Capa da Publicação

Doutor Estranho 2: Entenda as cenas pós-créditos do filme da Marvel

Por Arthur Eloi

Atenção: Alerta de Spoilers!

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura finalmente chegou aos cinemas e, como de costume nos filmes da Marvel Studios, há cenas pós-créditos. Se você pretende assistir, lembre-se de ficar na sala – até para prestigiar os realizadores, claro.

Quantas cena pós-créditos Doutor Estranho no Multiverso da Loucura tem?

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura possui duas cenas pós-créditos. Se você não captou o que elas significam ou ficou curioso com o que acontece nelas, te explicamos tudo abaixo.

Cuidado com os spoilers, incluindo alguns conceitos que são explicados durante o filme.

Entenda a primeira cena pós-créditos de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Homem-Aranha: Sem Volta para Casa mostrou como é uma incursão

Ao longo do filme, um dos vários conceitos evidenciados pela crise no Multiverso são as Incursões. Quando um feiticeiro utiliza a magia do Darkhold (ou o Tomo Negro), abre a possibilidade de corromper sua realidade. Isso é ainda mais acentuado com a prática de Possessão Onírica, que consiste em assumir uma versão sua de outra realidade através do controle da mente.

Incursões nada mais são do que quando duas realidades entram em colapso, ameaçando a destruição de ambas ao mesmo tempo, assim como acontece nos momentos finais de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa.

Na primeira cena pós-créditos de Multiverso da Loucura, vemos Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) caminhando pelas ruas de Nova York. Um portal roxo se abre, e vemos uma personagem inédita pulando dele para avisar que o Doutor Estranho causou uma incursão em sua realidade, e que precisa ajudá-la. A mulher, de roupas e maquiagem roxa, é vivida por Charlize Theron, conhecida por interpretar Furiosa em Mad Max: Estrada da Fúria (2015).

Clea Strange é sobrinha do Dormammu, par romântico de Stephen Strange nas HQs e até Maga Suprema na fase atual da Marvel Comics

Mas quem é essa personagem? Se trata de Clea, uma personagem recorrente das HQs do Mago Supremo, apresentada em 1964. Ela é sobrinha de Dormammu, que foi vilão do primeiro filme, e se torna interesse romântico de Strange nos quadrinhos. Inclusive, em uma fase recente da Marvel Comics em que o Doutor Estranho morreu, é Clea que assume o manto de Maga Suprema.

A dupla é vista entrando em um portal, mas ainda não há indício de qual universo eles tentarão resgatar, de qual ameaça e nem quando isso acontecerá. O filme apenas promete que o Doutor Estranho retornará, eventualmente.

Entenda a segunda cena pós-créditos de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura

Segunda cena pós-créditos retoma piada envolvendo Doutor Estranho, America Chavez e um vendedor de pizza

Se você ficou na sala até a conclusão dos créditos, pode acabar se decepcionando ao descobrir que se trata apenas de uma piada. No caso, é a continuação de um dos mais divertidos momentos do longa.

Durante uma expedição para uma versão futurista de Nova York, Stephen Strange e America Chavez (Xochitl Gomez) batem boca com um vendedor de bolas de pizza (que tem formato de sorvete), que foi roubado pela garota. Strange então conjura um feitiço que faz o pobre coitado ficar socando a própria cara por três semanas.

A cena pós-créditos mostra o fim desse período, em que o feitiço acaba e o vendedor cansado comemora euforicamente: “Acabou!”, brincando também com a conclusão dos créditos. O vendedor é interpretado por ninguém menos que Bruce Campbell, um dos colaboradores mais antigos do diretor Sam Raimi.

Bruce Campbell ao lado do diretor Sam Raimi; Os dois são amigos de infância e conquistaram o sucesso juntos com Evil Dead

Para os não-familiarizados, Bruce Campbell viveu Ash Williams em Evil Dead, a franquia de terror que lançou o nome de Sam Raimi. O primeiro filme saiu em 1981 e mudou o rumo do cinema de horror para sempre. Feito com baixo orçamento, o longa era surtado e violento ao acompanhar um grupo de amigos que, durante um feriado em uma cabana no meio do mato, encontrava um livro demoníaco, capaz de ressuscitar os mortos.

O único sobrevivente desse banho de sangue era Ash Williams, que gradualmente se tornou um verdadeiro herói canastrão. Após cortar a mão e colocar uma serra-elétrica no lugar, o personagem se tornou um dos maiores dos filmes de terror. Bruce Campbell virou queridinho dos fãs do gênero, e sua parceria com Sam Raimi se manteve ativa por todos esses anos.

Bruce Campbell tem participação em quase todos os filmes de Sam Raimi, incluindo a trilogia Homem-Aranha

De lá para cá, o ator deu as caras em quase todos os filmes do diretor – incluindo várias divertidas participações especiais na trilogia Homem-Aranha. Se você não se lembra, foi Bruce Campbell que apresentou o Teioso de Tobey Maguire ao ringue de luta no filme de 2002, corrigindo o nome do lutador de “Aranha Humana” para o Homem-Aranha.

Sam Raimi e Bruce Campbell são amigos desde criança, e os dois sempre foram apaixonados por comédia pastelão, como Os Três Patetas. Os filmes de Raimi sempre têm um elemento de tosqueira por conta disso, e a piada com o vendedor de pizza é justamente um desses momentos de humor físico.

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura já está em cartaz nos cinemas. O que você achou das cenas pós-créditos? Deixe nos comentários abaixo!

Aproveite e confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117