Capa da Publicação

Encantor: Saiba quem é a personagem e como ela já pode ter aparecido em Loki

Por Cristiano Rantin

Uma das maiores vilãs do Thor, Amora, também conhecida como Encantor, é uma feiticeira famosa por usar seu charme para dominar seus inimigos. Trabalhando junto do Loki ou seguindo seus próprios planos, a personagem transita entre ser uma inimiga e aliada do Thor, dividida entre seu amor pelo Deus do Trovão e seus próprios objetivos em busca de mais poder. 

Com a série Loki da Disney+, muita gente imaginou que a personagem Sylvie poderia encarnar Encantor no MCU. Ainda que isso não seja exatamente impossível, parece cada vez mais provável que ainda que não seja nem Encantor ou a Lady Loki, mas sim que a Sylvie vivida por Sophia Di Martino encarnando uma amalgama das personagens, se tornando uma figura única que combina traços de cada figura. 

Mas quem de fato é Amora, Sylvie e essa tal de Encantor? Vem comigo que eu vou te contar tudo! 

Criação e primeira aparição na Marvel

A estreia de Encantor nos quadrinhos!

Criada por Stan Lee e Jack Kirby, Encantor apareceu pela primeira vez nos quadrinhos em abril de 1964, durante a edição número 103 de Journey into Mistery, que no Brasil recebeu o nome de O Poderoso Thor

Amora e o Executor são introduzidos juntos na Marvel, sendo os novos antagonistas do Deus do trovão. A edição vendia a dupla como “as duas das super ameaças mais estranhas de todos os tempos”, prometendo ainda que os fãs jamais esqueceriam da Encantor de tirar o fôlego. 

As dores da sedução

Amora é apresentada na Marvel como parte de um plano de Odin e Loki. Incomodado com o romance entre o Dr. Don Blake — o disfarce humano do Thor — com sua enfermeira Jane Foster, o Pai dos Deuses pensa em formas de acabar com esse sentimento que habita o coração de seu filho. 

É ai que Loki sugere fazer o Deus do Trovão conhecer alguém mais interessante e desejável, uma vez que isso seria o bastante para que ele esquecesse Jane. Por isso, ele pede ajuda de Amora, uma Deusa Asgardiana que assume o título de Encantor

Quando chega na Terra, Amora conquista todos os homens com apenas um olhar. Sedutora, ela beija o Blake e garante que Jane veja a cena, o que resulta em Thor saindo em busca da sua amada. 

Notando que sua sedução falhou, Encantor assume um lado mais agressivo, requisitando a ajuda de Skurge, o Executor, um guerreiro gigante que estava apaixonado por ela, para que o vilão encontrasse e banisse Jane. E ele de fato faz isso, usando seu machado para criar uma fenda interdimensional e jogar Jane para um mundo sombrio.

Quando Thor chega, Skurge oferece trocar Jane pelo martelo do herói, que acata prontamente o pedido. No entanto, graças ao encantamento do Mjolnir, Executor não consegue empunhar a arma. Vendo que o Executor havia traído seus planos, Amora o transforma parcialmente em uma árvore, enquanto tenta transmutar o Martelo em serpentes (o que não funciona graças ao encantamento prévio de Odin). 

Reunido com sua amada, Thor utiliza o Mjolnir parar criar um vórtice que arrasta Amora e Skurge para Asgard. A edição termina com Odin enfurecido, prometendo que a rebeldia do seu filho será punida.

Origem 

A bela Encantor nos quadrinhos da Marvel

No entanto, conforme a personagem ganha mais destaque nos quadrinhos, descobrimos que usa origem é mais complexa do que parece. Estando ao lado dos Deuses Asgardianos em diversas épocas que antecedem, cronologicamente, sua primeira aparição na Marvel. 

O que sabemos de usa origem é que Amora nasceu em Asgard de uma linhagem desconhecida, seus pais nunca são mencionados e a única família é Lorelei, sua irmã mais nova que também é uma sedutora que domina a arte da manipulação.

Quando Amora era uma adolescente, ela fugiu para a terra das Nornas, aprendendo magia com Karnilla, uma das maiores feiticeiras da sua dimensão, até ser expulsa por sua rebeldia e falta de apreço com as regras. Entretanto, o treinamento mágico de Amora continuou através dos magos e feiticeiros que ela seduziu ao longo do tempo, adquirindo o conhecimento e técnicas mágicas que eles tinham e aumentando o seu poder. 

Quem é Amora? 

Amora em uma das suas aparições mais recentes nos quadrinhos

Elegante, arrogante e extremamente sedutora, Amora é uma personagem de comportamento dúbio, ora agindo como heroína, ora agindo como vilã. Normalmente relegada ao papel de inimiga secundária, ela é conhecida por sua paixão por Thor e seu desejo por poder

Apesar de ser mostrada como uma figura impiedosa, sendo capaz de torturar e atacar inocentes sem pensar duas vezes, ela não chega a ser considerada cruel. As ações de Encantor costumam ser pautadas em seus objetivos ou vingança, mas nunca apenas pelo simples prazer em causar sofrimento alheio. 

Extremamente poderosa, mas não ao ponto de deixar sua confiança em suas habilidades a cegar, Amora não insiste em uma batalha que ela sabe que não consegue vencer. Por isso vemos a vilã fugindo diversas vezes, seja por se ver em menor número ou por entender que não vai conseguir o que desejava. 

Famosa por seduzir os homens para conquistar seus planos, Amora usa sua beleza como arma e, juntando isso com sua imensa astúcia, ela rapidamente consegue dominar e manipular pessoas, transformando homens poderosos em lacaios fiéis. 

Entretanto, mesmo que de personalidade um tanto vil e fútil, Amora demonstra ser uma figura complexa. Quando Asgard mais precisa de ajuda, ela costuma estar presente para proteger seu lar — mesmo que precise pagar com a própria vida por essa escolha. Além disso, Encantor mostra um lado vulnerável e solitário em alguns momentos, como quando vemos que ela estava disposta a destruir os nove reinos para trazer o homem que ela amava de volta à vida. 

As histórias de Encantor 

Com longos cabelos loiros e usando muito verde, Amora é uma figura memorável na Marvel

Ainda que uma feiticeira extremamente poderosa, Encantor costuma ser utilizada apenas como uma vilã de pouco potencial nas histórias. Sua principal motivação é seduzir o Thor, fazendo uso de encantamentos ou de outras situações para tentar conquistar o Deus do Trovão. Além disso, o que a move é um desejo de poder absoluto, algo que resulta em Amora buscando conquistar reinos ou fontes de energia para aumentar seus talentos mágicos. 

Encantor é conhecida por trabalhar junto de vilões, como quando ela se aliou ao Loki, Barão Zemo, Mandarin e Arkon para se vingar dos seus inimigos e conquistar continentes; ou quando ela trabalhou junto do Doutor Destino, ajudando o antagonista do Quarteto Fantástico a destruir o casamento do Senhor Fantástico e Mulher Invisível

Apesar das parcerias eventuais, o grande aliado de Encantor é Executor, que funciona como sua principal fonte de força física e seu lacaio mais fiel. Na maioria das vezes a dupla é vista antagonizando Thor e os Vingadores em pequenas histórias. Entretanto, a maior inimiga de Amora parece ser a Valquíria, visto que, em uma determinada HQ, Amora conseguiu aprisionar Brunnhilde em um cristal por muitos anos — um rancor que a heroína carrega até hoje. 

Guerras Secretas

Durante as Guerras Secretas, Amora teve mais destaque, sendo levada por Beyonder para o Planeta de Batalha. A vilã é rapidamente nocauteada pela Mulher-Hulk, logo na sua primeira briga, sendo resgatada por Thor que gostaria da ajuda de uma companheira asgardiana durante o pandemônio.

Aproveitando do momento, Encantor passa boa parte da história tentando seduzir o herói ou sendo salva por ele — visto que, aparentemente, ela não era capaz de usar sua magia para seduzi-lo e se defender ao mesmo tempo. 

Seus planos de conquistas fracassam e, eventualmente, Encantor e Thor se veem cercados por vilões. Ainda que o Deus do Martelo acredite que Amora vai lutar ao seu lado, ela o abandona e deixa que ele morra. Ou ao menos é o que parece, visto que Thor conseguiu fugir apenas no último minuto. 

Depois disso, Amora aparece tentando seduzir o Doutor Destino, que liderava os vilões. Rejeitada mais uma vez, ela volta a aparecer para ajudar Volcana, que implorou para que Encantor a levasse até o seu amado, o Homem Molecular, prometendo que daria qualquer coisa para a feiticeira. 

Amora decide cobrar a promessa usando a força vital da outra vilã como combustível para que ela conseguisse se teletransportar para Asgard. O plano falha quando o Homem Molecular e o Lagarto surgem para salvar Volcana, mas apesar de ser ferida no processo, ela consegue voltar para seu lar. 

Anti-heroína 

Mas nem apenas de sedução e maldade vive Encantor. Após ser exilada de Asgard por Odin, que condenou os atos da feiticeira e seus crimes, Amora e Skurge retornaram para a morada dos Deuses durante um ataque de Surtur

Auxiliando os heróis, Encantor e Executor usaram todos os seus talentos para enfrentar o vilão, o que concedeu títulos e honrarias para os dois. Apesar disso, Amora continuou buscando seus próprios objetivos, tentando conquistar mais poder e controle sobre toda a realidade. 

Amora e Skurge

Executor e o Luto 

Quando Skurge se cansa de ser manipulado por Amora, vemos o vilão se sacrificando para proteger Thor em uma missão no reino de Hela. Surpreendendo a todos, Encantor realmente demonstra sentimentos pelo Executor e sofre o luto de sua perda. 

Após a morte do seu parceiro — e do luto superado — Amora buscou por substitutos para o Executor. Seduzindo mortais e os encantando com magia para que eles se tornassem novos Executores, ou tentando transformar o Vingador Magnum em seu amante e aliado. 

A morte de Encantor

A salvadora de Asgard 

Vemos Amora sendo uma heroína em outro momento, durante o arco do Massacre. Após se sequestrada por Gigantes de Gelo e fugir, Encantor descobre que Thor havia se sacrificado para derrotar o vilão que dá nome ao evento da Marvel. Diante da notícia, Amora assume para si a missão de encontrar os Deuses de Asgard que haviam sido transformados em mortais por Odin, ajudando cada divindade a despertar seus poderes e assumir seu aspecto imortal. 

Ragnarok e o retorno de Encantor 

Durante o Ragnarok, Loki e seus aliados formam um plano terrível para derrubar Asgard. Descobrindo como o Mjolnir havia sido feito, o Deus da Trapaça consegue criar diversos martelos para os vilões. Mesmo que não sejam tão poderosos quanto a arma de Thor — visto que não possuem a magia de Odin — os artefatos são poderosos o bastante para causar muita destruição. 

Assim, logo no primeiro ataque, Loki e seus aliados conseguem matar Amora, que estava lutando junto de Lady Sif, os Três Guerreiros, Balder e das Valquírias para proteger Asgard. O ataque que mata a feiticeira é o mesmo que fere gravemente Thor e incapacita outros heróis no processo. 

Quando Asgard renasce na Terra após o Ragnarok, Thor começa a acordar os Deuses que estavam vivendo como humanos. Apesar da sua morte heroica, Amora não é considerada digna de ser desperta por Thor, que decide manter as divindades problemáticas (assim como Loki e Hela) neste estado mortal.

É graças aos truques de Loki que Amora acaba retornando, indo para os confins da Terra e dando continuidade aos seus planos longe de Asgard. Uma de suas primeiras missões é tentar trazer Skurge de volta à vida, finalmente se dando conta de que amava o guerreiro. Para isso a feiticeira começa a manipular a realidade ao atacar Yggdrasil, tentando arrancar Skurge de Valhalla. Ela só para quando Thor, Loki e Balder argumentam que ela estaria desonrando a memória do Executor e o seu nobre sacrifício. 

Aliada e inimiga

Posteriormente Amora volta a antagonizar Thor, na história em que descobrimos que os nove reinos estavam sendo combinados em Hel, a terra dos mortos de Hela. Apesar de jurar que iria se vingar do Deus do Trovão, Encantor ajuda Thor quando ele é incapacitado pela Deusa da Morte, chegando a enfrentar Hela em um combate após isso.

Thor volta a ser salvo por Amora em outra luta com Hela, e Encantor cura o herói com sua magia, provendo auxílio durante o combate contra a vilã. Após salvarem o dia — e impedir que os reinos se fundissem em Hel — Encantor transporta Thor e seus aliados para onde eles estavam, enquanto o herói promete que não vai esquecer o que Amora havia feito. 

Eixo 

“Você vai me amar. Isso machuca? Deve machucar. Para um ser de puro ódio sentir um amor tão indomável por alguém, um grande conflito dicotômico de emoções. Não lute contra isso. Todas as criaturas merecem sentir o amor, ao menos uma vez.”

Após mais histórias antagonizando Thor e sendo banida para localidades inóspitas, Amora voltou a ganhar destaque durante a saga Eixo, quando vilões e heróis tiveram sua moralidade invertida.

Agindo como uma heroína, Amora teve um papel importante para auxiliar Magneto e Loki no confronto contra o Massacre Vermelho — uma forma mais terrível e poderosa do Caveira Vermelha. Usando sua magia e sedução, Amora consegue causar um estrago imenso no vilão, fazendo com que ele queira servir a feiticeira e sinta amor. 

Posteriormente, vemos a feiticeira tentando impedir que os X-Men (agora transformados em vilões) extinguissem os humanos com uma bomba genética. Quando o feitiço de inversão é desfeito, Amora retorna ao seu estado normal e passa a agir como antes. 

Guerra dos Reinos 

Voltando a ser vilã mais uma vez, Encantor é uma das aliadas de Malekith em sua Guerra dos Reinos, usando sua magia para manipular mentes alheias, conquistar poder e controlar seus inimigos. 

Após a invasão, os vilões dividiram o mundo em diferentes reinos e Amora se tornou a rainha da América do Sul. Contando com um exército de guerreiros mortos, os Draugr, para lutar sob o seu comando. 

Tudo ia bem até Encantor ter uma visão que a mostrava rendida diante de Doutor Estranho e Capitã Marvel. Uma vez que os heróis chegam para enfrentá-la, Amora tenta confundi-los com sua magia, fazendo com que eles troquem de corpos. O plano da vilã não dá certo e, apesar de não estarem acostumados com os seus poderes, a dupla heroica consegue derrotar a feiticeira. 

Como punição por seus crimes, Encantor é condenada a ser presa sob Asgard, nas raízes da Árvore Torre. A última vez que a personagem foi vista em seus quadrinhos foi em Strange Academy #10, quando o jovem Iric revela ser seu filho e a visita em sua prisão. 

Quem é Encantor na mitologia nórdica?

Ilustração de Freya em sua carruagem puxada por gatos

Thor, Loki, Odin, Lady Sif, Hela, Heimdall… A mitologia nórdica é a grande inspiração por detrás do universo de universo do Thor nos quadrinhos. Mas como muitos já devem ter notado, não existe nenhuma Amora ou Encantor entre os mitos. 

Acontece que, diferente das outras figuras proeminentes nos quadrinhos do Deus do Trovão, Amora não foi inspirada em apenas uma divindade. A vilã carrega traços de várias divindades como Freya e Iduna, e esses são nomes que ela já adotou durante os quadrinhos em algumas histórias pré-Ragnarok. 

Quadro “Iduna e as Maçãs” de 1890, de Donald A Mackenzie

Assim como Freya, Amora possui longos cabelos loiros e uma incrível habilidade na magia, sendo considerada a inventora das Runas e uma das criadoras cósmicas. Nos mitos, a Deusa também é extremamente sedutora, conquistando corações e a afeição dos homens por onde passa — um traço que Amora compartilha com ela. 

Iduna é conhecida como a Deusa protetora das Maçãs Douradas que garante imortalidade aos Deuses, sendo uma Deusa da juventude e vitalidade. A relação com as maçãs é algo que vemos Amora fazendo em algumas histórias da Marvel, com a feiticeira sendo capaz de persuadir Yggdrasil a lhe conceder os pomos mágicos. Ainda que uma divindade menos popular, as histórias mostram Iduna sendo disputada por algumas entidades, tanto pelo seu charme quanto por suas maçãs. 

Quais são os poderes da Encantor? 

Encantor amaldiçoando toda a Terra

O que não falta em Encantor é talento e poder. Sendo uma asgardiana, Amora possui as características dessa espécie, ou seja, ela é dotada de força, resistência, agilidade, longevidade, velocidade e durabilidade sobre-humanas. Seu fator de cura também é bem considerável, assim, ainda que seja difícil feri-la, ela consegue se recuperar com certa facilidade. Sua fisiologia também garante que Amora seja imune a todos os tipos de doenças e infecções da Terra. 

É na feitiçaria que Amora se destaca. Sendo considerada uma das usuárias de magia mais poderosas de Asgard, ela está acima de Loki no ranking, ficando atrás apenas de Karnilla. Seu poder é tão grande que ela consegue se esconder do Doutor Estranho e do Olho de Agamotto

Feiticeira e sedutora, uma personagem de muitos talentos!

Com sua magia, Amora pode lançar feitiços poderosos e de alto alcance — algo que vimos quando ela amaldiçoou todo o planeta Terra, fazendo chover sangue enquanto todos cadáveres eram reanimados, algo que nem mesmo Odin foi capaz de reverter

Além disso, Encantor pode lançar rajadas de energia, se teletransportar, voar, transmutar homens em árvores ou estátuas, criar ilusões e escudos de energia, paralisar inimigos, utilizar telecinese, manipular o tempo, absorver a força vital alheia para alimentar feitiços, usar todos os dons de telepatia (ler mentes, projetar pensamentos, se comunicar com outras pessoas e proteger seus pensamentos), hipnotizar inimigos e realizar projeção astral.

Como se não fosse o bastante, Amora também possui um sentido mágico, conseguindo detectar a fontes de energia mágica ao seu redor, perigo eminentemente e o amor que as pessoas estão sentindo. Assim como a Deusa Freyja nos mitos, as lágrimas de Amora são um tesouro: A feiticeira chora ouro e diamantes. 

Apesar de todos esses inúmeros dons e talentos, a sedução se tornou a principal arma de Amora. Deuses ou mortais, todos os homens acabam sendo arrebatados por sua beleza e charme, sendo acometidos por um imenso desejo — até mesmo as figuras mais grotescas e inesperadas, como o Massacre Vermelho. Os beijos de Encantor são enfeitiçados e conseguem escravizar praticamente qualquer humano por até uma semana, fazendo com que eles atendam a todos os seus comandos. 

Quais são as fraquezas de Encantor? 

Encantor possui algumas fraquezas!

Amora precisa estar com as mãos e a boca livres para poder lançar seus feitiços. No entanto, sua aura de sedução e seus beijos enfeitiçados continuam funcionando mesmo quando ela continua imobilizada — algo que vimos quando a vilã conseguiu seduzir um Gigante de Gelo com apenas um olhar. 

Ainda que dotada de imensa força física e resistência — como todo Asgardiano — Amora não tem nenhuma experiência em combate corpo-a-corpo, apostando todas as suas forças na magia. Por isso, ela costuma trabalhar com algum parceiro, como o Executor, que serve como fonte força bruta para os seus planos. 

Quem é Sylvie, a segunda Encantor? 

Sylvie e os Jovens Vingadores

Como você provavelmente já deve ter descoberto desde a série Loki, existe uma outra Encantor nos quadrinhos da Marvel, a infame Sylvie Lushton

Nascida como uma garota normal em Broxton, Sylvie despertou com poderes mágicos após Asgard se formar em Oklahoma. Conforme a história progride, descobrimos que isso é um esquema de Lady Loki, que estava semeando o caos ao lhe conceder dons mágicos. Até hoje fica incerto se toda a existência de Sylvie foi uma criação da vilã ou se ela realmente existia como uma mortal comum em algum momento. 

Assumindo o nome e o estilo da Encantor, Sylvie tenta entrar para os Vingadores, acreditando que ela era uma asgardiana que finalmente havia despertado sua verdadeira identidade — o que não era o caso. 

Amora banindo Sylvie

Desesperada para ser uma heroína, Sylvie se junta aos Jovens Vingadores, usando sua magia para manipular seus aliados para conquistar seu espaço na equipe, mas sendo dispensada pouco depois. Agindo como uma antagonista do grupo, Sylvie chega a enfrentar os heróis posteriormente. 

Apesar de se envolver com personagens problemáticos e com tendências violentas e vilanescas, Sylvie realmente desejava ser uma heroína e melhorar o mundo. Contudo, eventualmente ela acaba agindo cada vez mais como uma vilã, se associando com grupos perigosos como as Donzelas do Apocalipse, enfrentando Valquíria e os Defensores

Eventualmente, Sylvie acaba no Illuminati, grupo criado pelo vilão Capuz. Tentando enganar seus aliados para se infiltrar em Asgardia e conquistar mais poder, Sylvie é desmascarada. O fim da personagem chega pelas mãos de Amora na conclusão do arco Illuminati. 

A Encantor original não fica nada feliz quando descobre que outra mulher está roubando seu visual e nome. Por isso, Amora bane Sylvie para o mais nefasto dos Dez Reinos, argumentando que, caso a jovem fosse forte o bastante para superar esse desafio, elas poderiam ser amigas, mas que era altamente improvável que Sylvie sobrevivesse. 

Apesar de jovem e inexperiente, Sylvie era representada como uma vilã de imenso poder mágico, rivalizando com Amora em alguns pontos. Em suas histórias, pudemos ver Sylver batendo de frente com Wiccano e conseguindo enfrentar Clea e o Doutor Estranho ao mesmo tempo.

Quem é Sylvie em Loki?

Sylvie em cartaz da série

Em Loki, conhecemos outra Sylvie. Trata-se de Sylvie Laufeydottir, vivida por Sophia Di Martino, que muitos acreditavam ser a Lady Loki do MCU. Rejeitando o nome de Loki, Sylvie é considerada uma Variante da Linha do Tempo Sagrada, motivo pelo qual ela é caçada pela AVT. Ao longo da série, descobrimos que ela parece realmente ser uma variante de Loki, sendo removida de Asgard quando ainda era muito pequena.

Dotada de uma excelente habilidade na luta corpo-a-corpo e com o uso de espadas, Sylvie não demonstra muito potencial mágico. A personagem é famosa por seus encantamentos, quando entra na mente de suas vítimas e consegue controlá-los ou encontrar respostas.

Tudo indica que ela é uma mistura da Encantor e da Lady Loki, criando uma personagem totalmente original para o MCU — e que agradou muito os fãs.

Encantor em outras mídias

Além dos quadrinhos, Encantor aparece em diversas outras mídias. Ela e Executor são vistos em The Marvel Superheroes, desenho dos anos 60, e em The Super Hero Squad Show. Mais recentemente em Os Vingadores: Os Heróis mais Poderosos da Terra, ela se tornou uma vilã recorrente, o mesmo acontece em Os Vingadores da Marvel: Guerras Secretas.

Encantor em Thor vs Hulk

Saindo dos desenhos, ela aparece rapidamente no curta animado Thor: Tales of Asgard e no filme Hulk vs Thor, onde tem um imenso destaque.

Já nos videogames, Amora é vista em Marvel: Ultimate AllianceThe Super Hero Squad Show OnlineMarvel: Avengers Alliance e Lego Marvel 2. Ela é jogável em Marvel Future Fight e teve destaque em Marvel Avengers Academy

Veja também:

Imagem de perfil
sobre o autor Cristiano Rantin

Jornalista • Editor • Mestrando em Comunicação pela UEL • Twitter e Instagram: @Chris_Rantin • "Eu sou o fogo e a vida encarnados. Agora e para sempre eu sou a Fênix!"