Capa da Publicação

Round 6: Criador revela o que gostaria de explorar na segunda temporada

Por Flávia Pedro

Após o grande sucesso da primeira temporada de Round 6, que se tornou a série mais assistida da Netflix, seu criador Hwang Dong-hyuk faz planos para uma possível segunda temporada, mesmo ela ainda não tendo sido confirmada.

Com o final em aberto da primeira temporada da série, onde acompanhamos a escolha do protagonista Gi-Hun de  não entrar no avião para os Estados Unidos para ver sua filha, percebemos que o mesmo ainda não conseguiu superar os traumas causados por tudo que sofreu durante os jogos.

Os personagens de Round 6.

Em entrevista ao THR, o autor fez comentários em relação a esse final, esclarecendo suas intenções por trás da escolha do protagonista e os propósitos para o fim da história, entre outras coisas (via CBR).

Sobre o final Hwang diz:

“É verdade que a primeira temporada terminou de uma forma indefinida, mas eu realmente pensei que isso poderia ser um bom encerramento para a história toda também.”

Sobre a escolha final que o autor escreveu para seu protagonista, ele explica quais foram suas interpretações por trás dela:

 “A primeira temporada termina com Gi-hun voltando e não entrando no avião para os Estados Unidos. E essa foi, de fato, minha maneira de comunicar a mensagem de que você não deve ser arrastado pelo fluxo competitivo da sociedade, mas que você deve começar a pensar em quem criou todo o sistema – e se há algum potencial para você voltar atrás e enfrentá-lo. Portanto, não é necessariamente Gi-hun voltando para se vingar. Na verdade, pode ser interpretado como ele fazendo contato visual direto com o que realmente está acontecendo no quadro geral. Então, pensei que poderia ser uma boa maneira simples, mas ambígua, de encerrar a história para Gi-hun.”

Mas e sobre a segunda temporada? Mesmo ainda não confirmada pela Netflix, o que o autor gostaria de abordar e quais histórias ele gostaria de desenvolver nessa segunda parte da trama? Sobre isso, Hwang afirma:

“Mas há algumas outras histórias na série que não foram abordadas”, continuou ele. “Por exemplo, a história do policial e a história de seu irmão, The Front Man. Então, se eu acabar criando a segunda temporada, gostaria de explorar esse enredo – o que está acontecendo entre esses dois irmãos? E então eu também poderia contar a história daquele recrutador de terno que joga ddakji com Gi-hun e lhe dá o cartão no primeiro episódio. E, claro, poderíamos seguir a história de Gi-hun quando ele voltar e explorar mais sobre como ele vai navegar em seu acerto de contas com as pessoas que estão projetando os jogos. Então, eu não sei ainda, mas direi apenas que há muitas possibilidades para as histórias da segunda temporada.”

Hwang está ciente do sucesso mundial da primeira temporada de Round 6, mas apesar de especular sobre os caminhos que a trama poderia seguir, o mesmo ainda não tem certeza se realmente quer realizar uma segunda temporada. O autor diz que, se for o caso de desenvolver uma continuação, gostaria de pegar as diversas opiniões e ideias dadas pelo público que gostou da história e transformar isso em uma fonte de inspiração. Ele finaliza dizendo:

“Eu poderia realmente extrair ideias de fãs de todo o mundo para criar a próxima temporada. Acho que é com isso que estou lutando agora – que não deveria apenas ver isso como uma enorme pressão, mas pensar em todo esse amor e apoio que estou recebendo como uma grande caixa de inspiração que posso aproveitar para a segunda temporada.”

Mas e você, já assistiu esse grande sucesso da Netflix? Gostaria que houvesse uma segunda temporada de Round 6? O que você gostaria de ver nessa possível continuação? Divide sua opinião com a gente nos comentários!

Não deixe de conferir também a nossa lista:

Imagem de perfil
sobre o autor Flávia Pedro

Historiadora formada pela UFF e apaixonada por cultura japonesa, animes, mangás, filmes... Criadora de conteúdo no instagram Anime Dicria, viciada em café e leitora de fanfics ruins nas horas vagas. Instagram: fllavia_pedro