O que acontece no final de X-Men: A Série Animada?

Capa da Publicação

O que acontece no final de X-Men: A Série Animada?

Por Gus Fiaux

Não há para ninguém: os fãs dos Filhos do Átomo da Marvel até hoje se lembram com carinho de X-Men: A Série Animada, produção da década de 90 que foi ao ar pela Fox Kids. A animação reunia vários personagens clássicos da equipe mutante, como CiclopeWolverineTempestadeVampira Gambit, ao mesmo tempo em que fazia adaptações de arcos famosos dos quadrinhos, como Dias de um Futuro Esquecido A Saga da Fênix Negra.

Mesmo tendo um grande sucesso, ela acabou sendo finalizada cedo e muitos fãs gostariam de ver um retorno dessa produção no Disney+. Enquanto isso não acontece, chegou a hora de relembrarmos o que aconteceu na última temporada de X-Men: A Série Animada, caso você ainda não tenha visto todos os episódios dessa produção icônica da Marvel!

X-Men: A Série Animada foi ao ar de 1992 a 1996

O que foi X-Men: A Série Animada?

Tendo sido lançada no dia 31 de outubro de 1992 – e desenvolvida pela Marvel Entertainment Group junto com a Saban EntertainmentX-Men: A Série Animada foi, como o próprio nome diz, uma animação exibida pela Fox Kids. Na trama, seguimos um grupo de mutantes que precisa lidar com grandes ameaças ao mesmo tempo em que enfrentam o preconceito e a intolerância da humanidade.

A série teve, ao todo, cinco temporadas e 76 episódios, trazendo Jubileu como a “protagonista” que entra para a equipe e serve como o “ponto de partida” do público para esse universo. Aqui, conhecemos diversos personagens famosos da Marvel – e a equipe regular da série era composta por Tempestade, Wolverine, Jean Grey, Fera, Ciclope, Vampira Gambit, além do Professor X.

Ao longo das temporadas, tivemos vários arcos saídos diretamente dos quadrinhos – e cada ano da série trazia um tema particular. Por exemplo, a primeira temporada é focada nos Sentinelas e traz Dias de um Futuro Esquecido, enquanto a terceira mostra a morte e a ressurreição de Jean Grey e adapta fielmente a Saga da Fênix Negra. É válido lembrar que a animação se passa no mesmo universo que Homem-Aranha: A Série Animada.

A quinta temporada de X-Men: A Série Animada teve apenas 9 episódios.

Como X-Men: A Série Animada acabou?

Como já falamos anteriormente, a série não chegou a ser cancelada, diferente do que muitos acreditam. Na verdade, a Fox Kids chegou a encaminhar uma última leva de episódios para encerrar a trama e os arcos de seus personagens. Porém, por restrições orçamentárias, o quinto ano teve alguns problemas em seu desenvolvimento e teve arcos de animação feitos em vários estúdios diferentes – o que justifica a queda de qualidade da animação.

E diferente das demais temporadas, essa traz vários arcos isolados e soltos que não possuem muita conexão entre si, adaptando a história de Falange e também trazendo o vilão alienígena Akron. Mas o último episódio em si é uma despedida emocionante para os fãs dos mutantes, já que nele vemos Charles Xavier sendo atacado por Henry Peter Gyrich. O Professor X fica doente e então Moira MacTaggert e os X-Men tentam fazer algo para salvá-lo.

Porém, nada surte efeito. Ao fim, Lilandra e os Shi’ar chegam e oferecem a Charles a oportunidade se tratar em seu planeta natal. Os discípulos do mutante então se reúnem com Magneto e contam a ele o que aconteceu, e o Mestre do Magnetismo vai visitar seu amigo, deixando de lado a rivalidade entre eles. Ao fim, os mutantes dão adeus a Xavier na Mansão X, enquanto ele vai com Lilandra para o mundo dos Shi’ar.

A série continuou nos quadrinhos.

Adaptações e derivados

Esse último episódio se chama “Graduation Day” (ou “Dia de Formatura”) e foi exibido no dia 20 de setembro de 1997, colocando um fim na história. Porém, existem algumas continuações e derivados da história original – como, por exemplo, a HQ X-Men Adventures, que foi publicada de 1992 a 1997. Originalmente, a revista apenas trazia adaptações literais dos arcos da animação, com arte parecida com a do desenho.

Porém, quando o quadrinho mudou de nome em 1996 para Adventures of the X-Men, passamos a ter histórias originais que se passavam no mesmo universo da série animada. Infelizmente, essa fase durou pouco e a HQ acabou cancelada no ano seguinte, após o final da série. Contudo, a Marvel acabou “revivendo” a história da série animada vários anos depois, em 2015, como parte do evento das Guerras Secretas. 

X-Men ’92 servia como uma “continuação” da série animada, mostrando os mutantes se reunindo para lidar com o Gabinete dos Superpoderes, um órgão governamental criado para monitorar super-heróis e até reabilitar alguns vilões mutantes. Tudo isso começa depois que Magneto é morto, causando uma grande onda de rebelião. Assim, os X-Men precisam vigiar esses mutantes revoltados ao mesmo tempo em que lidam com ameaças ocultas do governo.

A HQ começou originalmente como parte do selo Warzones, que fazia parte das Guerras Secretas. Nesse sentido, ela era tratada como mais um mundo alternativo dentro do Multiverso da Marvel – e esses vários universos acabaram “colidindo” e se tornando parte de um único planeta durante as Guerras Secretas. Após o fim da saga, a trama continuou trazendo novas histórias originais. A HQ durou catorze edições e foi publicada de 2015 a 2017.

Continuação

Durante o Disney+ Day 2021, foi anunciado o lançamento de um novo revival da série animada. Com o nome de X-Men ’97, o programa será uma continuação da história do desenho, dando sequência exatamente de onde o original parou. Maiores informações sobre o projeto ainda não foram divulgadas, mas vale lembrar que a nova série será produzida pela Marvel Studios.

O logo da continuação da série

X-Men: A Série Animada está disponível no catálogo do Disney+.

Abaixo, veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux