Capa da Publicação

10 animes antigos que todos os fãs de anime deveriam assistir pelo menos uma vez

Por Nick Narukame

Existem animes que simplesmente marcam. Alguns marcam apenas algumas pessoas que se identificam com determinadas cenas ou situações e tem aqueles que marcam toda uma geração, se transformando assim em verdadeiros clássicos da animação japonesa.

Na lista abaixo você poderá conhecer dez dessas obras que fizeram e fazem tanto sucesso que se tornaram indispensáveis na vida de todo otaku iniciante ou não. Será que você já viu todos eles ou faltam alguns? Se estiverem faltando, essa é a hora de se atualizar e ir assistir de uma vez por todas!

Imagem de capa do item

Sailor Moon

Um dos shoujos (animes voltados para o público feminino) mais conhecidos de todos os tempos, Sailor Moon é fruto do trabalho da mangaká Naoko Takeuchi e seu mangá viu a luz do dia pela primeira vez em 28 de dezembro de 1991, chegando ao fim em 03 de fevereiro de 1997.

O anime esteve em exibição entre 1992 e 1997 contando com diversas temporadas divididas em cinco fases: Pretty Guardian Sailor Moon, Pretty Guardian Sailor Moon R, Pretty Guardian Sailor Moon S, Pretty Guardian Sailor Moon SuperS e Pretty Guardian Sailor Moon Stars. Um remake da obra, intitulado Pretty Guardian Sailor Moon Crystal e sendo mais próximo do mangá, foi produzido em 2014, contando com duas temporadas, tendo sido a segunda exibida em 2016.

A história conta a saga vivida por Usagi Tsukino, uma garota colegial que tem sua vida virada do avesso ao encontrar uma gatinha falante chamada Luna na rua enquanto ia para a escola. Essa gata lhe diz que ela deverá se tornar uma guerreira mágica e proteger a terra de forças malignas que estão à espreita.

Imagem de capa do item

Hunter x Hunter (1999)

Anime que foi a porta de entrada de muitos no mundo dos animes, tendo passado na TV aberta pela emissora RedeTV! no ano de 2007. Conta a história de Gon, um menino morador da Ilha da Baleia que foi criado por sua tia, sempre achando que seus pais estivessem mortos. Porém, um dia lhe é revelado que seu pai não apenas está vivo, como também havia se tornado um dos melhores Hunters de todos os tempos. Os Hunters no universo onde se passa a trama são indivíduos licenciados e indicados a viver os mais diversos tipos de aventuras envolvendo rastreio de tesouros, indivíduos e animais exóticos. Motivado a encontrar seu pai, Gon resolve fazer o exame Hunter no intuito de, um dia, encontrá-lo.

A história possui duas versões: uma de 1999 que cobre poucos eventos oficiais do mangá e uma outra de 2011 mais fiel ao mangá. A versão de 1999 possui um total de 62 episódios e a de 2011 se encerra com 148.

Imagem de capa do item

Love Hina

Anime de comédia baseado no mangá homônimo de Ken Akamatsu. Foi lançado entre abril e setembro de 2000 contando com 24 episódios, quatro filmes e três episódios OVAs. O mangá teve fim em outubro de 2001 com 14 volumes compilados em tankobon.

A história segue Keitaro Urashima, um rapaz azarado que fez uma promessa com seu amor de infância de encontrá-la na Universidade de Tóquio e desde que terminou o Ensino Médio, vem tentando ingressar na instituição de ensino, mas sem nenhum sucesso. Quando começa a cuidar da pensão para moças de sua avó, ele acaba encontrando Naru Narusegawa e todas as pistas dadas pela história levam a crer que ela é a garota da promessa. Mas não é apenas com Naru que Keitaro se encontra e uma chuva de confusões atropela o garoto ao longo de todos os episódios da animação.

Imagem de capa do item

JoJo's Bizarre Adventure (1994)

Muitas pessoas conhecem JoJo’s pelas adaptações que começaram a ser feitas em 2012, mas o mangá é, na verdade, de 1987 e já até mudou de revista, estando em processo de produção até os dias atuais. Em 1994 foi produzida uma versão animada da terceira parte do mangá, Stardust Crusaders e é sempre bom revisitar essa produção para analisar a capacidade dos produtores de condensar três arcos inteiros em apenas seis episódios de 34min cada.

Um filme sobre a primeira parte, Phantom Blood, foi lançado no ano de 2007 com 100 minutos de duração antes que uma versão animada mais focada e separada em partes fosse lançada em 2012. Atualmente, a animação encontra-se focada na sexta parte de JoJo’s está sendo lançada pela Netflix, já contando com os 12 primeiros episódios disponíveis em seu catálogo.

Imagem de capa do item

Dragon Ball

Sendo um dos mais famosos mangás de todos os tempos, Dragon Ball se tornou uma grande franquia midiática tendo adaptações para o cinema, para anime e até mesmo para jogos. Seu primeiro capítulo foi publicado na Shounen Jump em 1984 e, desde então, o título se tornou uma verdadeira febre entre os leitores do mangá e, posteriormente, espectadores do anime.

A história gira em torno de Son Goku, um menino ingênuo que acaba por encontrar Bulma, uma jovem moça que deseja encontrar as esferas do dragão. Percebendo a força incomum do pequeno garoto, Bulma o convence a acompanhá-la em sua jornada e os dois então partem em busca dos itens místicos que ela tanto queria. Dragon Ball, hoje em dia, encontra-se em sua fase Super e seu mangá segue em publicação pela mesma editora.

Imagem de capa do item

InuYasha

Anime que fez extremo sucesso ao passar na TV aberta no início dos anos 2000, InuYasha conta a história de Kagome Higurashi, uma menina que acaba sendo raptada por um youkai dentro de um poço e, enquanto tentava se salvar, solta um outro youkai que estava selado em uma árvore por uma flecha.

O youkai InuYasha a salva sem muitos problemas, mas ele próprio acaba se tornando um problema para Kagome, uma vez que ele havia sido selado há muitos anos pela sacerdotisa Kikiyou. Em meio a isso, a dupla precisa trabalhar junta para reunir os pedaços da Jóia de Quatro Almas, e assim manter o mundo seguro.

Imagem de capa do item

YuYu Hakusho

Anime considerado um dos maiores clássicos do gênero e a porta de entrada de muitos otakus que entraram nesse mundo durante o fim dos anos 1990 e início dos anos 2000. O mangá que baseou a obra animada é do mesmo criador do anime, já citado nessa lista, Hunter x Hunter.

A história segue Yusuke Urameshi, um jovem delinqüente que salva um garotinho de ser atropelado em um ato de altruísmo que pega até mesmo os responsáveis pelo mundo espiritual de surpresa.

Ele morre durante esse salvamento e, por não ter como ser julgado de modo adequado por conta de sua ação recente, não há ainda um espaço definido para ele no céu ou no inferno, sendo assim concedida a ele a oportunidade de voltar para o mundo dos vivos e resolver casos sobrenaturais como uma espécie de detetive.

Imagem de capa do item

Yu-Gi-Oh!

Yu-Gi-Oh! ficou bastante conhecido no Brasil após ter seus episódios exibidos na TV aberta no início dos anos 2000, mas a franquia se manteve firme e forte no Japão, sendo rentável para a indústria dos animes até os dias de hoje.

A história acompanha Yugi Muto, um garoto tímido e que adora jogos. Um dia ele recebe um artefato de seu avô que acaba fazendo com que seu corpo abrigue um espírito de um jogador muito hábil e poderoso. Toda vez que Yugi e seus amigos são ameaçados de alguma forma é a versão “Yami Yugi” que entra em cena para desafiar quem quer que seja para um jogo.

Imagem de capa do item

Gravitation

Ainda que seja extremamente datado e repleto de problemas que, hoje em dia, podem fazer com que o expectador pondere sobre muitas coisas na trama, Gravitation foi, por muito tempo, um dos animes mais famosos sobre relacionamento entre duas pessoas do mesmo gênero.

O anime faz comédia com situações cotidianas de um rapaz que deseja fazer sucesso no mundo da música com seus companheiros da banda Bad Luck. O protagonista acaba se encantando por um novelista grosseiro e que faz pouco caso de seu trabalho e a trama acaba focando mais essa paixonite do que a ascensão musical da banda do personagem, embora ele seja mencionado em várias passagens da história como pano de fundo para o relacionamento um tanto tóxico em que Shuichi, o protagonista, acaba se metendo.

Gravitation é originalmente um mangá escrito e ilustrado por Maki Murakami que foi publicado entre 1996 e 2022. O anime encontrou seu final com apenas 13 episódios que marcaram uma geração inteira de fãs do gênero, sendo exibido entre os anos 2000 e 2001.

Imagem de capa do item

Evangelion

Não importa quanto tempo se passe, Evangelion sempre será material obrigatório na lista de todo otaku. O anime apresenta diversas questões sociais e psicológicas que são aplicáveis em qualquer época e ainda consegue transmitir isso tudo através de personagens carismáticos que fazem o espectador amá-los e odiá-los em proporções semelhantes.

A história se passa em um cenário pós-apocalíptico onde a terra foi devastada por “anjos” e os humanos ainda precisam se preparar para eventuais ataques deles. Para isso foram desenvolvidos robôs chamados “Evangelions” que são pilotados por crianças com tantos problemas psicológicos diferentes que se perguntar onde raios anda o conselho tutelar desse mundo é uma constante entre os que estão assistindo.

O anime encontra seu final em um total de 26 episódios tendo sido exibido entre outubro de 1995 e março de 1996. As diversas adaptações de Evangelion para mangá são todas posteriores a sua série animada e são cinco no total: Neon Genesis Evangelion, Angelic Days, Shinji Ikari Raising Project, Campus Apocalypse e Petit Eva: [email protected]

Imagem de perfil
Nick Narukame

Graduada em Letras pela UFF, moradora do fim do mundo, escritora amadora e cosplayer sem talento. Dotada com o superpoder de fazer as piadas mais sem graça da face da terra. Se quiser alimentar, dê chocolate. || @narukamenick