Capa da Publicação

Por que o Thanos é roxo? Entenda o motivo por trás da aparência do Titã Louco

Por Melissa de Viveiros

Desde o lançamento de Vingadores: Guerra Infinita, os fãs do MCU tiveram muitas dúvidas sobre o principal antagonista da Saga do Infinito. Embora algumas questões tenham sido explicadas, como a história do planeta de onde ele vem, outras permanecem sem explicação nos filmes. Entre essas grandes perguntas, algumas das principais estão relacionadas à aparência de Thanos, questionando o porquê de o Titã Louco ser roxo, ou de seu queixo ser daquele jeito, principalmente após as sugestões de uma conexão com os Eternos.

Por que o Thanos é roxo?

Nas HQs, é contado que Thanos é parte da raça dos Eternos, que foram criados pelos Celestiais. Em geral, os Eternos tem uma aparência mais próxima à dos humanos, além de contarem com uma disposição predominantemente mais pacífica. Os Deviantes, que também são criação dos Celestiais, supostamente seriam uma raça “derivada”, cuja aparência era geralmente mais feia, com seu comportamento sendo mais voltado para a guerra. Após as alterações feitas pelos Celestiais, os Deviantes se tornaram uma raça com DNA desestabilizado, que resultava em mutações diversas. Os dois grupos contam com uma longa história de conflito, mas o Titã Louco torna essa animosidade um tanto complexa, já que conta com uma certa ligação com ambos os lados.

De modo simples, a justificativa para a aparência de Thanos é que o antagonista nasceu com a Síndrome Deviante. Apesar disso, ele não é um Deviante propriamente dito, já que nos quadrinhos é mostrado que seus pais, A’lars e Sui-San, ambos eram Eternos de Titã. Assim, ele é um Eterno que nasceu com o gene Deviante, que se manifestou nele por meio de sua aparência e de outras características físicas e habilidades do personagem.

Thanos atrás de Ikaris, um dos Eternos, em Eternals #1 (2021).

Por causa desse gene, ele é bastante diferente dos outros Eternos. Além de essa ser a justificativa para sua pele roxa e mais resistente, o personagem é muito maior que outros de sua raça, e possui outras características físicas muito superiores. Além disso, seu queixo peculiar é mais um traço resultante deste fato. Desse modo, apesar da semelhança da forma de seu queixo com o formato do rosto dos Skrulls, eles não possuem uma relação direta. Na realidade, o formato do queixo de Thanos parece ser apenas um traço comumente encontrado em raças que têm origem na experimentação dos Celestiais, o que também é o caso dos metamorfos.

Além dessas razões dentro da própria história, vale que houveram influências externas na criação do personagem, vindas da experiência de seu próprio criador, Jim Starlin. De acordo com ele, seu trabalho foi influenciado pelos quadrinhos dos Novos Deuses, de Jack Kirby. O criador de Thanos revelou ao CBR que sua maior inspiração inicialmente era Metron, mas foi instruído a adaptar Darkseid ao invés do personagem em que originalmente se baseava.

Thanos em sua aparição original (esquerda) ao lado da versão de Jack Kirby de Darkseid (direita).

Que outros impactos a Síndrome Deviante tem em Thanos?

Como explicado, possuir o gene Deviante levou a aparência de Thanos a ser como é, se distanciando muito dos outros Eternos de Titã. Esse, no entanto, não é o único resultado da mutação, que aumentou poderes que ele possuía naturalmente devido à sua raça. Como se não bastasse, o corpo dele passou por muitas modificações ao longo dos anos. Como é mostrado também por meio das filhas adotivas do Titã Louco, Nebulosa Gamora, ele é adepto às mudanças e melhorias cibernéticas, também contando com algumas melhorias em si próprio.

Em Aniquilação – Arquivos da Tropa Nova, um trecho sobre o personagem demonstra sua força e capacidades superiores às dos outros Eternos, descrevendo:

“Thanos possui poder sobrehumano incalculável e é o mais poderoso dos Eternos de Titã. Ele tem superforça imensa e é capaz de sintetizar energia cósmica, entre outras coisas, em força destrutiva. Ele não envelhece e parece ser invulnerável. Sua maior ferramenta, no entanto, possivelmente é seu intelecto sobrehumano que, no passado, ele dedicou à aniquilação de toda a vida.”

Thanos nos quadrinhos.

Ao mesmo tempo, em certos pontos ele possui habilidades iguais ou inferiores a alguns dos Eternos nos quadrinhos. Tal qual os outros integrantes da raça, o Titã Louco é imortal, sendo imune a doenças e infecções, além de não envelhecer. Por outro lado, apesar de mais resistente que os outros Eternos, seus poderes de regeneração não são tão desenvolvidos, já que ele não é capaz de regenerar qualquer tecido destruído.

Assim, a Síndrome Deviante pode ser considerada uma mutação, que levou Thanos a possuir uma aparência muito distante daquela vista em outros Eternos, mas que não tira dele características em comum com sua raça, como muitos de seus poderes. Na realidade, o que acontece é que, em relação à maior parte de seus poderes e características, o personagem é superior aos outros Eternos, sendo mais forte, resistente e poderoso.

Relembre os melhores momentos de Thanos no MCU com a lista abaixo:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Graduanda em Letras na UFMG. || What is infinite? The universe and the greed of men. || @windrunning_