Casa Gucci: Onde está Patrizia Reggiani nos dias de hoje?

Capa da Publicação

Casa Gucci: Onde está Patrizia Reggiani nos dias de hoje?

Por Jaqueline Sousa

O recente lançamento do filme Casa Gucci, de Ridley Scott, intrigou o público acerca do evento real no qual o longa se baseia: o assassinato de Maurizio Gucci, sucessor da Gucci, uma das grifes mais importantes do mundo da moda. O caso ganhou grande repercussão da mídia na época em que ocorreu, revelando, dois anos mais tarde, que a ex-esposa de Maurizio, Patrizia Reggiani, estava envolvida no crime.

Nas telonas, quem vive Lady Gucci (apelido que Patrizia ganhou) é a cantora e atriz Lady Gaga. Reconhecida por sua personalidade extravagante, Patrizia Reggiani fez parte da elite italiana, tornando-se uma das pessoas mais odiadas da Itália após ser condenada a prisão pelo assassinato de Maurizio Gucci. 

Mas por onde anda Patrizia nos dias de hoje? Reunimos aqui tudo o que você precisa saber sobre a viúva negra da moda!

Quem é Patrizia Reggiani?

Atualmente, Patrizia Reggiani tem 72 anos e vive com sua arara de estimação.

Luxo, riqueza e glamour. Três palavras que podem definir muito bem como era o dia a dia de Patrizia Reggiani quando ainda era casada com Maurizio Gucci. No entanto, o passado de Patrizia foi diferente do prestígio e conforto que conquistou, anos depois, no matrimônio. 

Nascida em 2 de dezembro de 1948, Patrizia cresceu em uma pitoresca cidade próxima de Milão, na Itália. Sua mãe trabalhava como garçonete e Patrizia não chegou a conhecer o pai biológico. As duas viviam em condições humildes, até que a mãe de Patrizia se casou com Fernando Reggiani, um empresário bem-sucedido no setor de transportes.

Não demorou muito para que a jovem Patrizia começasse a frequentar vários eventos da elite italiana. Até que, em um deles, conheceu Maurizio Gucci.

O casamento com Maurizio Gucci

Cena do casamento de Patrizia Reggiani (Lady Gaga) e Maurizio Gucci (Adam Driver) na adaptação do cineasta Ridley Scott.

Foi em uma festa em 1970 que Patrizia conheceu aquele que se tornaria seu futuro marido: Maurizio Gucci. Neto de Guccio Gucci (fundador da Gucci), Maurizio era herdeiro da grife. Os dois se casaram em 1973, embora o pai de Maurizio, Rodolfo Gucci, não aprovasse o matrimônio por achar que Patrizia estava apenas atrás do dinheiro de Maurizio. Ele nem ao menos participou da cerimônia.

Mesmo assim, o amor do casal prevaleceu e eles tiveram duas filhas: Alessandra e Allegra. No início, viviam uma rotina de muita ostentação, com casas enormes e artigos luxuosos, um prato cheio para a mídia da época.

Até que, em 1983, Rodolfo Gucci morreu e, entre brigas familiares e disputas por ações, Maurizio assumiu a direção da grife. Além dessa mudança significativa nos negócios, o casamento de Maurizio com Patrizia também começou a se desgastar, pois ambos tinham opiniões divergentes sobre a gestão da Gucci. Segundo Sara Gay Forden, autora do livro Casa Gucci, obra que inspirou o filme de Ridley Scott, “à medida que ele ganhava poder, se sentia oprimido pelas críticas dela” (via BBC).

Quando Maurizio resolveu sair de casa definitivamente, o ódio de Patrizia por ele ganhou ainda mais força. O divórcio foi oficializado em 1994, quando Maurizio se juntou com a amiga de infância Paola Franchi.

O crime

Lady Gaga como Patrizia Reggiani.

Em 27 de março de 1995, Maurizio Gucci foi assassinado com tiros no peito enquanto entrava no prédio onde trabalhava, em Milão. As investigações duraram dois anos e, por um bom tempo, os policiais achavam que não passava de uma rixa financeira. Até que um telefonema anônimo mudou os rumos das investigações, trazendo o nome de Patrizia Reggiani à tona.

A polícia conseguiu juntar provas de que Patrizia tinha encomendado o assassinato do ex-marido e, em 31 de janeiro de 1997, ela foi levada presa. Além de Reggiani, mais quatro pessoas estavam envolvidas no crime, inclusive sua amiga de longa data Pina Auriemma.

A viúva negra da moda

Caracterização da cantora e atriz Lady Gaga como Patrizia Reggiani, a viúva negra da moda.

Patrizia Reggiani foi julgada em 1998, sendo condenada a 29 anos de prisão. A cobertura do julgamento teve grande apelo midiático, e Patrizia recebeu o apelido de “viúva negra da moda”. Sua sentença foi reduzida para 26 anos e, em 2011, ela recusou uma oportunidade de ganhar liberdade condicional porque um dos pré-requisitos era que ela tivesse um emprego.

A viúva negra cumpriu apenas 18 anos de prisão, devido ao seu bom comportamento na cadeia, saindo em 2016. Atualmente, Patrizia tem 72 anos e vive em Milão. Longe dos holofotes da imprensa, sempre que é vista ela está com sua arara de estimação no ombro. Embora tenha recusado oportunidades de emprego anteriormente, Patrizia foi obrigada a aceitar uma vaga de consultora numa joalheria, onde chegou a criar uma coleção de joias e bolsas.

Sobre a adaptação do caso aos cinemas, Patrizia deu uma entrevista no começo do ano afirmando que tinha ficado chateada com Lady Gaga, pois a cantora não tinha entrado em contato com ela antes das gravações. Reggiani também já participou de um documentário denominado “Lady Gucci: The Story of Patrizia Reggiani” (Lady Gucci: A história de Patrizia Reggiani, em tradução livre), de 2020, onde afirma que “achava que ninguém descobriria que estava envolvida no crime”.

Casa Gucci nos cinemas

Imagem de divulgação de Casa Gucci, que estreou nos cinemas em 25 de novembro.

Casa Gucci, filme de Ridley Scott, estreou no cinemas em 25 de novembro. Além de Lady Gaga como Patrizia Reggiani no elenco, o longa também conta com Adam Driver interpretando Maurizio Gucci, Jeremy Irons como Rodolfo Gucci, Al Pacino como Aldo Gucci, Jared Leto como Paolo Gucci e Salma Hayek como Pina Auriemma.

Além dos comentários ácidos de Patrizia Reggiani, a produção do filme estrelado por Lady Gaga enfrentou algumas polêmicas envolvendo a desaprovação da família Gucci por inconsistências históricas.

E você, o que achou de Casa Gucci? Conhecia a história real na qual o filme se baseia? Comente!

Aproveite também:

Imagem de perfil
sobre o autor Jaqueline Sousa

Jornalista. Apaixonada por cinema, música e literatura. | @jqlnsss