Capa da Publicação

Round 6: Criador da série nega ter plagiado filme japonês

Por Evandro Lira

A produção sul-coreana Round 6, da Netflix, é a grande série do momento. Na trama, pessoas endividadas participam de jogos sangrentos para ganhar um grande prêmio em dinheiro. Mas o sucesso trouxe junto algumas consequências, e a série está sendo acusada de plágio (via NME).

As acusações giram em torno do filme japonês As The Gods Will (Kamisama no Iutoori) de 2014, onde um grupo de estudantes do ensino médio precisam jogar um game de sobrevivência, com diversas etapas. Internautas apontam que, para além da história, há diversas cenas de Round 6 quase idênticas às do filme.

Confira uma imagem que vem circulando pela internet, onde é possível ver comparações entre o visual do filme (direita) e o da série (esquerda):

Internautas comparam Round 6 com o filme ‘As The Gods Will’

Em resposta às acusações, o criador do programa, Dong-hyuk Hwang, afirmou que Round 6 não tem qualquer conexão com As The Gods Will, tendo a série, inclusive, sido pensada muito antes do lançamento do filme de 2014. Confira:

“É verdade que o primeiro jogo é semelhante, mas depois disso, não há semelhanças. Comecei a planejar Round 6 em 2008 e comecei a escrever o roteiro em 2009. Na época, já tinha decidido que o primeiro jogo seria Red Light, Green Light [brincadeira infantil da Coréia do Sul parecida com a brasileira Batatinha Frita].”

O artista, que também dirigiu os episódios de Round 6, não falou sobre as semelhanças apontadas em relação ao visual da série e do filme.

A primeira temporada de Round 6 ou Squid Games está disponível na Netflix.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira