Capa da Publicação

10 Momentos mais engraçados da Fase 3 do Universo Cinematográfico Marvel!

Por Guilherme Souza

Na terceira fase de seu Universo Cinematográfico, a Marvel já estava estabelecida e planejada o bastante para decidir o que queria mostrar em seus filmes. Com a culminação de tudo o que havia sido mostrado ao longo das fases anteriores acontecendo em Vingadores: Guerra Infinita, o estúdio precisava preparar o terreno para baque que estava por vir.

Antes do confronto com Thanos, os longas contaram com mais momentos hilários e inesquecíveis, por esse motivo, tentamos listar alguns dos mais marcantes, já que, na fase três, o humor se tornou mais pronunciado e tivemos muitas cenas marcantes.

Caso não tenha visto ou não se lembre, confira os momentos da fase 1 aqui e da fase 2 aqui.

Imagem de capa do item

Homem-Aranha na batalha do aeroporto

Capitão América: Guerra Civil é um dos filmes mais sombrios e sérios da Marvel, mas mesmo ele conta com momentos leves e divertidos. Por mais que a batalha no aeroporto seja o ápice da produção, ela conta com a aparição de Homem-Aranha e Homem-Formiga, o que já é motivo o suficiente para ter momentos cômicos.

Seja pelo Aranha maravilhado por finalmente conhecer outros super-heróis, ou pelo Homem-Formiga sabotando a armadura do Homem de Ferro, os momentos divertidos são marcantes e um dos pontos altos do humor no filme.

Imagem de capa do item

Tony Esterco

Stan Lee fez diversas aparições incrivelmente divertidas ao longo dos filmes da Marvel Studios, mas uma das melhores é, sem dúvidas, quando ele se passa por carteiro que está entregando algo para Tony Stark no QG dos Vingadores.

Lee retrata perfeitamente a realidade dos carteiros, que, muitas vezes, não conseguem entender muito bem nossos nomes - e acaba chamando Tony de “Tony Esterco”. O momento quebrou toda a tensão do diálogo entre Stark e Rhodes, suavizando um pouco o clima do filme que já havia sido pesado o bastante.

Imagem de capa do item

Provocando Wong

A soberba era uma das características principais de Stephen Strange. Mesmo depois que começa seu aprendizado de magia, Strange tem difivuldade em aceitar a hierarquia e respeitar os ensinamentos de seus superiores, além de não aceitar que seu suposto carisma não era o suficiente para cativar Wong.

Quando conhece Wong pela primeira vez, Strange começa a caçoar do nome do mago, fazendo referências à cantoras famosas que também só atendem por um nome só, mas não tem muito sucesso em ganhar a simpatia do mentor. Mais tarde no filme, ele torna a fazer isso, mas desta vez, com muito mais confiança e mais aceitação por parte de Wong.

Imagem de capa do item

Capa de Levitação

Um dos momentos mais divertidos do primeiro filme do Doutor Estranho, é protagonizado pelo acessório criado digitalmente conhecido como “Capa de Levitação”.

Remetendo diretamente ao tapete mágico da animação Aladdin, a capa mostra que sabe se defender sozinha e que tem uma personalidade própria muito forte (nos lembrando disso futuramente em Vingadores: Guerra Infinita).

Imagem de capa do item

Mantis sentindo as emoções

Mantis é uma das melhores surpresas do segundo filme dos Guardiões da Galáxia e grande parte disso se deve à inocência extrema da personagem.

Quando os Guardiões encontram Mantis pela primeira vez, a alienígena lhes dá uma breve amostra de seus poderes, que lhe permite sentir e controlar as emoções e dos outros através do toque. Quando toca em Peter Quill, Mantis revela que ele está apaixonado por Gamora, causando uma reação impagável em Drax.

Imagem de capa do item

Rocket preparando as armadilhas para os Ravagers

No segundo filme dos Guardiões, vimos Quill e seus amigos sendo caçados pelos mercenários conhecidos como Ravagers, antigo grupo liderado por Yondu. Em dado momento do longa, os Ravagers vão de encontro à nave Milano, mas eles não esperavam que Rocket teria preparado uma surpresa para eles.

Ver os mercenários voando e caindo em direção ao chão, acompanhado pelas risadas de satisfação de Rocket é um dos melhores momentos do longa.

Imagem de capa do item

Loki reencontrando o Hulk

Thor: Ragnarok foi feito como um filme de comédia, o que significa que ele possui, propositalmente, muitos momentos divertidos, porém alguns deles acabam se sobressaindo.

A cena em que Thor entra na arena pela primeira vez para enfrentar Hulk é um desses momentos. Embora o Deus do Trovão tenha ficado feliz inicialmente por descobrir que enfrentaria um amigo, é a reação de Loki que realmente rouba a cena. A princípio, o Deus da Trapaça fica desesperado por ver que Hulk estava no mesmo lugar que ele, já que havia levado a pior da última vez que eles se encontraram, mas quando Thor começa a ganhar de Hulk, temos o verdadeiro momento inesquecível.

Imagem de capa do item

A perseguição do Garra Sônica

Por mais que Pantera Negra tenha um significado extremamente profundo e uma importância cultural extrema, não podemos negar que o longa conta com muitos momentos cômicos.

Embora a maioria deles sejam protagonizados por Shuri, um dos mais divertidos é quando Nakia, T’Challa e Okoye vão para um cassino atrás do Garra Sônica. A diversão já começa por conta de Okoye, que usa uma peruca loira como disfarce e se mostra muito desconfortável com isso, mas o ápice da cena acontece quando o vilão destrói o carro projetado por Shuri, deixando Nakia apenas com um banco e um volante na mão, remetendo à momentos clássicos dos filmes de comédia antigos.

Imagem de capa do item

Guardiões da Galáxia conhecendo o Thor

Vingadores: Guerra Infinita é um filme que termina de forma trágica e cheio de pesar, mas até o momento do clímax, o longa segue a mesma atmosfera leve e cômica de diversos outros filmes que vieram antes dele.

Um dos momentos mais divertidos do longa, é quando Thor se encontra com os Guardiões da Galáxia. A presença do Deus do Trovão na nave dos Guardiões provoca reações hilárias por parte dos membros da equipe, principalmente em Drax e Peter Quill.

Imagem de capa do item

Scott Lang se passando por criança

Em Homem-Formiga e a Vespa, vimos Scott Lang tendo alguns problemas com a regulagem de seu novo uniforme, algo que gera momentos bem divertidos ao longo do filme, mas o principal deles, é quando Scott e Hope precisam invadir a escola de Cassie para pegar o antigo uniforme do herói.

Em meio à invasão, o uniforme de Scott dá defeito mais uma vez, e deixa o herói no tamanho de uma criança, algo que faz com que Hank Pym não perca a oportunidade de caçoar dele.

Imagem de perfil
Guilherme Souza

Outra grande manchete: 'Água, molhada!'