Capa da Publicação

Kang, o Conquistador: Conheça as versões do vilão da Marvel nas HQs

Por Leo Gravena

Um dos maiores vilões da Marvel nos quadrinhos, muitos fãs estão bastante ansiosos para ver Jonathan Majors como o Kang, o Conquistador no Universo Cinematográfico da Marvel, contudo, o vilão como o conhecemos dos jogos, desenhos animados e quadrinhos deve aparecer somente em Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, que chega aos cinemas em 2023.

Ainda assim, com Loki abordando o conceito de variantes é interessante pensar em Kang, que nos quadrinhos possui diversas versões diferentes de si mesmo. Porém, suas principais representações são bem diferentes das variantes de Loki.

Enquanto a série apresenta as “variantes” como versões de universos alternativos, nos quadrinhos as principais versões de Kang são ele mesmo, porém em tempos diferentes de sua linha do tempo. Aqui vamos explicar as principais versões do Kang “original”, que é o alter-ego de Nathaniel Richards da Terra-6311.

Confira as versões:

Kang, O Conquistador

A versão mais conhecida do personagem apareceu nos quadrinhos da Marvel em 1964, na oitava edição da HQ dos Vingadores, criado por Stan Lee e Jack Kirby. Logo após sua estreia, ele se tornou um dos principais inimigos da equipe e um dos vilões mais temidos do Universo Marvel.

No entanto, é importante explicar que ele já havia sido apresentado um pouco antes, em Quarteto Fantástico #19, de 1963. Mas na revista ele era o Faraó Rama-Tut, uma de suas várias alcunhas e alter-egos ao longo do tempo.

O personagem é um viajante no tempo que assumiu o manto de “Kang, o Conquistador” após fazer várias viagens e, em uma delas, acabou indo muito no futuro e descobrindo um mundo completamente desolado e cheio de violência. Ele conseguiu conquistar esse período no tempo e desde então passou a viajar no tempo e entre universos para ter domínio total da história.

Desde sua criação, Kang apareceu em diversos momentos do Universo Marvel, enfrentando não apenas os Vingadores, como o Quarteto Fantástico, os X-Men e vários outros heróis e equipes.

Immortus

Immortus surgiu nos quadrinhos em Vingadores #10, de Stran Lee e Don Heck, sendo um problema para a equipe, tentando até mesmo impedir que eles se unissem em algumas histórias. Essa é uma versão mais velha de Kang, o Conquistador, que não ligava mais para seu gigantesco império.

Dessa forma, ele passou a mexer com seu próprio passado, por vezes se juntando e em outras atrapalhando Kang em suas empreitadas contra os heróis da Marvel. Sempre preocupado com seu envelhecimento, ele passou a habitar o Limbo, uma dimensão na qual o tempo não se passava.

Kang estava destinado a se tornar ele até o fim da saga Avengers Forever, na qual os Guardiões do Tempo, de forma não-intencional, separaram os dois, fazendo com que Kang e Immortus se tornassem entidades separadas.

Rapaz de Ferro

Aparecendo pela primeira vez em Jovens Vingadores #1 de Allan Heinberg e Jim Cheung, o Rapaz de Ferro é uma versão adolescente de Kang, O Conquistador, que passa boa parte de seu tempo tentando não se tornar o vilão.

Nos quadrinhos, quando Kang surge para salvar o jovem Nathaniel e tenta o convencer a se tornar Kang mais cedo dentro de sua linha do tempo, o garto fica horrorizado com seu futuro e utiliza a tecnologia do vilão, viajando para o Século 21 e se juntando aos Jovens Vingadores na esperança de mudar seu destino.

Ainda assim, em Vingadores: Cruzada das Crianças, quando perde Cassie Lang no meio da batalha, ele começa a usar sua habilidade de viajar no tempo para tentar mudar o destino da heroína e, segundo seus colegas de equipe, o colocando no caminho para – eventualmente – se tornar Kang, o Conquistador.

Rama-Tut

A primeira identidade de Nathaniel Richards, este é o nome que o viajante no tempo utiliza quando escapa de sua sociedade e cai acidentalmente no antigo Egito. Após se recuperar dos ferimentos causado pela queda, ele consegue dominar todo o Egito com seu exército robótico e então passa a utilizar o nome de Rama-Tut.

Na primeira história em que ele aparece, ele captura o Quarteto Fantástico, porém após uma grande luta, a equipe de heróis consegue derrotar o vilão.

Após sair desse tempo, ele se torna Kang, o Conquistador, porém volta a usar a identidade quando decide se “aposentar” um tempo depois, inclusive ajudando os Vingadores a derrotar uma versão antiga sua que tentava capturar a Madona Celestial. Após isso, ele decide se render ao destino e quase se torna Immortus, porém muda de ideia de volta a ser Kang quando descobre que sua versão mais velha é controlada pelos Guardiões do Tempo.

Senhor Gryphon

Devido a um problema no fluxo temporal, Kang, O Conquistador foi dividido em duas versões diferentes de si mesmo. Uma dessas acabou ficando preso no Século 21, ficando preso nessa era por causa de uma “barreira temporal”. Como ele não queria ter que esperar dois séculos para poder voltar para seu tempo original, essa versão de Nathaniel Richards decidiu criar sua própria dinastia.

Sob o disfarce de “Senhor Gryphon”, ele se tornou um grande empresário e o CEO da Qeng Enterprises, chegando a adquirir a Torre Stark nos quadrinhos. Como vilão, ele tentou ajudar os chitauri a invadir Nova York e se aliou ao Equinox lutando contra os Vingadores e controlando mentalmente o Visão. Ele foi derrotado quando a Thor conseguiu usar a versão do presente e do passado do Mjolnor para mandá-lo para fora da linha temporal.

Centurião Escarlate

Uma versão de Kang após ele se tornar Rama-Tut e antes dele ser “O Conquistador”, o Centurião Escarlate surgiu quando Nathaniel Richards ficou preso no Século 20/21 junto dos Vingadores. Nesse momento, ele passa a utilizar um traje inspirado pelo Doutor Destino e atormenta os Heróis mais Poderosos da Terra de outra realidade, fazendo com que duas versões da equipe de realidades diferentes lutassem.

No fim, devido a outra “divisão temporal” duas versões do personagem foram criadas, uma que ficou em um universo alternativo e se tornou um vilão do Esquadrão Supremo, e outra que ficou na Terra-616, lutando (e perdendo) contra os Vingadores.

Outras versões:

Victor Timely

Essa versão de Kang se estabeleceu em uma pequena cidade chamada Timely durante 1901 e se tornou o prefeito de lá, tentando transformar o local em sua base no século 20. Por lá ele também se tornou “amigo” do jovem Phineas Horton, dando algumas ideias para ele que fez com que ele acabasse criando o Tocha Humana original, que era um androide.

Kid Immortus

Após o Rapaz de Ferro decidir voltar no tempo para tentar salvar Cassie Lang, ele decide se tornar um vilão e começa a pesquisar mais sobre seu destino. Tentando derrotar suas versões futuras, Nathaniel se torna o Kid Immortus. Essa versão, contudo, apareceu apenas na HQ da Fundação Futuro, trabalhando junto de Ravonna e tentando impedir que o Doutor Destino se unisse a Kang e Annihilus no futuro.

Doutor Destino

Durante a saga “Kang War”, vemos os Vingadores tentando atacar Kang em um momento no qual ele ainda está fraco e não chegou ao ápice de seu poder. Ali, vemos uma versão do personagem da Terra-6311 – ou seja, da linha do tempo de Kang – que possui o mesmo visual e poderes do Doutor Destino. Contudo, ele não tem mais participações além de um breve momento na revista.

Mais sobre Kang, o Conquistador

Começando como um jovem muito inteligente do Século 31, Nathaniel Richards nunca consegue fugir de seu destino, se tornando o Rapaz de Ferro; o faraó egipcio Rama-Tut; o ditador inspirado pelo Doutor Destino, Centurião Escarlate; o vilão do Século 40, Kang, o Conquistador e o também o guardião do tempo chamado Immortus.

Ainda assim, existe muito mais do personagem, como o fato de que em uma realidade alternativa Sue Storm, a Mulher-Invisível, assume o manto de Kang. Além de várias outras curiosidades que você pode ler sobre na lista abaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."