Capa da Publicação

Escudo do Capitão América tem uso secundário que foi usado poucas vezes nas HQs

Por Jaqueline Sousa

O escudo do Capitão América é um dos itens mais emblemáticos do universo dos super-heróis. Feito da mistura entre Vibranium e Adamantium, o objeto já salvou a vida de Steve Rogers diversas vezes por causa de sua versatilidade. Agora, um uso deste icônico elemento, que não é muito conhecido entre o público, veio à tona com o lançamento de Capitão América #0.

Escrito por Tochi Onyebuchi, Jackson Lanzing e Collin Kelley, e ilustrado por Mattia de Iulis, a HQ Capitão América #0 “apresentou” essa utilidade do escudo durante um momento onde Rogers e Sam Wilson, que também assumiu o manto do Capitão América nos quadrinhos, precisavam sair de uma enrascada.

Após caírem de um foguete, Steve posiciona seu escudo embaixo dos pés, usando-o para reduzir a força de seu pouso. A ação funcionou quase como um paraquedas reverso, impedindo com que a queda se tornasse mortal.

Pode parecer algo inovador, mas não é a primeira vez que o Capitão América utiliza o escudo dessa forma. Em Vingadores #16, de 2010, escrita por Brian Michael Bendis, o personagem usou a mesma tática para salvar Sharon Carter (e ele também) depois que a dupla foi jogada para fora da janela de um castelo. Graças ao escudo, Steve conseguiu fazer com que os dois não batessem em uma parede, salvando suas vidas (via Screen Rant).

Capitão América usando o escudo como "amortecedor" nos quadrinhos.

O Capitão América já utilizou o escudo embaixo dos pés para amortecer quedas e salvar a própria vida, assim como de outras pessoas.

Certamente, tal uso do objeto, apesar de não aparecer tantas vezes nos quadrinhos, é uma ótima maneira de Steve Rogers, e agora Sam Wilson, conseguirem se livrar de alguns problemas difíceis por aí.

O que você achou desse uso para o escudo do Capitão América? Não deixe de comentar!

Aproveite também:

Imagem de perfil
sobre o autor Jaqueline Sousa

Jornalista. Apaixonada por cinema, música e literatura. | @jqlnsss