Capa da Publicação

10 melhores escolhas de atores para o Universo Estendido da DC Comics!

Por Gus Fiaux

• Confira também as 10 piores escolhas de atores para o Universo Estendido da DC Comics!

Com seus altos e baixos, o Universo Estendido da DC Comics foi construído na base das surpresas. Muitas vezes, os filmes foram lançados e nos deixaram com uma ideia bem diferente do que esperávamos. E outras vezes, isso se manifestou na escolha do elenco de cada produção.

Enquanto alguns atores formidáveis deram interpretações lamentáveis, outras escolhas podem até ter sido duvidosas a princípio, mas se provaram como as melhores decisões possíveis na hora de trazer icônicos personagens à vida. E aqui estão as 10 melhores escolhas de elenco dos Mundos da DC nos cinemas!

Esta lista não tem como finalidade definir quais filmes são melhores ou quais atores são mais talentosos e dignos de destaque. O objetivo é lembrar quais foram as melhores decisões do casting na hora de definir o elenco dos filmes.

Créditos: Warner Bros.

Imagem de capa do item

Chris Pine como Steve Trevor

Completando o quarteto dos Chrises nas Infinitas Terras, temos Chris Pine, que em vez de ter ido para a Marvel, como seus xarás, se juntou ao Universo Estendido da DC Comics no papel de Steve Trevor, o par romântico de Diana Prince no longa de origem da Mulher-Maravilha.

O ator soube representar, com suavidade, elementos de humanidade que fizeram com que Diana se tornasse mais próxima ao mundo dos mortais. É uma atuação sóbria e sem exageros, mas que prova que Pine é certamente um homem acima da média - e estamos curiosos para ver o que ele fará na continuação.

Imagem de capa do item

Robin Wright como Antílope

Ainda falando no longa solo da Mulher-Maravilha, outra figura famosa que ganhou um papel de destaque foi Robin Wright. Direto de House of Cards, a atriz apresentou uma excelente interpretação como Antíope, a tia guerreira de Diana de Temíscira, que treinou a heroína.

Embora sua participação seja relativamente pequena, ela possui uma importância gigantesca para a trama e um grande impacto emocional na jornada de sua sobrinha. Ela retornará em Mulher-Maravilha 1984, através de novos flashbacks.

Imagem de capa do item

Viola Davis como Amanda Waller

Esquadrão Suicida pode ser o filme mais massacrado de todo o Universo Estendido da DC Comics, por conta de seu roteiro furado, de sua montagem hedionda e de seus personagens vazios. Ainda assim, o elenco é um dos pontos altos - e alguns atores mandam muito bem.

Esse é o caso de Viola Davis. A atriz, já premiada pelo Oscar, consegue realmente trazer uma Amanda Waller ameaçadora e assustadora, ainda que a personagem seja prejudicada pelo roteiro. Com sorte, em algum outro filme, ela pode retornar como uma ameaça ainda mais sinistra.

Imagem de capa do item

Margot Robbie como Arlequina

Sem dúvidas, o ponto mais alto de Esquadrão Suicida é a interpretação de Margot Robbie no papel da insana Arlequina. Com seu charme e uma loucura adorável, ela consegue criar uma personagem que, apesar de não ser boa, cria um laço de empatia com o público.

E tudo colaborou para tornar a Arlequina o sucesso que foi: seu visual, seu carisma e até mesmo as cenas de ação, onde ela manda bem com seu taco de baseball. Não é à toa que a atriz vai retornar como a personagem em diversos projetos, a começar por Aves de Rapina.

Imagem de capa do item

Russell Crowe como Jor-El

Homem de Aço pode ter dividido o público, mas certamente é um dos filmes mais memoráveis do Superman. Aqui, o ponto alto é um elenco estelar, composto por grandes nomes do cinema. A exemplo, temos Russell Crowe no papel de Jor-El, pai biológico de Kal-El/Clark Kent.

Destemido, cheio de vigor e com uma presença de cena imponente, o ator consegue passar os melhores aspectos dessa figura paterna, tendo uma participação considerável ao longo da trama. Para muitos, ele inclusive compensa pela interpretação de Kevin Costner como Jonathan Kent.

Imagem de capa do item

Michael Shannon como General Zod

Embora alguns sejam até interessantes, o Universo Estendido da DC Comics nunca conseguiu produzir um vilão tão interessante quanto o General Zod, inimigo de nascença do Superman, que causa um belo estrago na Terra, ao trazer seu exército Kryptoniano que estava preso na Zona Fantasma.

O que realmente traz destaque aqui é a atuação de Michael Shannon, que cria uma figura atormentada e, ainda assim, segura de suas motivações. É um personagem com ar Shakespeariano, cheio de nuances e, ainda assim, um vilão excepcional. Uma pena que tenha morrido tão cedo - e "retornado" de uma forma péssima.

Imagem de capa do item

Henry Cavill como Superman

Embora não tenha convencido os críticos, de início, precisamos colocar Henry Cavill nesta lista, por ter nos fornecido o Superman mais humano já retratado nos cinemas, digno de falhas e virtudes, mas com uma provocação eterna por conta de sua herança genética.

Em Homem de Aço e Batman vs Superman: A Origem da Justiça, conhecemos uma versão mais "sombria" do herói, que logo foi substituída pelo Superman leve e cheio de esperança de Liga da Justiça - apesar da polêmica do bigode. Uma pena que Cavill, assim como a Warner, parece ter desistido do personagem.

Imagem de capa do item

Ben Affleck como Batman

Um ator que levantou certa desconfiança dos fãs quando foi anunciado, Ben Affleck nunca foi muito reconhecido por sua atuação - embora tenha mandado bem em filmes como Argo e Garota Exemplar. Ainda assim, ele surpreendeu e acabou sendo um dos melhores Batman do cinema.

Affleck consegue se mostrar maduro, rancoroso e cheio de desconfiança, como Bruce Wayne é retratado em arcos clássicos como O Cavaleiro das Trevas. Além disso, sua presença física é muito imponente, garantindo um personagem visualmente memorável e assustador.

Imagem de capa do item

Jason Momoa como Aquaman

Por falar em imponência, não podemos nos esquecer de Jason Momoa, que trouxe uma grande revitalização para a forma como o público enxergava o Aquaman. Apresentado pela primeira vez em Liga da Justiça (após uma breve cameo em Batman vs Superman), ele se tornou o Arthur Curry definitivo.

O ator pode não ser fisicamente semelhante ao personagem dos quadrinhos, mas compensa tudo com um carisma excepcional e um ar de badass que cai muito bem com essa versão do herói aquático. Em seu filme solo, ele consegue ter ainda mais presença em cena, provando-se o verdadeiro Rei dos Sete Mates.

Imagem de capa do item

Gal Gadot como Mulher-Maravilha

Em primeiríssimo lugar, está outra atriz que, a princípio, causou críticas ferrenhas por parte dos fãs e do público - mas que, atualmente, é a joia na coroa do Universo Estendido da DC Comics. Estamos falando de Gal Gadot, com sua excelente interpretação da Mulher-Maravilha.

Cheia de vida e com uma humanidade que estava ausente dos filmes da franquia, Diana Prince é uma guerreira sem igual - e a atuação de Gadot consegue passar isso de uma forma bem palpável, desde seu sotaque inconfundível à sua fisicalidade nas cenas de luta.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux