Capa da Publicação

Maiden: Primeiras impressões e segredos da demo de Resident Evil Village

Por Márcio Jangarélli

Preparados para continuar a jornada do Ethan em Resident Evil? Depois de muita espera, teasers incríveis e rumores surpreendentes, a CAPCOM começou oficialmente a divulgação de Resident Evil Village, o oitavo capítulo da saga, com direito a data de lançamento do game, um novíssimo trailer e uma demo especial para os jogadores de PlayStation 5.

Nomeada apenas “Maiden”, a demo acompanha uma serviçal da família Dimitrescuas vampiras já icônicas mostradas nos trailers de Village – tentando escapar do castelo depois de passar um tempo presa no calabouço de suas senhoras. 

Nós jogamos a demonstração (em uma live na Twitch da Legião, se você quiser conferir o VOD é só clicar aqui) e agora vamos contar tudo sobre essa experiência e as novidades que essa rápida aventura apresentam sobre o novo Resident Evil. Coloca seu colar de cabeças de alho e vem comigo nessa!

O que é Maiden e como se relaciona com Resident Evil Village?

Maiden é a primeira demo de Resident Evil Village, lançada em 21 de Janeiro, exclusivamente para PlayStation 5. Ainda não se sabe se essa mesma experiência será levada para outras plataformas, mas foi dito que os outros consoles e PC também receberão uma demo no futuro.

Em Maiden, você controla uma serviçal da família Dimitrescu que foi aprisionada no calabouço do castelo das “vampiras”. “Maiden” significa “donzela”, mas também é usado para se referir a jovens empregadas em cenários medievais ou fantásticos. A protagonista da demo não pode atacar, agarrar grandes objetos, pular ou correr em grande velocidade – você está completamente indefeso enquanto tenta fugir de sua prisão.

Enquanto em Resident Evil Village você jogará com o Ethan, protagonista de RE7, Maiden te coloca na pele desta serviçal para te apresentar algumas das Dimitrescu, que devem ser vilãs importantes do game em si. Assim, você descobre detalhes interessantes e importantes sobre essas “vampiras” enquanto tenta escapar do castelo.

Qual é a história de Maiden?

Ainda que, no fim da demo, a história esteja bem clara, Maiden não te dá as respostas exatas e muita coisa aqui é apenas suposição baseada nos documentos encontrados no game. 

Possivelmente estamos no fim dos anos 50, então Maiden se passa bem, bem antes de Resident Evil Village. Algumas notas que podem ser da protagonista indicam 1958.

Na pele da serviçal, você acorda no calabouço do castelo Dimitrescu. Explorando sua cela, você encontrará um bilhete escondido na parede, escrito por alguém que não se identifica, mas que aparentemente passou por algo parecido. Ali estão as instruções para escapar da prisão.

Ao longo do game, você pode encontrar outros documentos e notas que explicam melhor a situação. As Senhoras Dimitrescu estão sempre em busca de serviçais para o seu castelo e possuem uma seleção rigorosa. Em certo momento, uma lista mostra vários nomes de moças reprovadas e poucas aceitas, mesmo com uma casa tão grande e essa sendo uma família tão rica.

Alguns documentos, que podem ser da protagonista, mostram o comportamento violento das senhoras com as empregadas. Em um deles é dito que, poucas semanas depois de começar trabalhar no castelo, ela viu a Senhorita Daniela, uma das três filhas da grande Lady Dimitrescu, cortar o rosto de uma das serviçais depois que a moça cometeu um erro.

Essas notas podem contar, inclusive, o porquê de você ter sido presa. Uma delas, escrita pela protagonista (possivelmente) diz que ela cometeu o erro de abrir uma das janelas da sala de jantar em um dia abafado. Ela foi repreendida a gritos pelas Dimitrescu para voltar a fechar e temia ser levada para o calabouço em breve.

Mais para o fim da demo, encontramos um documento falando sobre o famoso vinho das Dimitrescu e como ele possui um sabor sem igual, um ingrediente secreto e um processo rigoroso de produção. Aqui descobrimos que estes vinhos começaram a ser criados por volta do século XV e a nota talvez tenha revelado o nome da Lady Dimitrescu: Alcina. É dito que ela usava uma técnica peculiar, porém lendária, para realçar o sabor do vinho.

Sua criação mais famosa? As garrafas de “Sanguis Virginis”, que pode ser traduzido como “Sangue de Donzela”.

Por fim, quando você está prestes a sair, uma das filhas Dimitrescu te embosca e, logo em seguida, é a própria Lady Dimitrescu quem te encontra. Isso acontece na sala de jantar, onde a janela está aberta e você conhece as grandes garras da dona da casa.

Quem são as Dimitrescu de Resident Evil Village?

A demo conta mais do que aparenta sobre as Senhoras Dimitrescu. Essa família, composta apenas por mulheres, data o começo das suas ações por volta do século XV, com Alcina Dimitrescu – possivelmente a líder gigante das vilãs. É um clã muito rico, que ganhou fama por conta do seu vinho enriquecido com sangue, e que possui hábitos vampirescos.

Não dá para dizer que elas são vampiras realmente porque isso é Resident Evil. Pode ser uma mutação antiga do vírus e toda aquela lore que vocês já conhecem. Mas a demo revela que elas possuem, sim, comportamentos vampíricos. Por conta do incidente com a janela, dá para entender que elas não são fãs da luz do Sol, a casa mostra pratos com carne podre, mas que talvez estivesse crua antes, sugerindo também canibalismo e o vinho enriquecido com sangue de donzela é o toque final na história.

Ainda, com Maiden é possível concluir que as Dimitrescu vem atraindo serviçais para serem sacrificadas há muito tempo – e talvez isso seja abordado em algum momento em RE8. Quando você está se aventurando pela casa, não há outra empregada, mesmo com os quartos com pratos de comida podre. Assim, a protagonista foi apenas a última da leva a virar vinho.

Por fim, Maiden mostra uma das filhas Dimitrescu em “modo de ataque”. Quando ela te encurrala no salão principal, a moça está envolta em uma nuvem de insetos pretos que parece “carregá-la” enquanto ela voa. Essa talvez seja Daniela, a única do trio de irmãs citada nos documentos. Ela também tira um pouquinho do seu sangue, só para manter a onda de vampira.

E, claro, a demo não poderia terminar sem uma aparição da gigante Lady Dimitrescu – que precisa se abaixar para atravessar a porta. Alcina(?) é a última coisa que você vê no game, quando ela revela garras de lâmina enormes saindo de seus dedos e, bom, começa a produção de mais uma garrafa de Sanguis Virginis.

O que achamos de Maiden?

É difícil se basear em Maiden para saber o que esperar de RE8, por ser tão distante do plot principal do game e por ser uma demo focada apenas em um dos grupos de vilões da história. Com isso dito, a demonstração de Village é uma experiência excelente.

Maiden pode não ter tanta ação ou jumpscares como as demos dos remakes de Resident Evil 2 e 3, mas é melhor em construção de mundo e atmosfera. Se RE8 for um mínimo parecido com isso, essa será a maior mudança estética e de rumo do game, apostando mais no horror e em uma reinvenção de monstros clássicos dentro do universo da saga.

No quesito atmosférico, Maiden chega até a ser exagerado no quão gótico é, mas isso não é ruim. Causa um estranhamento, te faz perguntar quando foi que a Yharnam de Bloodborne foi transportada para o mundo de RE, mas logo esse sentimento de decadência te pega e fica uma delícia explorar tudo o que está ao redor.

E colocar uma protagonista completamente indefesa e (talvez) sem história foi a melhor escolha. Como dito, não há tanta ação, mas sabendo que você não pode fazer nada contra qualquer tipo de perigo, o estado de alerta é constante e qualquer barulhinho te faz dar um pulo.

Mesmo se você não é fã da franquia RE, vale a pena gastar uns minutinhos com Maiden. É mais ou menos meia hora de gameplay e eu garanto que será sem arrependimentos. Bom, tirando o fato de que o jogo acabou rápido e o game em si só sai em Maio.

O que você espera de Resident Evil Village? Não esqueça de comentar!

Veja agora nossa lista sobre Resident Evil:

Resident Evil Village tem lançamento marcado para 7 de Maio.

Imagem de perfil
sobre o autor Márcio Jangarélli

Assessor, redator e jornalista. Madonna de Jakku.