Capa da Publicação

Fortnite: Entenda tudo o que rolou na história até a Temporada Primal

Por Gabriel Mattos

Fortnite, um dos jogos online mais populares da atualidade, é mundialmente conhecido por suas batalhas acirradas em que uma centena de jogadores entra e apenas um sai vitorioso. Entretanto, quem ousa mergulhar um pouco mais fundo acaba descobrindo uma história cheia de enigmas complexos a serem desvendados.

Em meados de março, estreou o Capítulo 2: Temporada 6 de Fortnite, trazendo o tão aguardado evento final da Crise Zero. Quem abrir o jogo será recepcionado por um vídeo incrível dirigido pelos Irmãos Russo, os  mesmos diretores de Vingadores: Ultimato. Mas afinal, o que é essa tal de Crise Zero? Qual é a história que Fortnite tem para contar? Calma que a gente explica tudo para você!

E se você ainda não joga, não deixe de baixar Fortnite gratuitamente na PlayStation Store. A nova temporada estreou tem tempo e ainda dá pra curtir todas as novidades. Enquanto o jogo está baixando, vem comigo que eu vou te explicar tudinho que já rolou até agora no jogo.

Ponto de Partida

Até as batalhas normais tem um motivo

A história de Fortnite é transmitida de maneira bastante experimental. Em poucos momentos recebemos sequências diretas de narrativa, como nos trailers das temporadas. A maior parte do enredo é contado pelos eventos, descrições de skins e outros detalhes do jogo que costumam passar despercebidos no meio do frenesi das batalhas.

Caso tenha jogado qualquer partida de Fortnite, você deve estar minimamente familiarizado em como as batalhas funcionam. Você escolhe uma skin para o seu personagem, salta de um ônibus especial, enfrenta dezenas de inimigos até a morte e, quando termina, repete tudo de novo. Pensando bem, é quase como se você estivesse preso em um ciclo temporal, não é mesmo?

Esse é o primeiro segredo sobre a história. Na verdade, seu personagem é uma vítima de uma anomalia temporal — uma pessoa presa em um loop, forçada a repetir essa batalha por toda a eternidade. Como a memória de todos os personagens é apagada entre cada partida, ninguém nessa realidade desconfia que está preso, mas a cada temporada há uma disrupção nessa repetição: os eventos ao vivo.

A Crise Zero

Um bom ponto de partida para entender a conexão entre os eventos é analisar a história a partir do trailer para o Capítulo 2: Temporada 5. Chamada de Ponto Zero, essa temporada explica a energia de mesmo nome que mantém toda realidade estável. Quem o controla têm acesso a um poder inimaginável, sendo este o grande objetivo de diferentes facções na história. Confira:

No vídeo, conhecemos a base de operações da Ordem Imaginada, uma organização interdimensional que busca manter o Ponto Zero contido para que ninguém escape do Loop. Eles viajam pelas realidades para garantir que tudo está em ordem e, quando algo precisa ser corrigido, os agentes entram em ação.

Quando o Ponto Zero se tornou instável, ameaçando destruir todas as realidades, o Agente Jonesy entrou em cena para consertar tudo. Para isso, ele precisou da ajuda dos maiores caçadores de todas as realidades, incluindo o Mandaloriano de Star Wars e Kratos de God of War, e saltou no Ponto Zero para recrutar mais auxílio.

Entretanto, essa não é a primeira vez que vemos o desequilíbrio do Ponto Zero. Há outra facção, inimiga da Ordem Imaginada, que busca destruir o Ponto Zero para libertar todos que estão presos no Loop.

Kratos é um dos caçadores convocados para combater a Crise Zero

Conhecidos apenas entre os Sete, eles quase concluíram seu objetivo no Capítulo 1 de Fortnite, mas no final a Ordem Imaginada conseguiu recalcular a realidade com sua tecnologia avançada. Mas eles não pararam por aí: Os Sete são cruciais nos eventos da nova temporada, Primal, logo, para entendermos o porquê deles resolverem ajudar, precisamos relembrar o que rolou ao longo do Capítulo 1.

Hora de entender os eventos ao vivo de Fortnite!

Capítulo 1 – A Saga do Cubo Kevin

Tudo começou com um meteoro que trazia de outra dimensão O Visitante, o primeiro membro dos Sete a aparecer no jogo no Capítulo 1: Temporada 4. Preso no loop, não demorou para ele tentar escapar. Em junho de 2018, ele fugiu em um foguete, rompendo a barreira da realidade e espalhando Fendas pelo céu da ilha.

Depois disso, vários objetos passaram a desaparecer do loop e cair no mundo real. O mais famoso foi uma estátua de hambúrguer que apareceu em um deserto na Califórnia. Seria o mundo real a existência fora do loop, afinal? Isso ainda não sabemos, mas houve outra consequência das ações do Visitante.

O misterioso Cubo Kevin foi o xodó dos jogadores

Quando a fenda se fechou, em agosto de 2018, ela deixou para trás um enorme cubo arroxeado de matéria escura, carinhosamente apelidado pelos jogadores de Kevin. Ele percorreu o mapa de maneira enigmática, aparentemente sem rumo, mas algo o atraiu para o Lago do Saque.

A energia contida naquele lugar acabou desestabilizando O Cubo, que explodiu em setembro de 2018, levando todos os jogadores nas proximidades para outra dimensão.

Essa foi a primeira vez que entramos no Nexus, uma dimensão entre as realidades que se mostraria bem importante mais para frente. Lá surgiu uma nova Fenda, mas dessa vez tomou a forma de uma borboleta, guiando todos de volta para a ilha.

O Cubo Kevin deu origem a uma Borboleta de Fenda

O que quer que tenha atraído o Kevin para aquele Lago, parecia ter poderes interdimensionais poderosos o suficientes para transportar centenas de jogadores de uma só vez. Isso chamou a atenção de cientistas que resolveram escavar o local procurando entender a origem daquelas ocorrências paranormais.

Eles encontraram um grande cofre, aberto em maio de 2019 durante o Capítulo 1: Temporada 8, dando início a um dos eventos mais misteriosos.

Capítulo 1 – A Fuga dos Sete

O Cofre era um grande portal para o Nexus, a dimensão do meio. Dessa vez, os jogadores foram transportados para uma sala completamente branca. Haviam apenas três elementos nesse lugar: pilares com armas perdidas na realidade, uma mesa com os pertences de alguma agente interdimensional e o Ponto Zero.

O Cofre foi a primeira aparição do Ponto Zero

Uma das armas escolhida pelos jogadores voltou a fazer parte da realidade, comprovando que a agente que trabalhava no cofre tinha algum nível de controle sobre a realidade da ilha. Ao retornar para o loop, os jogadores foram surpreendidos por uma erupção vulcânica. O jeito foi se proteger em um bunker, esperar a poeira baixar e despertar em uma nova era.

Ao sair do bunker, Jonesy e os jogadores se deparam com o futuro. A sociedade evoluiu bastante após a descoberta de uma fonte de energia ilimitada dentro do Cofre. Mas em algum momento, algo despertou do Pico Gelado, um monstro determinado a roubar aquela energia para si.

Felizmente, os cientistas haviam construído um robô gigante para defendê-la. A batalha foi intensa, destruindo parte da cidade. O único jeito que o robô encontrou para vencer foi desestabilizar o Ponto Zero, selando a criatura com sua energia. Isso deu certo, mas as consequências foram gravíssimas.

Prestes a explodir, o Ponto Zero começa a liberar ondas de energia interdimensional que trazem elementos de outras realidades e linhas temporais. Prevendo o colapso do Ponto Zero, a Ordem Imaginada congela o tempo enquanto pensam em uma forma de estabilizá-lo. Mas os Sete tinham outros planos.

Outras realidades começaram a colidir, trazendo partes de Gotham City, um meteoro com O Cientista (uma outra versão do Visitante) e novas anomalias. Querendo destruir o Ponto Zero para acabar de vez com o loop, o Cientista convoca foguetes com os outros membros dos Sete, que bombardeiam o meteoro criando mais uma Fenda.

Dessa vez, eles teleportam o meteoro diretamente para o Ponto Zero e geram seu colapso. A concentração imensa de energia criou um grande buraco negro que sugou toda a realidade e temos então o fim.

O Fim substituiu o jogo por dois dias inteiros

No dia 13 de outubro de 2019, durante a participação do game na Brasil Game Show, os servidores ficaram fora do ar. Tudo que podia ser visto era o Buraco Negro. Era o final do Capítulo 1. Ao que tudo indicava, os Sete conseguiram escapar do loop.

Dois dias se passaram e o buraco negro continuava lá, deixando a comunidade de jogadores curiosa para saber o que estava rolando. Esse foi o tempo necessário para a Ordem Imaginada recalcular uma nova forma estável para o loop. Assim, eles conseguiram usar a energia dimensional do Ponto Zero para dar origem a uma nova realidade — começava o Capítulo 2.

Capítulo 2: O Recomeço

Quando a realidade foi recriada, algumas pessoas conseguiram manter suas memórias através do loop temporal, uma delas foi o Midas. Tivemos duas pequenas sagas no Capítulo 2 antes da Crise Zero. Na Temporada 2, o gênio do crime organizado Midas bolou um plano diferente para escapar do loop: dissipar a Tempestade.

Quando ele ativou o Dispositivo, em junho de 2020, raios alimentados pelo Ponto Zero desestabilizaram a Tempestade por algum tempo. As coisas pareciam ter funcionado. A Tempestade sumiu e tudo estava em paz. Mas então o efeito climático se vingou.

Uma enorme parede de água apareceu, alagando o mapa, antes da Tempestade reformar. Não vimos mais o Midas, mas aprendemos que há outras maneiras de escapar do loop e, mais do que isso, que a tentativa de fuga não era algo protagonizado apenas pela Ordem Imaginada e os Sete.

A outra saga aconteceu durante a Temporada 4, uma invasão do Universo Marvel. A energia interdimensional do Ponto Zero chamou a atenção do Galactus que invadiu a realidade da ilha com a intenção de devorá-la. Foram necessários os maiores heróis e vilões do mundo Marvel para detê-lo, no que ficou conhecido como a Guerra do Nexus.

Essa ataque foi o estopim para que o Ponto Zero se desestabilizasse de vez, mas agora ele ameaçava destruir todas as realidades, incluindo onde a Ordem Imaginada estava. Foi assim que começou a Crise Zero na Temporada 5, que só foi ter um fim no início da Temporada 6.

Temporada 6: Primal

Recrutar os maiores caçadores do multiverso ajudou a combater as diversas ameaças que invadiam de todas as realidades, mas não solucionou o problema. O Ponto Zero estava ruindo o véu da existência. A Ordem Imaginada não poderia resolver isso sozinha, mas ninguém teria coragem de aceitar ajuda dos Sete.

Ninguém exceto o Agente Jones. Contrariando o seu bom-senso, Jonesy arremessou um fragmento do Ponto Zero original no Ponto Zero instável, o que chamou a atenção dos Sete. Um meteoro surgiu quase que instantaneamente com O Fundação, um dos Sete mais poderosos.

O Fundação não deu tempo para Jonesy se explicar e partiu para briga, mas o agente soltou o nome Genō e isso foi o suficiente para o misterioso Fundação parar e ouvir o que o agente tinha a dizer. Após prometer ajudar Fundação a encontrar Geno após lidar com a Crise Zero, eles trabalharam juntos.

Após sobreviver a diversas ondas de realidade, O Agente Jones é transformado em uma Borboleta de Fenda, teleportando o jogador — chamado de Looper por estar preso no loop — pelo mapa para selar fendas para outras realidades.

Porém o Ponto Zero está instável demais e não pode mais ser parado. O Fundação percebe que a única coisa a se fazer é conter a explosão. Assim, ele se sacrifica usando toda sua força para juntar os pedaços do Ponto Zero. Enquanto o Agente Jones sobrecarrega seu dispositivo de distorção dimensional, Looper sela a energia. Agora, Jonesy está preso no loop e o universo é reiniciado a seu estado mais primitivo.

E é nesse ponto que começa o Capítulo 2: Temporada 6, Primal. Elementos jurássicos invadiram a ilha de Fortnite e o arco e flecha se tornou uma das armas mais versáteis, graças ao novo sistema de aprimoramento. Caçando animais selvagens, você pode criar as armas que quiser. Tudo isso enquanto enfrenta outros jogadores que também estão presos neste ciclo sem fim.

Agora que você já sabe tudo que rolou em Fortnite, fique atento para os próximos eventos. Estamos cada vez mais próximos de entender quem são os Sete e descobrir os verdadeiros vilões dessa história. Será que algum dia escaparemos de vez do loop? Só jogando para saber.

Fortnite está disponível gratuitamente para download na PlayStation Store. Chame os amigos e começa a batalha!

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Gabriel Mattos

Repórter correspondente de Wakanda, caçando Pokémon por onde eu vou! Sempre nas lives da Legião! • @gabeverse