Capa da Publicação

World of Warcraft: Blizzard defende mudanças controversas no jogo

Por Gus Fiaux

Nos últimos meses, a Activision/Blizzard se tornou o centro de uma grande polêmica no mundo dos games, depois que a empresa foi denunciada por várias ex-funcionárias por cultivar comportamentos de assédio, abuso e ‘cultura de fraternidade’, com o conhecimento pleno dos superiores, mas sem nenhuma medida para assegurar bem-estar e segurança para as vítimas. Depois disso, a companhia começou a fazer várias mudanças em seus jogos para contornar esse problema estrutural.

Um exemplo disso está em World of Warcraft. O jogo sempre foi conhecido pelas piadas de duplo sentido e pelas dinâmicas mais provocativas entre os usuários, tanto entre si quanto com a I.A. do jogo. Porém, foi anunciado que muitas dessas piadas e dos elementos de I.A. serão alterados para serem mais inclusivos, deixando de lado piadas de cunho ofensivo.

Tais alterações foram recebidas de forma polarizada pelos jogadores. De um lado, há quem aprecie a iniciativa da empresa de adequar seu produto para novas sensibilidades, mas há também quem tem criticado a Blizzard, dizendo que “isso não passa de besteira”. Em uma postagem oficial do blog da companhia, essas mudanças foram explicadas:

“Piadas bobas e tiradas de cunho sexual mais maduras são parte de WoW, e muito provavelmente sempre serão. Ainda assim, nós queremos nos manter conscientes de que certos elementos desse mundo são inclusivos para todos os jogadores. Em resumo, nós queremos que nossas piadas possam ser inclusivas e não ofensivas.”

A mudança será feita apenas em elementos que não foram comercializados. Roupas, cosméticos e outros itens que já foram adquiridos por jogadores serão mantidos, mas a ideia é melhorar elementos para que hipersexualização de personagens femininas e outros problemas de representação sejam discutidos.

Uma mudança grande será feita nas Súcubos do jogo.

post do site também confirma uma nova utilidade das Súcubos – agora, também teremos Íncubos (demônios sexuais masculinos) no jogo:

“Um exemplo da próxima atualização é a criação de um demônio íncubo, que iremos adicionar aos lugares onde as modelas súcubo geralmente aparecem. Estamos planejando também transformar o Íncubo em uma opção de glifo para Magos quando eles invocam essa classificação de demônio.”

As mudanças em World of Warcraft parece ser só mais uma entre as várias reformulações que a Blizzard está fazendo em suas políticas internas e seus jogos. Recentemente, foi anunciado que o McCree, de Overwatch, teria seu nome mudado – já que ele foi batizado em homenagem a um dos desenvolvedores da empresa envolvido em vários casos de assédio.

Abaixo, veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Gus Fiaux

Formado em Cinema e Audiovisual pela UFPE. Crítico, roteirista e mago nas horas vagas. Wouldst thou like to live deliciously? || @gus_fiaux