JoJo’s Bizarre Adventure: História, personagens, onde assistir e mais

Capa da Publicação

JoJo’s Bizarre Adventure: História, personagens, onde assistir e mais

Por Nick Narukame

Em publicação desde 1987, JoJo’s Bizarre Adventure combina aventura, ação e nonsense de uma forma tão inusitada que conquista fãs pelo mundo mesmo nos dias atuais. Sendo o segundo título mais longo publicado pela Shueisha, perdendo apenas para Kochi-Kame que encontrou seu fim na marca dos 200 volumes, as aventuras da família Joestar atravessam gerações, mantendo seu público fiel que acompanha a saga desde seus primeiros capítulos e também atraindo novos leitores e expectadores a cada novo arco ou temporada anunciados.

Recentemente foi divulgada a produção da sexta parte da animação, intitulada JoJo’s Bizarre Adventure: Stone Ocean, reacendendo no público o interesse pelas desventuras dos JoJos que protagonizam cada uma das temporadas.

Está interessado em ingressar nesse universo, mas tem receio de se perder no meio de tanta informação acumulada ao longo de todos esses anos? Não se desespere! Abaixo iremos conferir todas as informações que se precisa saber antes de mergulhar de cabeça na obra.

Jolyne e seu pai Jotaro, na sexta parte de JoJo’s Bizarre Adventure.

Qual o enredo de JoJo’s Bizarre Adventure?

A obra escrita e ilustrada por Hirohiko Araki segue sempre um membro da família Joestar que está destinado a enfrentar grandes inimigos com poderes sobrenaturais. O Joestar que será marcado com o fardo de salvar o mundo sempre possui duas peculiaridades: a marca de uma estrela nascida em sua pele e a possibilidade de ser apelidado de “JoJo” por conta de seu nome e sobrenome.

Nem sempre as motivações do JoJo da vez ganham escala global, mas eles sempre estão enfrentando inimigos verdadeiramente poderosos que se consideram invencíveis. As tramas desenroladas por Araki costumam brincar bastante com o conceito da “Jornada do Herói”, seguindo cada um dos conceitos apresentados por ela à risca e de forma bastante caricata, o que rende boas risadas e situações absurdas.

Os poderes em JoJo’s Bizarre Adventure

Dio Brando manifestando seu poder.

No decorrer dos anos, muitos conceitos de poderes foram abordados pelo autor nas páginas do mangá e, posteriormente, nas cenas do anime. Alguns deles sendo esquecidos e não retomados em ponto algum e outros permanecem por anos a fio como parte intrínseca da história. Esse foi o caso dos stands, introduzidos apenas em Stardust Crusaders, terceira parte da obra, mas que se tornaram algo característico de JoJo’s até os dias atuais.

Máscaras de Pedra

A primeira ameaça apresentada pelo anime.

Primeiro item que gera poder místico apresentado na obra, as máscaras de pedra acabam por conceder poderes vampíricos aos seus usuários. A máscara foi criada na época do Império Asteca e tinha como objetivo conceder poderes de uma criatura suprema a quem a usasse. O desempenho do objeto não agradou a seu criador, no entanto, o levando a partir em busca da jóia escarlate que poderá amplificar o poder da máscara e, assim, servir para seus propósitos.

Hamon

Jonathan Joestar fazendo uso de Hamon.

Hamon é uma técnica de luta nascida da necessidade de se enfrentar os vampiros criados pela máscara de pedra. Exige bastante treinamento e esforço de seu usuário, gerando uma espécie de energia extra canalizada para várias partes do corpo que pode ser capaz de queimar as criaturas combatidas, assemelhando-se ao efeito que o sol possui sobre elas.

Stands

Jotaro Kujo e seu stand Star Platinum.

Trata-se da representação física do poder do usuário, lhe concedendo habilidades sobrenaturais das mais diversas de acordo com o tipo de stand que a pessoa venha a obter. A série mostra diversas formas diferentes que podem ser entendidas como a causa para que alguém se torne um usuário de stand, sendo a mais comum ser atingido por uma flecha feita a partir de um meteorito. Quando essa flecha perfura a pele de uma pessoa isso acaba por culminar em sua morte ou na aquisição de poderes especiais.

Os Joestar acabam por despertar seus stands por conta de uma espécie de herança sanguínea, não precisando assim serem atingidos pelas flechas para obter seus poderes. Joseph Joestar, durante Stardust Crusaders, explica que os stands são derivações do hamon apresentado nas duas partes anteriores, sugerindo que essa seja a origem do despertar dos poderes dentro da família.

Spins

Gyro Zeppeli fazendo uso de spin na sétima parte do mangá.

Apresentado apenas a partir da sétima parte, intitulada JoJo’s Bizarre Adventure: Steel Ball Run, o spin é uma forma de energia obtida através de um estado de rotação perfeita que pode ser aplicada de várias formas diferentes. Se trata de uma contraparte direta do hamon das primeiras partes.

Guia de personagens

Protagonistas de Vento Áureo, quinta parte de JoJo.

Cada temporada do anime e cada parte do mangá possui o foco voltado para uma diferente geração da família Joestar, nos apresentando sempre um novo protagonista cheio de carisma, heroísmo e determinação, ainda que nem sempre com os maiores valores de moral e bons costumes da face da terra.

E não são apenas os protagonistas e vilões os responsáveis por manter a atenção do público na série. Os coadjuvantes, chamados carinhosamente pelo público de “Jo-bro’s” frequentemente roubam a cena e se mostram até mais populares que os próprios JoJos da temporada.

Abaixo, vamos conferir os mais importantes dentre os personagens que já deram as caras pela história.

Jonathan Joestar

Protagonista da primeira parte da série e o primeiro a carregar o estigma de ser um JoJo. Possui uma personalidade heróica, determinada e amável, sempre demonstrando ser uma pessoa positiva, mesmo em meio à chuva de desgraças em que sua vida se transformou após conhecer Dio Brando, que se tornou seu irmão mais velho adotivo.

Dio Brando

Dio teve origens humildes, mas foi consumido pela ganância, tornando-se cruel e demonstrando nenhuma consciência. Por vezes os personagens se referem a ele como a personificação do mal puro.  É o vilão mais popular de toda a série e principal antagonista tanto da primeira quanto da terceira parte.

Joseph Joestar

Neto de Jonathan Joestar, Joseph é um rapaz desbocado e parece dominar bem a “malícia das ruas”. É o que se espera de um sobrevivente nato, sempre encontrando uma saída para as mais adversas situações problemas, principalmente as sobrenaturais que mais parecem possuir todas as chances contra ele.

Caesar Zeppeli

Aparentemente abandonado pelo pai sem motivos aparentes durante a infância, Caesar treinou duro para conseguir dominar a técnica do Hamon e acabou se tornando parceiro de Joseph em sua tentativa de aperfeiçoar a técnica para lutar contra os vampiros criados pela máscara de pedra e contra os Pilares da Terra. É bastante óbvio o fato de ser uma “contrapartida” de Joseph, uma vez que se mostra muito mais requintado que o protagonista quanto a seus modos e trato social.

Jotaro Kujo

Terceiro a carregar o legado trágico dos Joestar, Jotaro é o mais famoso JoJo da série. É neto de Joseph e dono de uma personalidade reservada, mostrando-se sempre sério e inabalável. Ele tem participação importante em outras partes da obra também, sendo peça chave em Diamond is Unbreakable e Stone Ocean, além de fazer uma breve aparição também em Vento Áureo.

Jean Pierre Polnareff

Dono de uma personalidade honrada e prepotente, Polnareff é um dos aliados de Jotaro em Stardust Crusaders. Ele viaja com o grupo em busca de vingança pela morte de sua irmã e acaba se tornando um dos “Jo-bro’s” mais queridos da trama. O personagem aparece novamente em Vento Áureo como coadjuvante, mas tendo papel importante na derrocada do vilão da vez.

Kakyoin Noriaki

Um rapaz que acabou sendo manipulado por Dio Brando para que matasse Jotaro Kujo e, após se libertar do controle mental exercido pelo antigo vampiro, se junta ao protagonista em sua busca pelo vilão através do Egito. Assim, ele se torna o mais fiel aliado que Jotaro poderia esperar ter.

Josuke Higashikata

Filho bastardo de Joseph Joestar que herdou o que há de pior e de melhor em seu pai. Possui um coração nobre e uma determinação louvável, mas também não mede esforços para tirar vantagens de situações adversas, deixando seu caráter a desejar em algumas cenas.

É o quarto JoJo a enfrentar problemas sobrenaturais e conta com a ajuda de seu sobrinho mais velho, Jotaro Kujo, em sua jornada.

Koichi Hirose

Koichi Hirose é um dos primeiros personagens a serem introduzidos em Diamond is Unbreakable e possui também participação em Vento Áureo. O rapaz começa como um jovem tímido e desastrado que estuda na mesma escola que Josuke, mas vai evoluindo bastante no decorrer dos capítulos.

Okuyasu Nijimura

Apareceu primeiramente como antagonista de um dos episódios da quarta parte do anime, mas teve sua redenção e se tornou o melhor amigo de Josuke. É dono de uma personalidade amigável, embora tenha pavio curto. Não é lá muito inteligente, sempre tendo problemas em questões que exijam mais de seu raciocínio.

Rohan Kishibe

Assumidamente um dos mais queridos personagens de Araki. Assim como Okuyasu, Rohan foi apresentado como um vilão, mas também teve seu momento de redenção e entrou para o grupo de Josuke, mesmo que ambos não cheguem a virar melhores amigos ou coisa do tipo. Rohan é um mangaká famoso e habilidoso com tendências a atrair incidentes paranormais.

Kira Yoshikage

Metódico e problemático, Kira é o vilão principal da quarta parte de JoJo. É um serial killer que pretende manter sua vida como a de qualquer pessoa normal enquanto continua cometendo seus crimes por aí. É visivelmente perturbado e, quando passa muito tempo sem ceder a seus instintos assassinos, suas unhas crescem anormalmente.

Giorno Giovanna

Filho de Dio Brando em posse do corpo morto de Jonathan Joestar, Giorno é o quinto JoJo a assumir o legado da família. É uma mistura interessante das personalidades tanto de Jonathan quanto de Dio, focando em seus ideais puros, como o de acabar com o tráfico de drogas na Itália, mas não se importando em seguir caminhos tortos para alcançá-lo.

Bruno Bucciarati

Primeiro personagem fixo da quinta parte de JoJo a ter contato com Giorno. Também não concorda com os métodos da máfia Passione, embora seja o homem de confiança de um de seus figurões. É através de Bruno que Giorno consegue um teste para entrar na máfia e, assim, completar seu objetivo.

Narancia Ghirga

Parte do grupo de Bruno, Narancia é um garoto que cresceu nas ruas após fugir de uma vida bastante confortável financeiramente. É bastante grosso e mal educado, também não sendo dos mais inteligentes para com os estudos. É um dos “Jo-bro’s” mais bem quistos pelo público desta temporada em específico.

Guido Mista

Mais um dos integrantes do grupo de Bruno, ele tem uma implicância notória com o número quatro, jamais o usando para contar nada que precise. Usa o stand Six Pistols que nada mais são que seis balas “vivas” em sua arma, mas pula o número quatro na hora de se referir a elas, tendo então uma sétima bala que, matematicamente, não deveria estar ali.

Leone Abbacchio

Um ex-policial que presenciou de forma cruel as consequências da corrupção em seu ambiente de trabalho, sendo responsável indireto pela morte de seu parceiro. Faz parte do grupo de Bruno e parece confiar plenamente apenas nele. É sisudo e de difícil aproximação, acreditando que a confiança precisa ser provada e merecida antes de ser entregue a qualquer um.

Jolyne Kujo

Filha de Jotaro Kujo e primeira mulher a assumir o carma da família Joestar, sendo a sexta JoJo principal da obra. É dona de uma personalidade forte, estando quase sempre mal-humorada e sendo considerada uma jovem delinquente “causa perdida”, tendo passagem pela prisão por diversos “crimes menores”.

A menina amadurece apenas após receber seus poderes e ouvir o pai dizer que a ama, mostrando que seus problemas eram, em grande parte, resultado da ausência da figura paterna de Jotaro.

Narciso Anasui

Interesse amoroso de Jolyne, Anasui se torna um importante aliado do grupo central da parte VI de JoJo após ver a garota ser levada para a ala de segurança máxima da Prisão Green Dolphin Street, revelando estar apaixonado por ela.

É altruísta e valente e vê em Jolyne sua maior motivação para seguir lutando. Apesar de não fazer isso com Jolyne, não é muito dado ao trato social e acaba sendo bem desagradável com as pessoas a sua volta.

Hermes Costello

É uma das prisioneiras que Jolyne conhece enquanto está em cárcere judicial. Ao contrário da maioria ali, Hermes está presa por vontade própria, buscando vingar a morte de sua irmã Glória. Se torna uma das aliadas mais fortes de Jolyne no decorrer da trama.

Enrico Pucci

Principal antagonista da sexta parte de JoJo, Enrico Pucci é um padre católico que atua na Prisão Green Dolphin Street, se mostrando perverso e maligno por trás de uma máscara humilde de “bom moço”. Seu principal objetivo é concluir um plano nefasto iniciado por Dio Brando tempos atrás.

Johnny Joestar

Após o fim de Stone Ocean, uma espécie de “universo alternativo” é apresentada pela obra, focando em versões de personagens anteriores em situações diferentes das que enfrentaram anteriormente. Johnny Joestar é o protagonista dessa sétima parte de JoJo e, consequentemente, contraparte de Jonathan Joestar em uma trama que muito pouco tem a ver com a de Phantom Blood.

Gyro Zeppeli

Segundo protagonista de Steel Ball Run e o que mais rouba as cenas quando aparece, sendo mais querido pelos leitores que o próprio protagonista. É um exímio praticante da habilidade conhecida como spin e aplica tal energia com suas Steel Balls a serviço do Rei de Nápoles. Se junta à corrida Steel Ball Run no intuito de conseguir anistia para uma criança que havia sido condenada à execução.

Diego Brando

É um exímio Jockey e forte candidato a vencedor da corrida. Antagonista da série que atende pelo apelido de “Dio” e, com isso, já se pode imaginar de quem exatamente ele é contrapartida, certo?

Funny Valentine

É o vilão principal da sétima parte de JoJo e 23º presidente dos Estados Unidos. Tem como objetivo implantar a supremacia de seu país e de si mesmo por meio de métodos questionáveis e fará de tudo — de tudo mesmo — para atingir seus objetivos

Josuke Higashikata

Oitavo JoJo a carregar o título de protagonista, o Josuke Higashikata desta realidade é conhecido por suas habilidades matemáticas incríveis, calculando distância, peso e demais contas complicadas em questão de segundos, fazendo-as parecer brincadeira de criança.

Onde e como assistir ao anime de JoJo’s Bizarre Adventure?

Até o presente momento, apenas cinco das oito partes existentes de JoJo foram adaptadas para a forma animada, sendo Vento Áureo a mais recente, embora Stone Ocean esteja em produção pelo estúdio David Production.

Ao contrário de muitos animes que vemos por aí, a primeira produção animada do título não foi sua primeira temporada. Stardust Crusaders foi a primeira parte a ganhar uma animação em 1993, contando com apenas seis episódios. Anos mais tarde, em 2012 para ser mais específico, Phantom Blood, parte inicial da história, ganhou sua animação e, em seguida, as demais partes foram adaptadas em sequência.

Jonathan Joestar (direita) e Dio Brando (esquerda).

1 º: Phantom Blood (2012)

A primeira temporada da série animada se passa na Inglaterra do século XIX e tem como protagonista Jonathan Joestar, um rapaz bem nascido, educado e com um senso de justiça que poucos seriam capazes de possuir. Ele tem sua vida virada de cabeça para baixo quando Dio Brando, filho de um homem que supostamente salvara seu pai e ele de um acidente tempos atrás, vai morar em sua casa após ficar órfão.

Dio não é dono de uma das melhores índoles e possui uma inveja gritante de JoJo, sempre arquitetando situações em que ele sairia como um anjo inocente enquanto Jonathan vestiria o manto de vilão. É após uma briga feia entre eles que Dio, já em posse da máscara de pedra, descobre sobre seus poderes incomuns e decide testá-la em si mesmo, se tornando um impiedoso e perigoso vampiro cujo objetivo principal é trazer caos para o mundo.

Cabe a JoJo agora treinar duro para dominar uma técnica antiga passada entre os guerreiros mais poderosos e, assim, terminar sua jornada em busca do esconderijo de Dio para selar sua maldade de uma vez por todas.

Phantom Blood possui apenas nove episódios e é de suma importância para o entendimento do restante da franquia. Cada episódio dura cerca de 24 minutos e pode ser assistido na Netflix ou no Crunchyroll.

Protagonistas da segunda parte de JoJo.

2 º: Battle Tendency (2012)

Continuação direta de Phantom Blood. Aqui acompanhamos Joseph Joestar, neto de Jonathan que vive com sua avó Erina nos Estados Unidos e também terá de treinar duro para dominar a técnica do Hamon, enfrentando vampiros perigosos em sua trajetória.

Porém, não é apenas com vampiros comuns que Joseph terá de lidar. Os vilões conhecidos como Pilares da Humanidade, criadores das máscaras de pedra, são como deuses antigos e o desbocado JoJo da vez terá de dar o melhor de si para enfrentá-los ao lado de seu amigo Caesar Zeppeli assim que concluir seu treinamento com a poderosa e misteriosa Lisa-Lisa.

A segunda parte de JoJo’s possui 16 episódios e se passa no início do século XX, mostrando diversas referências às Grandes Guerras ocorridas nesse período. Cada episódio dura cerca de 24 minutos e todos estão disponíveis na Netflix ou no Crunchyroll.

Protagonistas de Stardust Crusaders

3º: Stardust Crusaders (2014)

Nesta terceira parte somos transportados até o Japão do fim da década de 1990, onde conhecemos Jotaro Kujo, neto de Joseph e próximo JoJo da saga. O garoto se encontra preso por vontade própria após ser centro de uma série de acontecimentos bizarros que o deixa receoso de conviver em sociedade.

Depois disso, Joseph vai até ele e lhe explica que todos esses “acontecimentos” na verdade são resultados da manifestação de um poder sobrenatural chamado stand” e que ele lhe ajudaria a controlar sua nova habilidade.

Acontece que o despertar de um antigo inimigo da família estava fazendo com que o sangue dos Joestar despertasse aquele tipo de poder que não era compatível com o corpo de qualquer pessoa. A mãe de Jotaro, Holly, acaba muito mal por conta dessa situação e, assim, tanto Jotaro quanto Joseph se juntam a um grupo de outros usuários de stand  para ir atrás do grande mal e eliminá-lo no intuito de salvar Holly de um fim trágico.

O vilão responsável por isso é ninguém menos que Dio Brando, que havia permanecido selado no fundo do mar por todo esse tempo, mas, agora, havia despertado e, mais uma vez, prometia trazer desgraça a todos que carregam o sobrenome “Joestar”.

Tendo sido o primeiro arco animado da série, Stardust Crusaders possui duas versões animadas: uma com apenas seis episódios datada de 1993 e, a mais recente contendo 48 episódios no total, todos com duração média de 24 minutos e disponíveis tanto na Netflix quanto no Crunchyroll.

Protagonistas da quarta parte de JoJo.

4º: Diamond is Unbreakable (2016)

Continuando no Japão, avançamos até o ano de 1999 e somos apresentados a Josuke Higashikata, filho bastardo de Joseph que será o próximo a trilhar o trágico destino reservado a todos os JoJo’s. O kanji de seu sobrenome pode ser lido como “Jo” também, desta forma, o apelido “JoJo” também é perfeitamente cabível ao garoto.

Com Dio fora de combate é natural pensar que finalmente as desgraças que acompanham os Joestar estariam terminadas e eles poderiam seguir em paz, certo? Errado. Uma flecha misteriosa parece estar dando poderes de stand para pessoas comuns e isso tem se tornado um grande problema uma vez que quem não consegue suportar a perfuração da flecha e desenvolver poderes acaba morrendo.

Em meio a tudo isso um serial killer chamado Kira Yoshikage assassina mulheres para obter apenas as suas mãos, único objeto de desejo do vilão, enquanto tenta continuar sua vida pacata como se não estivesse fazendo nada. Ele também é um usuário de stand e promete dar muito trabalho a Josuke e sua trupe, que também conta com um Jotaro mais maduro que se torna praticamente um mentor para seu tio mais novo.

É nesta parte que conseguimos ver a diferença no traço de Araki, assim como os detalhes visuais mais coloridos e chamativos que ele adicionou à série. O anime possui um total de 39 episódios e quatro episódios especiais extras focados no personagem Rohan Kirishibe, todos com duração de 24 minutos cada. Você pode assistir Diamond is Unbreakable na Netflix e no Crunchyroll.

Protagonistas de Vento Áureo

5º: Vento Áureo (2018)

Passada apenas um ano após a parte anterior, Vento Áureo conta a saga vivida por Giorno Giovanna, filho de Dio Brando com uma mulher japonesa que se mudou para a Itália após se casar com um homem que tinha negócios pelo país.

Giorno recebeu o nome de Haruno ao nascer, mas mudou de nome ao trocar de nacionalidade. Seus cabelos também eram pretos, mas, conforme foi crescendo, eles passaram a assumir uma coloração loira exatamente como os fios de seu pai, Dio.

O menino não teve uma criação muito fácil e sonha em se tornar chefe da máfia italiana para poder acabar com o tráfico de drogas que tanto afeta os inocentes, principalmente as crianças. Ele entra para o grupo de Bruno Bucciarati após passar em um teste de um dos figurões da máfia Passione. Ao se tornar parte do grupo, o personagem descobre que todos que fazem parte daquela subdivisão da máfia são usuários de stand, assim como ele.

O grupo recebe como primeira missão a incumbência de transportar a filha do chefe da máfia em segurança até ele e vão acabar descobrindo que muitas pessoas querem usar a garota para atingir seu pai, tornando tanto ela quanto eles próprios alvos ambulantes.

A quinta parte é a última animada até então, possuindo 39 episódios ao todo, cada um com os mesmos 24 minutos de duração de sempre. Infelizmente, essa parte ainda não está disponível na Netflix, mas pode ser assistida no Crunchyroll sem nenhum problema.

Quais as mudanças sofridas pela obra com o tempo?

Os seis primeiros JoJo’s e a mudança visual no traço do autor.

Convenhamos que 34 anos em publicação é bastante tempo e, com isso, não podemos esperar que a obra tenha se mantido imutável de lá para cá. As mudanças mais notáveis com relação a JoJo se tratam justamente do traço do autor que, após começar a trabalhar como estilista de moda, refinou um pouco o visual mais bruto dos homens que fazia (e adicionou mais bizarrice às suas roupas e acessórios).

Outra mudança relevante é a troca de revista ocorrida em 2004. Antes, Jojo’s Bizarre Adventure era publicado como um shounen pela Weekly Shounen Jump, mas, após 2004, começou a ser publicado pela revista Seinen Ultra Jump.

Embora não tenha saído da editora Shueisha, a mudança do gênero e do estilo visual foram perceptíveis, embora não tenham interferido na qualidade do trabalho de Araki. A obra segue uma excelente pedida para as pessoas que estão atrás de aventura, comédia e uma boa dose de violência gratuita no meio de uma chuva de nonsense. O que está esperando para começar a maratonar o anime?

Aproveite e confira também:

Imagem de perfil
sobre o autor Nick Narukame

Graduada em Letras pela UFF, moradora do fim do mundo, escritora amadora e cosplayer sem talento. Dotada com o superpoder de fazer as piadas mais sem graça da face da terra. Se quiser alimentar, dê chocolate. || @narukamenick