Capa da Publicação

10 coisas que você precisa saber sobre os Eternos!

Por Gus Fiaux

Os Eternos são uma das criações mais inspiradoras da Marvel Comics, e parecem ter um futuro brilhante nos cinemas. São personagens que, apesar de obscuros, têm um papel fundamental na construção do Universo Marvel, além de serem considerados a obra máxima de um dos artistas mais influentes da editora.

Aqui, você pode conhecer 10 coisas sobre os Eternos, desde suas origens aos seus grandes épicos nas HQs e sua relação com outros heróis e vilões da Casa das Ideias – se preparando para um possível e eventual filme da equipe, que pelo visto, não deve demorar para ser anunciado…

Créditos: Marvel Comics

um rumor

Imagem de capa do item

O grande Criador

Apesar de parecerem uma criação mais posterior, os Eternos surgiram nos quadrinhos antes mesmo da fundação da Marvel Comics. Eles fizeram sua primeira aparição em Red Raven Comics #1, publicada em 1940, onde tiveram uma origem bem apressada e eram descritos como deuses greco-romanos, como Júpiter, Minerva, Mercúrio, Apolo e outros.

Eles são uma criação exclusiva de Jack Kirby, o maior desenhista de quadrinhos de todos os tempos. A ideia era explorar o conceito de "eram os deuses astronautas?", enquanto criava sua mitologia própria. Atualmente, apesar de não terem um reconhecimento grande, eles são considerados a obra magna de Kirby para as HQs, ao lado do Quarto Mundo da DC Comics.

Imagem de capa do item

Afinal, quem são os Eternos?

Os Eternos são uma raça derivada dos primeiros habitantes humanoides da Terra. Trata-se de um grupo de seres manipulados geneticamente pelos Celestiais durante a primeira visita dos deuses espaciais ao planeta. Existem várias gerações de Eternos, normalmente divididas em "hordas".

Na continuidade atual da Marvel, temos cinco hordas diferentes, todas surgidas em períodos bem distantes um do outro - a primeira foi criada durante o Alvorecer do Homem, e a quinta (a mais recente), surgiu cerca de um milênio antes de Cristo. Todos os Eternos tem a capacidade de se conectar no que se chama de Unimente, uma estrutura mental onde eles podem liberar seu potencial completo.

Imagem de capa do item

Origem Celestial

Os criadores dos Eternos são ninguém menos que os Celestiais, as entidades super-poderosas que normalmente visitam planetas para julgar, observar ou interagir com os habitantes, geralmente para provocar o catalisador necessário para a evolução das espécies nativas. Ah, e você provavelmente já os viu no cinema, nos filmes dos Guardiões da Galáxia.

No caso dos Eternos da Terra, eles foram criados por Nezarr, o Calculador, que lhes garantiu a habilidade de manipular a energia cósmica e liberá-la no mundo. Essa criação dos Eternos gerou o próximo passo da evolução humana, e foi um dos motivos do surgimento da raça mutante. Vale lembrar que os Celestiais fizeram Eternos em vários planetas distintos.

Imagem de capa do item

Principais integrantes

Os Eternos são constituídos por membros muito icônicos. O líder deles é Zuras, o filho original de Cronos e o primeiro a formar a Unimente. Além dele, temos os grandes guerreiros Ikaris e Makkari, que são facilmente confundidos com os deuses Apolo e Hermes, devido aos seus poderes. Eles são líderes importantes e já foram grandes campeões da humanidade.

Outras duas heroínas que merecem destaque são Thena (originalmente chamada Azura), uma guerreira implacável que era confundida com a deusa Atena, e cuja cidade de Atenas foi construída em sua homenagem. Além dela, temos Sersi, que já ajudou o Mago Merlin e já foi integrante d'Os Vingadores.

Imagem de capa do item

Os Deviantes

Os principais inimigos dos Eternos são conhecidos como Deviantes. Trata-se de uma raça de criaturas disformes e metamórficas, cuja base genética é altamente instável. Seus genes são propensos a sofrer todos os tipos possíveis de mutações, e eles são os experimentos dos Celestiais que "deram" errado.

Eles passaram a ser rejeitados pelos seres humanos e pelos Eternos. Com isso, voltaram-se para a maldade, sempre colocando-se à frente da raça imortal e odiando os seus criadores, com exceção do Sonhador, que acreditava-se ter sido punido por tentar salvá-los dos outros Celestiais. Curiosamente, os Skrulls que conhecemos hoje são a variante Deviante dos habitantes originais de seu planeta. Ao contrário da Terra, os Skrulls Eternos foram perseguidos e aniquilados por seus rivais.

Imagem de capa do item

A família espacial

Por conta de algumas intrigas e discussões internas, os Eternos se fragmentaram em dois grupos distintos. Um dos grupos manteve-se na Terra (e incluem os que mencionamos no item anterior). Já o outro migrou para o espaço e se instalou em Titã, uma lua de Saturno. Esses Eternos eram liderados por Cronos.

Uma vez afastados de seus familiares terrenos, os Eternos de Titã passaram a prosperar, em um ambiente livre dos Deviantes e da miséria, e criaram uma civilização próspera e quase perfeita, que só foi ameaçada com o nascimento de um certo...

Imagem de capa do item

Titã Louco

Filho do Mentor e neto de Cronos, além de ser irmão de Starfox, o nosso temido Titã Louco, Thanos também pertence à raça dos Eternos, mas de uma forma diferente. Vale lembrar que os Eternos de Titã nunca tiveram seus próprios Deviantes, mas a natureza sempre encontra um jeito...

Thanos nasceu com o que se chama de Síndrome do Deviante, o que lhe garantiu um rosto deformado e uma mentalidade muito instável. Foi justamente isso que o colocou no caminho da maldade, de forma que ele matou sua própria mãe e se tornou o primeiro assassino de Titã, trazendo uma era de malícia para seu lar.

Imagem de capa do item

Eternos ou Deuses Gregos?

Quanto aos Eternos que permaneceram na Terra, eles acabaram, graças aos seus poderes, sendo confundidos com os deuses do panteão greco-romano. Após algumas conversas, o líder da raça, Zuras, traçou um acordo com Zeus, e eles chegaram a assumir o lugar das divindades por um tempo.

Zuras mudou o nome de sua filha (de Azura para Thena), como parte do acordo fincado. Logo, vários deuses seguiram seu exemplo, e assumiram a identidade de outras divindades. Os Eternos também passaram a habitar Olímpia, um local análogo ao Monte Olimpo, onde viviam como deuses, de fato, e eram cultuados pela civilização.

Imagem de capa do item

Ressurreição

Embora Jack Kirby tenha concebido esses personagens e dado a eles suas fases mais memoráveis e icônicas, deixo aqui uma sugestão para quem quiser ler algo mais atual dos Eternos, e que envolve um dos escritores mais aclamados de todos os tempos: Neil Gaiman, ao lado do desenhista John Romita Jr.

Lançado de 2006 a 2007, em sete edições, o terceiro volume de Eternals é a história perfeita para quem quer conhecer a equipe em uma abordagem mais modernizada, ainda que todos os conceitos clássicos dos personagens estejam lá. A partir dessa fase, a equipe ganhou uma popularidade mais acentuada, ainda que atualmente tenham voltado ao esquecimento. O título foi recentemente publicado pela Editora Salvat no Brasil, e ainda pode ser encontrado em algumas livrarias.

Imagem de capa do item

Filme?

Recentemente, em um rumor descoberto pelo Bleeding Cool, algumas fontes sugerem que a Marvel Studios já está desenvolvendo um filme próprio da equipe, que por sua vez, deve ser anunciado muito em breve - possivelmente após os eventos de Vingadores: Guerra Infinita. E embora isso pareça uma escolha improvável, há motivos para acreditar no assunto.

Em primeiro lugar, com a apresentação de Thanos e suas origens, é possível que os Eternos sejam mencionados de alguma forma, o que levaria a um filme desses personagens. Além disso, por terem traços em comum com os Inumanos, eles podem ser uma segunda tentativa da Marvel em cima desse conceito, após o absoluto fiasco da série do grupo.

Imagem de perfil
Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Demon to some... angel to others (ele/dele) || @gus_fiaux