Venom 2: Filme dará novos poderes para o vilão Carnificina

Capa da Publicação

Venom 2: Filme dará novos poderes para o vilão Carnificina

Por Leo Gravena

Após ter várias mudanças em seu lançamento, tendo sido adiado várias vezes e recentemente adiantado, Venom: Tempo de Carnificina finalmente está próximo de ser lançado e agora, novos detalhes sobre o vilão do filme foram divulgados.

Em uma atualização no site oficial do longa, a Sony adicionou algumas “notas da produção”, que falam sobre a criação do filme e seu enredo. No meio das notas, a supervisora de efeitos visuais, Sheena Duggal, explica a criação do Carnificina e como ele recebeu novos poderes e um visual bem ameaçador.

Para o filme, a produção transformou todo o simbionte Carnificina em uma arma, tornando sua pele em algo parecido com arame farpado, cheio de lâminas e farpas. É dito que:

“Seus braços e pernas possuem a mesma prioridade que seus tentáculos. Ele é como o Homem Vitruviano. No fim, é como lutar com uma criatura que é feita de arame farpado e um arbusto silvestre – ele é perverso, poderoso e perigoso. Mesmo que ele apenas te bater com um tentáculo, ele está todo coberto em lâminas e farpas, você é preso nele e estraçalhado”. 

Carnificina no trailer da sequência de Venom. Vilão é interpretado por Woody Harrelson.

Duggal também explicou que durante o filme, veremos o Carnificina se adaptando e formando várias armas diferentes:

“Uma das ideias que tivemos para o Carnificina foi que ele iria evoluir durante o filme e criar suas próprias armas. Conforme ele se torna mais e mais poderoso, ele cria mais e mais armas, mais afiadas e perigosas – e sua forma humana se torna menos e menos aparente. Ele pode criar uma lança de sua coluna, puxar e então a lançar, e apenas cresce de volta. Ele pode criar outras armas ou ejetar elas como projéteis”. 

Até o momento Venom: Tempo de Carnificina está programado para chegar aos cinemas brasileiros em 14 de outubro.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."