Capa da Publicação

Liga da Justiça: Joss Whedon teria dito que não aceitava ordens de ninguém, nem de Robert Downey Jr.

Por Evandro Lira

Ray Fisher, o intérprete do Ciborgue no filme Liga da Justiça, relatou alguns dos momentos tensos que viveu com Joss Whedon, diretor que assumiu o filme da DC após afastamento de Zack Snyder.

Para o The Hollywood Reporter, Fisher relembrou de quando tentou sugerir alterações no roteiro do filme e foi interrompido antes que pudesse terminar.

Fisher ficou triste com a forma como o arco do Ciborgue havia sido quase que inteiramente cortado na versão de Joss Whedon. Ao ler o roteiro, o ator disse que tinha algumas sugestões de alteração para debater com Whedon a fim de evitar problemas na representação do personagem.

Ray Fisher como Ciborgue em Liga da Justiça

Em um telefonema com o cineasta, Fisher mal tinha começado a falar quando Joss Whedon o interrompeu dizendo: “Parece que estou recebendo ordens agora, e não gosto de receber ordens de ninguém – nem mesmo de Robert Downey Jr.”

Downey Jr., que por muito tempo foi o ator mais bem pago de Hollywood, era a principal estrela de Os Vingadores e Vingadores: Era de Ultron, filmes que Joss Whedon dirigiu para a Marvel Studios.

Ainda segundo a matéria do THR, Joss Whedon também ignorou completamente as insatisfações de Jason Momoa (Aquaman) e Gal Gadot (Mulher-Maravilha), chegando até mesmo à ameaçar a carreira de Gadot.

Segundo Fisher, Whedon enviou um e-mail para todo o elenco de Liga da Justiça depois que a versão final do roteiro foi entregue, pedindo perguntas, comentários ou “elogios generosos”, mas o ator diz que ficou claro que tudo o que ele queria eram elogios generosos e nenhum questionamento.

A traumática história de Ciborgue em Liga da Justiça que foi cortada do filme de 2017 foi posteriormente restaurada na versão de Zack Snyder lançada na HBO Max este ano.

Fique com:

 

Imagem de perfil
sobre o autor Evandro Lira

Editor, bacharel em Cinema e Audiovisual, bruxo nascido trouxa, filho dos filhos do átomo, mestre dos quatro elementos, fã de mais coisas do que deveria, frequentemente falando sozinho no Twitter. Segue: @evandroslira