Capa da Publicação

O Esquadrão Suicida: James Gunn explica por que ele não quis o Coringa de Jared Leto no filme

Por Leo Gravena

O Coringa de Jared Leto foi uma parte bastante controversa do primeiro Esquadrão Suicida, dirigido por David Ayer. No longa, o vilão é um agente do caos que está ali apenas para tentar “salvar” a Arlequina e ver o mundo pegar fogo. Mesmo tendo conquistado vários fãs, ele também foi uma das partes mais criticadas e odiadas do filme, sendo uma versão bem diferente do que estamos acostumados a ver do personagem.

Agora, em uma nova entrevista com o The New York Times (via CBR), James Gunn falou sobre alguns dos principais pontos de O Esquadrão Suicida, explicando os protagonistas e a história do filme. Em determinado momento, o diretor foi perguntado porque ele não colocou o Coringa do Jared Leto em seu filme, ao que ele respondeu:

“Eu não sei porque o Coringa estaria no Esquadrão Suicida. Ele não seria útil nesse tipo de situação de guerra”. 

Dada a natureza caótica e seu estilo de luta, além de não conseguir se dar bem com os outros, é fácil entender porque com Gunn focando na equipe como um todo, o Coringa não teria espaço no filme.

O infame Coringa de Jared Leto retornou na versão de Zack Snyder de Liga da Justiça.

Na entrevista ele também explicou que com o Pistoleiro (Will Smith) de fora devido conflitos na agenda,  filme teve que encontrar novos protagonistas, incluindo a Arlequina e a Caça-Ratos II. Mas no fim, segundo Gunn, o Sanguinário de Idris Elba é o ponto focal.

“Eu realmente queria trabalhar com o Idris. É um filme com múltiplos protagonistas. Passamos um tempo com a Margot e a Daniela [Melchior, que interpreta a Caça-Ratos II] é o coração do filme de muitas formas. Mas se tem um protagonistas, é o Idris. E eu queria alguém que tivesse esse aspecto áspero e implacável nele. Esse cara foi reduzido de ser um grande vilão – ele derrubou o Superman dos céus – e agora está limpando chiclete no começo do filme. Ele absolutamente não quer fazer parte disso – ele apenas aceitou essa vida. E eu acho que esse personagem é o Idris Elba”. 

O filme segue a estranha equipe de vilões da DC quando eles se tornam membros da Força-Tarefa X e são enviados para a ilha sul-americana de Corto Maltese. Margot Robbie, Joel Kinnaman, Jai Courtney e Viola Davis retornam nos papéis do filme original, enquanto Idris Elba, John Cena e Peter Capaldi atuam em papéis inéditos.

O Esquadrão Suicida possui 2 horas e 12 minutos de duração e segundo James Gunn, o filme terá algumas cenas pós-créditos. O longa é a segunda tentativa da DC Comics de levar à equipe dos quadrinhos para as telonas depois de um conturbado primeiro filme, lançado em 2016.

O novo Esquadrão chega aos cinemas em 5 de agosto de 2021 no Brasil. Nos Estados Unidos, o filme estreia um dia depois, sendo lançado nos cinemas e no HBO Max no mesmo dia.

Fique com:

Imagem de perfil
sobre o autor Leo Gravena

Editor | @LeoGravena
"...It was never going to be okay..."