Família de Brandon Lee lamenta morte por disparo acidental no set de Rust

Capa da Publicação

Família de Brandon Lee lamenta morte por disparo acidental no set de Rust

Por Arthur Eloi

Na última quinta (21), a diretora de fotografia Halyna Hutchins sofreu um acidente fatal no set de Rust, quando uma arma cenográfica empunhada por Alec Baldwin (Missão: Impossível – Efeito Fallout) acabou disparando uma bala real.

A tragédia, que resultou na morte da cineasta aos 42 anos e na hospitalização do diretor Joel Souza, trouxe a tona comparações com outro incidente parecido: o falecimento de Brandon Lee, filho de Bruce Lee, que morreu da mesma forma durante as filmagens de O Corvo (1993). O perfil oficial do ator no Twitter, administrado pela família de Lee, manifestou seu apoio à família de Halyne Hutchins, e demonstrou indignação pelo ocorrido:

Nossos sentimentos para as famílias de Halyna Hutchins, Joel Souza e todos os envolvidos no incidente em Rust. Ninguém deveria morrer por conta de uma arma em um set de filmagem, e ponto final.

Rust é um faroeste independente que também é estrelado por Jensen Ackles e Travis Fimmel. Na trama, vemos Baldwin como Rust, um fora-da-lei cujo neto é acusado de matar alguém acidentalmente. Ele então se junta a um oficial de justiça (Ackles) e um mercenário (Fimmel) para tentar resgatar o menino da cadeia.

O incidente ocorreu durante as filmagens no rancho Bonanza Creek, no Novo México, EUA. Os feridos foram socorridos de helicóptero. Halyna Hutchins faleceu no hospital, enquanto Joel Souza sobreviveu, mas está internado em estado grave. Segundo relatos, Baldwin ficou visivelmente impactado e abalado por todo o ocorrido.

Halyna Hutchins (esq), a diretora de fotografia, foi morta pelo disparo acidental. Joel Souza (dir), o diretor do longa, está hospitalizado em estado grave.

Além da família de Brandon Lee, diversos cineastas comentaram o ocorrido nas redes sociais, mandando apoio para as famílias e lamentando pela situação. James Gunn (O Esquadrão Suicida, Guardiões da Galáxia) afirmou: “Meu maior medo é que alguém sofra um acidente fatal nos meus sets. Rezo para que isso nunca aconteça. Meus sentimentos para todos afetados pela tragédia hoje em Rust, especialmente para Halyna Hutchins e sua família”.

Scott Derrickson, de Doutor Estranho, explicou: “A maioria dos acidentes em set são causados por alguém tentando cortar custos”, relacionando o ocorrido à falta de cuidado do responsável pelos objetos de cena.

As investigações continuam para saber os motivos pelos quais havia uma bala de verdade na arma cenográfica. Até o momento, a polícia não deu novas informações mas desacredita-se na possibilidade de um crime proposital. Alec Baldwin não foi preso, mas seus representantes ainda não estão se comunicando com a imprensa.

Imagem de perfil
sobre o autor Arthur Eloi

Repórter entusiasta de filmes ruins, jogos de tiro e de horror em todas as suas formas. Dá notas duvidosas para obras questionáveis • @ArthurEloi117