Capa da Publicação

Godzilla vs Kong: Personagem foi secretamente cortado do filme

Por Cristiano Rantin

Godzilla vs Kong chegou com um embate de monstros aclamado pela crítica, mas para chegarmos na versão lançada no HBO Max, foi preciso muitos roteiros, edições, refilmagens e cenas deletadas. De acordo com Adam Wingard, o diretor do projeto, Lance Reddick, que interpreta o oficial Guillermin da Monarca, teria mais cenas e um impacto maior na narrativa. O personagem, no entanto, acabou sendo editado para algo bem diferente.

Segundo ele, assim como Zhang Ziyi e Jessica Henwick que fora “deletadas” durante a edição, Reddick teria cenas que eram desnecessárias pro andamento do filme.

Lance Reddick

Em uma entrevista ao site GamesRadar+, Wingard disse:

“Originalmente, o papel de Lance seria maior. Ele seria o diretor da Monarca, quem está no comando da organização. Havia uma cena no filme em que veríamos uma grande sala de reuniões, com eles preparando a missão. Ele teria um papel maior, mas no fim, a gente não precisava da cena, então nós mudamos alguns dos detalhes do enredo durante o processo de edição, então tudo isso foi cortado. Agora isso é só uma participação especial divertida. Ele ainda é creditado, isso ainda conta no contrato dele. É divertido porque ele aparecer nos créditos iniciais, mas então ele tem quatro falas, talvez três, tem todo o filme.” 

Ziyi, que apareceu em Godzilla: Rei dos Monstros, era parte da Monarca e provavelmente apareceria na reunião deletada. Já Henwick é difícil de prever onde se encaixaria no longa.

Nenhuma dessas mudanças, no entanto, afetam o orgulho de Wingard com a versão lançada:

“Essa é a versão final do filme. Na verdade nós fizemos menos refilmagens do que os outros filmes do MonsterVerso. Normalmente, eles fazem duas semanas, mas nós usamos apenas cinco dias. Nós tivemos que ser cirúrgicos, uma vez que mudar um elemento do filme mudaria todo o enredo e afetaria várias cenas, do começo ao fim. Foi ai que o meu passado trabalhando em filmes de baixo orçamento, ou nenhum orçamento, ajudou. Você precisa ser bem engenhoso e consegui pensar dessa forma. Nós fomos bem cirúrgicos. Então, não, essa é a versão final do filme e eu nunca faria uma versão diferente dele.” 

Pelo visto não veremos nenhuma hashtag no twitter pedindo pelo Wingard cut de Godzilla vs Kong.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"