personagens da DC. Nos desenhos, não foi preciso tanto, já que não havia sido estabelecido um grande universo da Milestone separadamente da outra editora. Assim, a animação traz crossovers com diversos heróis, como Batman, a Liga da Justiça, Superman e até mesmo Terry McGinnis, o Batman do Futuro.

Imagem de capa do item

Super-Choque em outras animações

Além de estrelar sua própria animação, Super-Choque já marcou presença em outros desenhos da DC. Uma dessas aparições acontece em um episódio de Liga da Justiça Sem Limites, onde vemos o personagem bem mais velho. Com 65 anos, Virgil continua atuando como herói, permanecendo bem saudável apesar de sua idade.

Ele voltou para as telinhas por meio de Justiça Jovem. Aqui, mais que uma participação especial, o personagem aparece em diversos episódios. Ele chega inclusive a se unir à equipe de jovens heróis, além de ter o Raio Negro como mentor.

Imagem de capa do item

Video games do Super-Choque

Quando se trata de jogos, o Super-Choque não teve muita sorte até agora. Em 2003, foi anunciado que um jogo de plataforma estrelado pelo personagem seria lançado para o Game Boy Advance. Isso, no entanto, não chegou a acontecer, pois o título acabou sendo cancelado. Mais recentemente, o herói seria parte do elenco de Injustice 2, mas embora tenha chegado a receber um design para o jogo, acabou sendo cortado.

Assim, ele só apareceu em duas produções até o momento. Uma delas é a versão mobile de Injustice. A outra é no DC Universe Online, onde ele faz parte da DLC Lightning Strikes.

Imagem de capa do item

Super-Choque em live-action

As primeiras notícias de uma possível produção live-action focada em Virgil vieram em 2014, quando foi anunciado que a Warner Bros. lançaria um programa do herói. No ano seguinte, o ator Tyler James Williams afirmou em uma entrevista que Jaden Smith havia sido escolhido para o papel do protagonista, mas isso nunca foi oficialmente confirmado. Depois disso, mais nada foi dito sobre a série, e é possível que ela tenha sido cancelada.

Por outro lado, um filme estrelado pelo Super-Choque está em desenvolvimento, como anunciado no DC FanDome do ano passado. O projeto será uma colaboração entre a DC Films, a Warner Bros. Pictures e a Milestone Media. Michael B. Jordan, o Killmonger, será um dos produtores do filme, enquanto Randy McKinnon será o responsável pelo roteiro.

Imagem de capa do item

Milestone Returns

Este ano, o Super-Choque voltou com o lançamento da Milestone Returns. Em abril, o personagem passou a estrelar uma nova minissérie com seis volumes mensais, lançada inicialmente por plataformas digitais.

Aqui, o herói recebeu uma nova história de origem, embora muito da versão original seja mantido. Os poderes de Virgil surgem no Big Bang, mas a série busca abordar questões atuais assim como o desenho. Assim, a nova HQ mostra que o personagem precisa lidar com a reação da polícia a jovens negros ganhando habilidades especiais, ao mesmo tempo em que lida com o fato de que alguns desses jovens estão usando seus poderes de modo perigoso e destrutivo. Em meio a isso, o garoto precisa se encontrar, e descobrir se o Super-Choque pode ser o herói de quem Dakota precisa.

Imagem de perfil
Melissa de Viveiros

Editora. Graduanda em Letras na UFMG. Elfa noturna em Azeroth, Au'Ra em Eorzea, apoiadora da Casa Martell em Westeros, LoLzeira noxiana e grisha etherealki. Fã de coisas demais e sempre hiperfocada em algo diferente. || @windrunning_