Capa da Publicação

Doutor Estranho: Após morte do herói, nova Feiticeira Suprema estreia em prévia de HQ

Por Junno Sena

Doutor Estranho está morto. Não é recente o anúncio da morte do personagem, muito menos de que quem tomaria seu lugar como Feiticeiro Supremo do Universo Marvel seria a ex do herói, Clea, mas agora, estreia da personagem é oficial e está próxima. Com direito a se mudar para o Sanctum Sanctorum, Clea terá grandes desafios pela frente.

E boa parte deles estarão atrelados ao seu passado, de acordo com o roteirista Jed MacKay. Sobrinha de Dormammu e habitante da Dimensão Sombria, ela foi apresentada pela primeira vez em Strange Tales #126, em novembro de 1964. Sendo chamada apenas de “mulher cativa”, ou “a misteriosa garota de cabelos prateados”, demorou até que fosse revelada a relação familiar com o arqui-inimigo do Doutor Estranho.

Entre se tornar aprendiz de Stephen e até ter mantido um relacionamento amoroso com o feiticeiro por um tempo, Clea é um dos pilares das histórias de Stephen Strange. Servindo muitas vezes como um paralelo místico em relação a visão cética do médico, o novo arco da personagem promete mudar o status quo de Feiticeiro Supremo.

“Stephen se manteve no papel de Feiticeiro Supremo por anos, mas essencialmente, ele se entendia como um médico. A escala mudou e os pacientes se tornaram todo o mundo, mas ele estava aqui para consertar, curar, ajeitar as coisas”, explicou MacKay. “Clea, por outro lado, vem de uma linhagem de conquistadores e suas visões do que é correto serão postas diante desse parâmetro. Ela nem ao menos é uma residente da Terra, mas uma rainha alienígena e poderemos ver como isso influencia sua posição como Feiticeira Suprema”.

Uma das capas variantes de Strange #1

Desde a sua criação, essa é a primeira vez que Clea protagonizará um título da Marvel. A motivação para isso pode estar relacionada a Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. Não há indícios de que Stephen morrerá no filme, mas há especulações de que Clea será introduzida na trama como uma variante de Christine Palmer, interpretada por Rachel McAdams.

Aproveite e continue lendo:

Imagem de perfil
Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ. Ele | Elu