Round 6: Adolescente é hospitalizado após tentar realizar desafio da Colméia de Açúcar

Capa da Publicação

Round 6: Adolescente é hospitalizado após tentar realizar desafio da Colméia de Açúcar

Por Melissa de Viveiros

Round 6 se tornou um dos maiores sucessos da Netflix, ganhando fãs de diversas idades ao redor do mundo. Como resultado, elementos da série vêm sendo reproduzidos pelo público, seja por meio de fantasias de Halloween inspiradas na série ou mesmo de tentativas de realizar as brincadeiras apresentadas na produção.

Uma dessas tentativas, no entanto, terminou de modo trágico quando um adolescente de 14 anos da Austrália tentou realizar o desafio da Colméia de Açúcar. De acordo com o Daily Mail, Aiden Higgie sofreu queimaduras de terceiro grau em sua perna, e precisou ser hospitalizado.

Na série, o desafio em questão consiste em fazer uma fina camada de um biscoitinho que dá nome à prova. Em seguida, os participantes precisariam destacar uma forma, que ia de desenhos simples como círculos à complexos como guarda-chuvas. Para serem vitoriosos, seria preciso conseguir isso sem que o frágil biscoito se quebrasse.

Desafio da Colméia de Açúcar na série.

Higgie se acidentou ao tentar fazer a Colméia de Açúcar utilizando uma receita do TikTok, que levou o garoto a misturar água, bicarbonato de sódio e açúcar em um copo de plástico. Isso fez com que o copo se desfizesse, como a mãe do garoto explicou:

“Ferveu a uma temperatura ridícula, e quando ele pegou o copo, ele explodiu em suas mãos.” Ela relatou. “Queimou a mão dele, e porque era açúcar e plástico derretidos juntos, escorregou por sua perna de seu joelho à sua panturrilha e grudou e continuou queimando e queimando e queimando. Se parecia com bala de caramelo e continuou queimando até os nervos.”

A reportagem afirma que o processo de cura do adolescente será bem longo, e ele precisará usar bandagens de compressão ao longo do próximo ano para se recuperar das queimaduras. Além disso, Higgie não foi o único a se ferir com o desafio. Outros dois jovens sofreram queimaduras relacionadas ao desafio e também foram atendidos no Westmead Children’s Hospital.

Desde seu lançamento, a popularidade da série foi acompanhada de controvérsia. Parte do público criticou o programa pelo uso de brincadeiras infantis de forma violenta, argumentando que os jogos atrairiam o interesse de crianças. Apesar disso, é importante notar que em momento algum a série foi vendida como apropriada para crianças e adolescentes, e que no Brasil ela conta com classificação indicativa para maiores de 18 anos.

Round 6 está disponível na Netflix.

Confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Editora. Graduanda em Letras na UFMG. Elfa noturna em Azeroth, Au'Ra em Eorzea, apoiadora da Casa Martell em Westeros, LoLzeira noxiana e grisha etherealki. Fã de coisas demais e sempre hiperfocada em algo diferente. || @windrunning_