Capa da Publicação

Tudo o que já sabemos sobre Star Wars: Bad Batch

Por Gabriel Mattos

Esta é uma semana muito especial para os fãs de uma galáxia muito distante. No mesmo dia que celebramos o Dia de Star Wars (4), temos a estreia da nova série animada da franquia no Disney+, The Bad Batch. E com isso, finalmente teremos a resposta para uma das maiores perguntas deste universo: por que o Império trocou a eficiência dos clones por Stormtroopers atrapalhados?

Do mesmo estúdio de Star Wars: The Clone Wars, a nova história irá acompanhar um grupo carismático de clones defeituosos buscando o seu lugar em um mundo dominado pelo nefasto Império Galáctico — os Malfeitos. Hora de descobrir tudo o que já sabemos sobre essa nova aventura cósmica de Star Wars.

Quem são os Malfeitos?

Os Malfeitos são as estrelas de The Bad Batch

Antes de mais nada, vamos conhecer os protagonistas de The Bad Batch. No final das Guerras Clônicas, houveram esforços para criar uma nova linha aperfeiçoada de clones que pudessem lutar com mais eficiência. Como resultado, temos um pequeno esquadrão de clones pouco parecidos com o seu doador original, Jango Fett, os Malfeitos.

Eles formaram a Força Clone 99, que recebeu este nome em homenagem ao clone defeituoso mais importante para os demais clones: um zelador que cuidava de todos na base de treinamento como se fossem da família. No final de The Clone Wars, mais um clone modificado acaba se juntando ao esquadrão e, atualmente, sua formação é a seguinte.

Hunter

Hunter, o líder

Hunter é o líder do grupo. Mestre estrategista, ele coordena as habilidades especiais dos Malfeitos para cumprir suas missões com o máximo de eficiência possível. Mas não é só isso: ele foi criado com sentidos especiais que o tornam o caçador perfeito. Graças a sua habilidade de sentir naturalmente frequências eletromagnéticas, ele nunca perde o seu alvo, seja uma fábrica de dróides ou um soldado dissidente.

Tech

Tech, o hacker

Tech acumulou todo o tipo de conhecimento, útil e inútil, e está mais que disposto a apresentá-lo sempre que preciso. Ele não só é capaz de reconhecer os inimigos e encontrar suas fraquezas, como também consegue se infiltrar em quase todo tipo de sistema de segurança.

Wrecker

Wrecker, os músculos

Wrecker é o músculo da equipe, capaz de levantar naves inteiras sem muita dificuldade. Tem mais desenvoltura em combate físico ou usando armas pesadas. Quando não está lutando, está sempre tirando sarro dos seus colegas. Seu senso de humor expansivo ajuda a tornar as missões mais leves.

Crosshair

Crosshair, o sniper

O Crosshair não sabe lidar com pessoas. É o mais contido, fica no seu canto, sem falar muita coisa. Quando fala, acaba soando meio rude. Mas na hora das missões, consegue atingir qualquer alvo sem muita dificuldade, não importa a distância. Funciona como o sniper do grupo, sem se envolver diretamente no combate caso tenha opção. Tudo indica que ele possa acabar traindo a equipe na série. Será?

Echo

Echo, a arma secreta

A mais recente adição do time, Echo era um clone comum que trabalhou junto com Ahsoka e o General Rex, mas acabou sofrendo torturas e outras modificações nas mãos dos Separatistas. Agora que não se encaixa mais com os comuns, entrou para os Malfeitos como sua arma secreta.

Quando se passa The Bad Batch?

Bad Batch mostra o início do Império

The Bad Batch acontece no período turbulento entre Star Wars: A Vingança dos Sith e Star Wars: Uma Nova Esperança. Este é um período de transição de poderes após o golpe militar que aconteceu com a Ordem 66 — temos o fim da República que é transformada gradualmente no novo Império Galáctico.

A nova série se encaixa bem no início dessa transição. O Império ainda não está plenamente estabelecido como a grande força que manda na galáxia e procura adaptar as instituições da República para funcionar ao seu favor. Na hora de reformular sua força militar, a rebeldia dos Malfeitos acaba se tornando um risco que precisa ser enfrentado.

O que assistir antes de Bad Batch?

Os Malfeitos foram introduzidos em The Clone Wars

A primeira aparição dos Malfeitos foi no arco introdutório da temporada final de Star Wars: The Clone Wars. Caso queira conhecer melhor os personagens, é interessante assistir os episódios “Os Malfeitos”, “Um Eco Distante”, “Nas Asas dos Keeradaks” e “Negócios Inacabados”.

Apesar de ter influências dos filmes, não é preciso assistir muita coisa para acompanhar a história de The Bad Batch sem ficar perdido. O enredo promete ser bem contido, sem exigir  muito conhecimento prévio, o que lhe torna um bom ponto de entrada para quem gosta mais do lado militar de Star Wars, sem muita influência dos Jedi.

Mas se você tiver tempo sobrando e quiser mergulhar mais a fundo na franquia, existem outras obras que você pode ficar de olho. Os filmes Star Wars: Ataque dos Clones e Star Wars: A Vingança dos Sith trarão um olhar mais amplo do contexto político da série. Também teremos a participação especial de uma personagem de The Mandalorian, mas sua aparição não parece impactar a compreensão da história principal.

Quais personagens de Star Wars estão confirmados?

Além de explorar mais a fundo a história dos Malfeitos, The Bad Batch irá contar com alguns veteranos da franquia. Personagens de diferentes épocas de Star Wars que acabaram cruzando o caminho desses clones que buscavam por redenção.

Tarkin

Tarkin está de volta

Com o passar dos anos, Tarkin se tornou uma das figuras mais temidas no Império, comandante final da Estrela da Morte e uma das poucas pessoas que conquistaram o respeito de Darth Vader. Mas aqui, veremos o início de sua carreira militar. Tarkin é quem está investigando os clones e decide que os Malfeitos não podem mais existir no Império. Promete ser o principal vilão da trama.

Saw Guerrera

O clássico revolucionário Saw Guerrera retorna

Saw é um dos maiores rebeldes independentes da franquia, tendo aparecido nas animações, no jogo Star Wars Jedi: Fallen Order e no filme Rogue One: Uma História Star Wars. Aqui, veremos o que aconteceu com ele depois da morte de sua irmã.

Fennec Shand

Fennec de Mandalorian

Fennec é uma caçadora de recompensas lendária em The Mandalorian que acaba trabalhando junto de Din Djarin e do Boba Fett. Ela aparecerá brevemente em The Bad Batch caçando os Malfeitos, muito provavelmente trabalhando junto ao Império.

Rex

Para os fãs de Clone Wars, Rex

Capitão Rex foi um dos amigos mais próximos de Ahsoka e lutou ao lado de Anakin Skywalker nas Guerras Clônicas. Ele é amigo pessoal de Echo, um dos integrantes dos Malfeitos, e também um dos poucos clones a escapar dos efeitos manipuladores da Ordem 66.

R2-D2

O droide mais amado, R2D2

O pequeno robô astromecânico R2-D2 aparecerá brevemente em Bad Batch. Não se sabe sua verdadeira função, mas é possível que apareça junto de Rex ou algum outro membro conhecido de The Clone Wars.

Quem é Omega?

A pequena Omega

Uma das novatas que chamou bastante atenção no trailer da série animada foi Omega. Envolta em mistério, ela parece ter atraído a simpatia dos Malfeitos e sua lealdade, uma vez que os brutamontes decidem protegê-la. Tudo indica que ela seja uma clone, a única clone feminina conhecida de Jango Fett, e provavelmente a última clone a ser produzida antes da tomada de Kamino pelo Império.

Duração e Estreia

Star Wars: The Bad Batch estreia dia 4 de maio

O primeiro episódio de Star Wars: The Bad Batch chega ao Disney+ no dia 4 de maio, com duração aproximada de 70 minutos, para celebrar o Dia de Star Wars. Novos episódios serão lançados toda sexta-feira, incluindo no dia 7 de maio. Isto mesmo, nesta semana de estreia teremos dois episódios.

Até o momento, foram confirmados 16 episódios de meia hora para a primeira temporada. Com isso, a série irá ao ar pelo menos até o dia 13 de agosto, mas é possível que esse período seja estendido.

Ansioso por essa enxurrada de Star Wars? O que você espera da série? Não deixe de comentar e que a Força esteja com você!

Conheça a ordem ideal para assistir os filmes de Star Wars:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Redator que joga mais Switch do que deveria e já leu todo o novo cânone de Star Wars, até os livros ruins. • @gabeverse