Capa da Publicação

Mantis, dos Guardiões da Galáxia, ganha novo visual em HQ da Marvel

Por Leo Gravena

A Marvel alterou o visual da Mantis nos quadrinhos. A personagem, que é uma membro clássica dos Guardiões da Galáxia já mudou de aparência diversas vezes ao longo dos anos, mas agora ela está bem mais parecida com sua versão nos filmes do Universo Cinematográfico da Marvel.

A nova versão será apresentada em Marvel’s Voices: Identity #1, que traz quatro histórias antológicas em homenagem ao mês da cultura ásio-americana e do Pacifico, escritas e desenhadas por pessoas que fazem parte desta comunidade. Ao total, serão quatro histórias diferentes, focadas em Shang-Chi, Ms. Marvel, Wong, Mantis e Jimmy Woo e tanto na capa da revista, quanto na prévia da história de Mantis, podemos ver que a personagem não possui mais sua pele verde, e agora está “rosa” como sua versão nos filmes de James Gunn.

Confira a capa e a prévia abaixo:

Capa de Marvel’s Voices: Identity #1 , por Creees Lee & Romulo Fajardo Jr.

Arte interior de Marvel’s Voices: Identity #1, por Kei Zama

Como é possível notar, a personagem agora está com a pele rosada, semelhante à sua versão dos filmes, na qual é interpretada por Pom Klementieff, e não mais verde. Nos quadrinhos, a personagem nasceu no Vietnã e foi alterada geneticamente pelos Sacerdotes de Pama, um subgrupo dos Kree que acreditavam que ela seria a Madona Celestial, Mantis foi treinada desde cedo nas artes marciais e, ao ter sua genética modificada, recebeu dons telepáticos e empáticos.

Nos quadrinhos mais recentes da Marvel, a Mantis teve um papel importante na saga “Impéryo”, ajudando os heróis da Marvel a enfrentar os Cotati, que planejavam dominar o universo, e até mesmo lutando contra seu antigo namorado, o Espadachim, e seu filho, Quoi.

Visual de Mantis em Impéryo. Arte de Valerio Schiti.

E ai, o que achou do novo visual da Mantis nos quadrinhos? Não deixe de comentar!

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."