Gavião Arqueiro: Fãs protestam falta de compensação da Marvel a David Aja

Capa da Publicação

Gavião Arqueiro: Fãs protestam falta de compensação da Marvel a David Aja

Por Melissa de Viveiros

As produções do MCU se tornaram grandes sucessos mundiais, levando diversas histórias das HQs para as telonas. Apesar disso, pouca compensação é dada para aqueles que trabalharam nas obras originais, que não recebem nada a mais independente do quão rentáveis suas criações tenham se tornado. Agora, isso esta discussão ressurgiu com o lançamento de Gavião Arqueiro, que se baseia nos quadrinhos de David Aja Matt Fraction, mas não compensou os criadores.

Como resultado, os fãs da obra vem se manifestando nas redes sociais, com muitos decidindo até mesmo boicotar a série. A reclamação vem ocorrendo principalmente em relação aos aspectos visuais da obra, que baseia sua estética inteiramente no trabalho de Aja desde o material promocional, mas não o compensou por isso. Após a estreia dos primeiros episódios, os protestos se agravaram, já que toda a sequência de abertura utiliza o estilo do artista como base.

Capa de quadrinho do Gavião Arqueiro feita por David Aja.

O próprio Aja já havia se manifestado sobre o assunto após comparações entre um pôster da produção do Disney+ ser amplamente comparado a uma das capas feitas por ele. Após reclamações de que o ilustrador não havia sido creditado, ele complementou pedindo compensação por seu trabalho ser utilizado como base.

Joshua Yehl, do IGN, comentou em sua conta no Twitter:

“Eu gostei de Gavião Arqueiro. Tem a qualidade pé no chão das minhas histórias favoritas dos quadrinhos da Marvel. Mas estou incomodado com como o trabalho de David Aja é a base da série E do marketing e ainda assim aparentemente a Marvel não deu a ele nem um cheque ou mesmo um crédito? Vamos lá né.”

Gene Park, do Washington Post, apoiou a reclamação, dizendo:

“Eu não vou assistir Gavião Arqueiro por causa disso. Ouvi que é bom mas não quero recompensar a Disney por ser mesquinha com compensação e crédito.”

O escritor Tom Taylor, que já trabalhou em quadrinhos da Marvel e da DC, também se manifestou:

“Meu filho e eu realmente gostamos dos dois primeiros episódios de Gavião Arqueiro. Mas eu quero ver um crédito gigante para David Aja bem na frente. O trabalho dele com Matt Fraction parece estar no DNA de toda a série.”

Diversos fãs também comentaram o assunto, como foi o caso do usuário @aniqrahman no Twitter:

“A influência, estilo e estética da arte de David Aja dentro de toda a série é tão forte, principalmente com os belos créditos de abertura e encerramento dos episódios. Por que motivo a Marvel não o pagou e creditou? Ele merece muito mais.”

Alguns comentários foram mais extremos, pedindo que o público não assista à série:

“Todo mundo, por favor leiam Gavião Arqueiro de Matt Fraction e David Aja e não assistam à série. Eu garanto que será uma experiência melhor.”

A série incluiu o artista na sessão “Agradecimentos Especiais”, embora essa citação tenha sido algo tão pequeno que passou despercebida por muitos. Além disso, a principal consideração de muitos é que apenas incluir o nome dele nos agradecimentos não é o bastante, já que a identidade visual da série é baseada no trabalho de Aja.

Novos episódios de Gavião Arqueiro estreiam no Disney+ às quartas-feiras. Os dois primeiros episódios da série já estão disponíveis.

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Melissa de Viveiros

Editora. Graduanda em Letras na UFMG. Elfa noturna em Azeroth, Au'Ra em Eorzea, apoiadora da Casa Martell em Westeros, LoLzeira noxiana e grisha etherealki. Fã de coisas demais e sempre hiperfocada em algo diferente. || @windrunning_