Capa da Publicação

Luke Cage: Disney+ remove tributo a Reg E. Cathey e criador da série fica indignado

Por Arthur Eloi

Pouco após deixarem a casa original, as séries da Marvel originalmente feitas na Netflix se mudaram para o catálogo do Disney+. De início, houve suspeitas de que as produções sofreriam censuras para se adequar às diretrizes familiares da plataforma, mas as obras foram adicionadas quase intactas – tirando por algumas mudanças sem sentido.

Por algum motivo, a Disney removeu homenagens dos programas. Justiceiro, por exemplo, perdeu sua dedicatória a Stan Lee no final da segunda temporada. O mesmo ocorreu com Luke Cage, cuja segunda temporada foi dedicada para Reg E. Cathey, ator que viveu James Lucas – o pai de Luke Cage – no seriado e deixou sua marca na TV por The Wire, Oz e House of Cards antes de falecer em 2018, vítima de câncer.

Em ambos os casos, as dedicatórias nada mais eram do que mensagens escritas em uma tela preta, exibidas antes dos créditos finais de determinados episódios.

Viver o pai de Luke Cage foi um dos últimos papéis de Reg E. Cathey antes de sua morte em 2018

A decisão é estranha, já que a violência e o teor adulto das séries não foram tocados, mas homenagens discretas assim acabaram cortadas. Cheo Hodari Coker, criador de Luke Cage, não ficou quieto, e reclamou da mudança no Twitter:

Sério, pra quê isso? Reg E. Cathey era parte do coração e da alma da segunda temporada. Não nos sentimos obrigados a dedicar a temporada por ele ter morrido – e sim porque nós o amamos, e reconhecemos a força que ele tinha.

As mudanças soam ainda mais estranhas visto que, apenas alguns dias antes, a Disney também censurou cenas de violência de Falcão e o Soldado Invernal, mesmo após um ano da estreia. Nesse caso, a justificativa foi que um arquivo errado foi upado aos servidores por acidente. Quanto às homenagens apagadas, a empresa ainda não se explicou.

Seja como for, as séries da Marvel seguem em processo de migração da Netflix para o Disney+ – assine aqui. Resta saber se haverá outras alterações bizarras assim nas demais produções.

Aproveite e confira:

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117