Capa da Publicação

Doutor Estranho 2: Elizabeth Olsen gostaria de dizer a fala mais icônica de Wanda nas HQs

Por Junno Sena

Elizabeth Olsen está chegando ao fim de seu arco iniciado com Guerra Infinita em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, mas os fãs e a atriz sabem que ainda existe muito que pode ser levado até as telas do cinema. Isso inclui uma das falas icônicas da Feiticeira Escarlate: “Chega de mutantes!”. Em entrevistas recentes, Olsen revelou que adoraria encarnar o papel de Wanda em Dinastia M, basta o roteiro pedir.

Com a personagem já tendo se envolvido no enredo “multiversal”, com direito aos seus filhos “falsos”, o maior empecilho para chegarmos nos eventos de Dinastia M ainda parece ser a formação gradual do Universo Cinematográfico da Marvel. A personagem foi incluída no MCU em 2015, mas só recebeu o nome de Feiticeira Escarlate no ano passado. Logo, a personagem promete percorrer um longo caminho até chegar lá.

“Sim, eu espero que sim… Estou animada para ainda mais crossovers no futuro”, disse Olsen em entrevista com HeyUGuys ao ser perguntada sobre Dinastia M e o futuro de Wanda. “Eu acho que esse filme abre muitas oportunidades com o Multiverso. Mas sim, as palavras imortais [‘chega de mutantes’], eu adoraria dizê-las, de alguma forma que funcione no MCU.”

Continuando, a atriz deixou claro que não sabe o que o futuro reserva, e só fala sobre o que gostaria de fazer:

“Eu nunca sei o que vai acontecer, então eu sempre estou só dizendo nessas entrevistas o que, para mim, é legal e soa bem. Não está no controle de ninguém além de Kevin Feige”, explicou Olsen.

Para chegar nesse ponto, porém, é necessário que haja mutantes nesse universo. Ainda assim, com a aparição de Patrick Stewart como Charles Xavier, parece ser apenas uma questão de tempo até sermos introduzidos a raça do Gene X.

Dinastia M se tornou uma das histórias mais intensas da Marvel, sendo responsável não só por dar um novo pontapé para a participação dos mutantes na editora, como também sendo capaz de abrir debates importantes ao redor de Wanda Maximoff. A história possibilitou que temas como sua depressão e até dilemas morais profundos passassem a ser mais discutidos nos quadrinhos.

Wanda decreta todo o destino dos mutantes em Dinastia M.

Na história, Wanda Maximoff muda toda a realidade, criando um mundo onde os mutantes são a maioria e os Maximoff são a realeza. Com o intuito de se manter com seus filhos para sempre, a Feiticeira Escarlate escolhe a dedo quem vive e quem morre. Porém, Wolverine se recorda da antiga realidade, e é então que o mutante entra numa luta contra todos e o tempo para reverter a situação.

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura promete trazer um pouco desses dilemas morais. Dirigido por Sam Raimi, o longa tem participação de Benedict Cumberbatch, Benedict Wong, Rachel McAdams, Chiwetel Ejiofor e Xochitl Gomez.

Aproveite e continue lendo:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.