Kang: Vilão encontra o seu maior adversário em nova HQ

Capa da Publicação

Kang: Vilão encontra o seu maior adversário em nova HQ

Por Junno Sena

Atenção: Alerta de Spoilers!

Kang, o Conquistador, se tornou um dos vilões mais temidos do Universo Marvel. Algumas vezes, sendo uma ameaça para si mesmo, as suas versões do multiverso sempre estão dispostas a serem ainda mais vilanescas do que a versão seguinte. Mas, existe uma constante para todos os Kang que pode ser fatal para o vilão: Ravonna, seu primeiro amor.

A princesa que ganhou o coração de Nathaniel Richards recebeu um destaque maior em Kang the Conqueror #5, escrito por Collin Kelly e Jackson Lanzing e arte de Carlos Magno. Nela, após o vilão tomar seu lugar no universo, ele conhece a “primeira” Ravonna.

Representando o último reino contra o futuro império de Kang, essa versão da princesa também foi uma das que genuinamente amou Nathaniel. Apenas para sua vida pagar o preço por essa decisão. Nessa quinta edição da série, Kang, cansado de ver Ravonna o rejeitar ou morrer, decide unir a alma de sua amada através da linha do tempo.

A atitude, que custou grande parte de seu poder, gerou incontáveis versões da personagem através do tempo, o possibilitando tentar encontrar uma que o amasse de fato. Porém, o que correu como planejado também deu vida ao seu maior adversário já criado, Terminatrix.

Encontros de Kang com Ravonna

Capa de Kang The Conqueror #5

Introduzida pela primeira vez em 1992 por Peter Sanderson e Rich Yanizeski, essa versão da Ravonna viveu uma vida idêntica a do primeiro encontro de Kang com a princesa no século 40. Enquanto a história dela terminaria com sua morte, a recente manipulação temporal do vilão adicionou um novo capítulo para a mesma.

Terminatrix enfrenta Kang no mesmo momento que o encontra. Seu embate termina com ela se sacrificando em busca de destruir a cidade Chronopolis, regida pelo vilão. “Eu nunca tive a chance de ser livre de você. Mas talvez uma delas consiga”, diz Ravonna nos seus últimos momentos.

Mesmo que o sacrifício dessa versão não tenha destruído Kang, uma parte do império de Nathaniel colapsou. Além disso, mostrou a grande fraqueza dele. O destino de Ravonna ao se encontrar com Kang sempre está fadado ao fracasso. Mesmo quando a personagem passa a amá-lo, ou ela morre ou tenta destruí-lo com as próprias mãos.

Ao procurar uma versão melhor de si mesmo e uma de Ravonna que o agrade, o vilão ficou cara a cara com as consequências de suas ações. E isso lhe custou caro.

Agora, no Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), talvez poderemos ver um pouco do desenrolar dessa história de amor. Na série Loki, Ravonna foi interpretada por Gugu Mbatha-Raw, a chefe da AVT que com certeza dará mais as caras no futuro de Kang, que é interpretado na série por Jonathan Majors.

Leia também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.