Capa da Publicação

Game of Thrones: Maisie Williams conta que teve sentimentos conflitantes com Arya Stark durante a série

Por Chris Rantin

Por mais que o final de Game of Thrones tenha dividido a opinião dos fãs, é inegável o impacto que a série teve na cultura pop. Mas esse sentimento agridoce com o seriado também fez parte do elenco. Em uma nova entrevista, Maisie Williams, a Arya Stark, afirma que se ressentiu com sua personagem ao longo do seu crescimento e que tem sentimentos conflitantes sobre o projeto do qual fez parte.

Em uma conversa com a GQ UK, Williams ressalta como Game of Thrones foi uma das coisas mais incríveis da sua vida, entretanto, ela não sente falta de nada da série.

“Eu não acho que é saudável [sentir saudades], porque eu amei isso,” conta. “Eu olho para isso com tanto carinho e com muito orgulho. Mas porque eu iria fazer com que eu me sentisse triste sobre uma das coisas mais incríveis que já aconteceram comigo? Eu não quero associar isso com sentimentos de dor.” 

Ainda falando sobre sua experiência na série, Williams revela que, durante seu amadurecimento enquanto mulher, ela se ressentiu com Arya Stark. De acordo com a atriz, sua própria identidade conflitava com a personalidade e aparência de Arya, o que fez com que o mundo esperasse que ela fosse como sua personagem. Com isso, a maneira que ela poderia se expressar no mundo real foi bastante limitada.

“Eu acho que quando eu comecei a me tornar uma mulher, eu me ressenti com a Arya porque eu não podia expressar quem eu estava tornando,” aponta Williams. “E então eu também me ressenti com o meu corpo, porque eu não estava alinhada com a parte de mim que o mundo celebrava.” 

Maisie Williams como Arya Stark em Game of Thrones.

Maisie Williams começou a interpretar Arya aos 12 anos de idade, sendo este o primeiro trabalho como atriz, continuando no projeto até os seus 20 anos. Fora da série, ela ficou conhecida por seu interesse em moda, explorando diferentes estilos em ensaios fotográficos e desfiles.

Em GOT, Arya era conhecida por sua aparência mais masculina, se distanciando da feminilidade associada com Sansa Stark (Sophie Turner). Diferente da maioria das outras mulheres da série, a personagem não usa vestido ou joias, preferindo roupas em cores discretas e com muita mobilidade, que permitiam que ela utilizasse suas técnicas de combate.

Questionada se retornaria em uma série derivada como Arya Stark, Maisie Williams explica que teria que ser no projeto certo.

“Eu não estou dizendo que isso nunca aconteceria, mas eu também não estou dizendo nesta entrevista algo que soe como ‘A série derivada [da Arya] está acontecendo!’ Porque não está,” ressalta Williams. “Teria que ser no tempo certo e com as pessoas certas. Tem que ter o contexto certo de todos os outros projetos derivados e do universo de Game of Thrones. Tem que ser o tempo certo para mim.” 

Será que algum dia veremos a atriz de volta ao universo de Game of Thrones? Só aguardando para saber.

Vale lembrar que, em breve, veremos House of The Dragon, o primeiro spin-off de GOT, que contará uma história 300 anos antes dos eventos da série. A produção tem o lançamento previsto para 21 de agosto de 2022. Outras seis séries derivadas estão em desenvolvimento.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Chris Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Instagram e Twitter: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"