Capa da Publicação

Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore tem média de aprovação no Rotten Tomatoes divulgada

Por Junno Sena

Entre polêmicas com sua autora e a saída de um dos atores principais do elenco, Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore finalmente chega aos cinemas. Com Eddie Redmayne, Jude Law e Erza Miller de volta, as primeiras reações do filme estão chegando e junto, a média de aprovação do Rotten Tomatoes.

Com 59% de aprovação da crítica, o que o classifica como um tomate podre, o novo longa da saga ganhou o lugar de segundo filme melhor avaliado da franquia Animais Fantásticos. Animais Fantásticos e Onde Habitam continua em primeiro lugar, com 74% de aprovação, enquanto Os Crimes de Grindelwald conseguiu apenas 36%.

Média de aprovação de Animais Fantásticos 3

No novo filme, seguimos Alvo Dumbledore contra Gellert Grindelwald, agora interpretado por Mads Mikkelsen. Incapaz de enfrentá-lo sozinho, Dumbledore se junta a Newt Scamander para liderar uma equipe de bruxos, bruxas e um padeiro trouxa em uma perigosa missão.

Entre as críticas no site, boa parte aponta como Animais Fantásticos continua tentando se destacar, mas permanece na sombra de Harry Potter:

“Três filmes e ‘Animais Fantásticos’ não consegue nem chegar perto de se tornar apenas uma nota de rodapé em comparação a saga de amadurecimento que foi Harry Potter”, disse Tim Grierson do Screen Daily.

Já outros críticos, viram na mudança de Johnny Depp para Mads Mikkelsen, uma oportunidade de encontrar uma atuação que condiz mais com o vilão Grindelwald.

“Mikkelsen adiciona uma nova camada de ameaça para os personagens, mas também sugere uma história de romance tórrido com Dumbledore”, explicou Kevin Maher, do The Sunday Times.

Cena de Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore

Por outro lado, nem todos se convenceram com o vilão Grindelwald. Para Siddhant Adlakha, do IGN Movies, o filme não se compromete com o que se propõe:

“É monótono e parece como se as pessoas envolvidas querem deixar a premissa mágica para trás, enquanto a franquia se nega a ter qualquer tipo de perspectiva adulta ou premissa política”.

Mas, os destaques continuaram para as atuações, como a de Jude Law. Allison Rose, do FlickDirect comentou que:

“Law reprisa o papel de um bruxo adulto muito antes de se tornar o diretor de Hogwarts e ele faz um trabalho maestral em interpretar um indivíduo sério que, ocasionalmente, lança um pouco de leveza para a trama”.

Porém, o que parece faltar na trama é uma narrativa que explique a existência do novo filme.

“Uma tentativa de fazer o navio ir pelo caminho certo fez com que se tornasse um desastre e agora, sem identidade, ele navega em círculos, tentando encontrar uma nova direção”, diz Charles Bramesco do Polygon.

“É difícil se importar com qualquer um dos muitos personagens de ‘Os Segredos de Dumbledore’ por que nenhum deles tem uma história própria”, disse William Bibbiani do The Wrap.

Com direção de David Yates e com Maria Fernanda Cândido no elenco, Animais Fantásticos: Os Segredos de Dumbledore chega no dia 14 de abril nos cinemas brasileiros.

Aproveite e leia também:

Imagem de perfil
sobre o autor Junno Sena

Pós graduando em Antropologia com o raio problematizador ligado no 120. Assiste filme trash para relaxar e dorme cantarolando a trilha sonora de A Hora do Pesadelo. Blaxploitation na veia e cinema coreano no coração. Atualmente mora em Petrópolis, RJ.