Fãs da DC criam campanha para boicotar a Warner Bros.

Capa da Publicação

Fãs da DC criam campanha para boicotar a Warner Bros.

Por Leo Gravena

Uma nova campanha para “boicotar” a Warner Bros. começou a ser feita por fãs da DC e do Universo Estendido da DC nos cinemas, usando a rede social para expressar sua insatisfação com o estúdio.

Usando a hashtag #BoycottWB (BoicoteWB em tradução livre), esses fãs expressaram sua raiva contra vários assuntos diferentes ligados à DC e Warner Bros; citando principalmente o tratamento de Ray Fisher pelo estúdio, e a saída de Zack Snyder e de Ben Affleck desse universo.

Entre diversos tuites, foram citados os fatos de Ray Fisher ter tido seu papel em The Flash cortado, Ben Affleck abandonando o papel de Batman, as polêmicas envolvendo o “Snyder Cut” e até mesmo o Esquadrão Suicida de David Ayer (via CBR).

Já outros fãs ficaram irritados com como seus heróis favoritos da DC tem sido tradados nos filmes pela Warner Bros., acusando o estúdio de não estar dando aos fãs o que eles querem.

Confira alguns tuites abaixo:

“Triste, mas real”

“#BoicoteWB por ter afastado Ben Affleck #RestaureoSnyderverso”.

“Aprove Liga da Justiça de Zack Snyder Parte 2 e 3 para os fãs e #RestaureOSnyderverso. Mostre que você se importa com os fãs que sempre foram leais até agora. Eu não vou investir mais meu tempo e dinheiro até o Zack voltar em bons termos. #BoicoteWB”.

“Eu nunca vou apoiar um estúdio que demite um artista porque ele falou contra o racismo no ambiente de trabalho. #BoicoteWB”

Outro fator importante na decisão de começar a hashtag foi que Geoff Johns foi confirmado em um novo evento da DC nos quadrinhos. Segundo Ray Fisher em seu twitter e várias declarações anteriores, o produtor e escritor foi responsável por exibir diversos comportamentos racistas direcionados à ele durante as regravações de Liga da Justiça. 

 

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
Escrevo sobre cultura geek na internet desde 2012
"Don't look back -- the past is exactly where it belongs."